Os benefícios de saúde mental do exercício

Os benefícios de saúde mental do exercício

A receita do exercício para depressão, ansiedade e estresse
Man boy canoeTodos sabem que o exercício regular é bom para o corpo. Mas o exercício também é uma das formas mais eficazes de melhorar sua saúde mental. O exercício regular pode ter um impacto profundamente positivo na depressão, ansiedade, TDAH e muito mais. Ele também alivia o estresse, melhora a memória, ajuda você a dormir melhor e aumenta seu humor geral. E você não precisa ser um fanático por fitness para colher os benefícios. Pesquisas indicam que quantidades modestas de exercícios podem fazer a diferença. Não importa a sua idade ou nível de preparo físico, você pode aprender a usar o exercício como uma ferramenta poderosa para se sentir melhor.
Quais são os benefícios para a saúde mental do exercício?
O exercício não é apenas sobre a capacidade aeróbica e o tamanho muscular. Claro, o exercício pode melhorar sua saúde física e física, cortar sua cintura, melhorar sua vida sexual e até mesmo acrescentar anos à sua vida. Mas isso não é o que motiva a maioria das pessoas a se manter ativa.

As pessoas que se exercitam regularmente tendem a fazê-lo porque lhes dá uma enorme sensação de bem-estar. Elas se sentem mais energéticas durante o dia, dormem melhor à noite, têm lembranças mais apuradas e se sentem mais relaxadas e positivas sobre si mesmas e sobre suas vidas. E também é um medicamento poderoso para muitos desafios comuns de saúde mental.

Exercício e depressão
Estudos mostram que o exercício pode tratar depressão leve a moderada tão eficazmente quanto medicação antidepressiva – mas sem os efeitos colaterais, é claro. Além de aliviar os sintomas de depressão, a pesquisa também mostra que a manutenção de um cronograma de exercícios pode impedi-lo de recair.

O exercício é um poderoso lutador da depressão por várias razões. Mais importante, promove todos os tipos de mudanças no cérebro, incluindo crescimento neural, inflamação reduzida e novos padrões de atividade que promovem sentimentos de calma e bem-estar. Também libera endorfinas, substâncias químicas poderosas em seu cérebro que energizam seus espíritos e fazem você se sentir bem. Finalmente, o exercício também pode servir como uma distração, permitindo que você encontre algum tempo para sair do ciclo de pensamentos negativos que alimentam a depressão.

Exercício e ansiedade
O exercício é um tratamento natural e eficaz contra a ansiedade. Alivia a tensão e o estresse, aumenta a energia física e mental e melhora o bem-estar através da liberação de endorfinas. Qualquer coisa que faça você se movimentar pode ajudar, mas você obterá um benefício maior se prestar atenção em vez de zonear.

Tente notar a sensação de seus pés batendo no chão, por exemplo, ou o ritmo de sua respiração, ou a sensação do vento em sua pele. Ao adicionar esse elemento de atenção plena – com foco em seu corpo e como se sente ao se exercitar -, você não apenas melhorará sua condição física mais rapidamente, mas também poderá interromper o fluxo de preocupações constantes que passam pela sua cabeça.

Exercício e estresse
Você já percebeu como o seu corpo se sente quando você está estressado? Seus músculos podem estar tensos, especialmente em seu rosto, pescoço e ombros, deixando você com dor nas costas ou no pescoço, ou dores de cabeça dolorosas. Você pode sentir um aperto no peito, um pulso batendo ou cãibras musculares. Você também pode ter problemas como insônia, azia, dor de estômago, diarréia ou micção freqüente. A preocupação e o desconforto de todos esses sintomas físicos podem, por sua vez, levar a um estresse ainda maior, criando um ciclo vicioso entre a mente e o corpo.

O exercício é uma maneira eficaz de quebrar esse ciclo. Além de liberar endorfinas no cérebro, a atividade física ajuda a relaxar os músculos e aliviar a tensão no corpo. Uma vez que o corpo e a mente estão tão intimamente ligados, quando o seu corpo se sente melhor, a sua mente também ficará melhor.

Leia também: Cromofina funciona

Exercício e TDAH
O exercício físico regular é uma das formas mais fáceis e eficazes de reduzir os sintomas do TDAH e melhorar a concentração, a motivação, a memória e o humor. A atividade física aumenta imediatamente os níveis de dopamina, norepinefrina e serotonina no cérebro – e todos afetam o foco e a atenção. Desta forma, o exercício funciona da mesma maneira que os medicamentos ADHD, como Ritalina e Adderall.

Exercício e TEPT e trauma
Evidências sugerem que, ao realmente se concentrar no seu corpo e em como ele se sente enquanto você se exercita, você pode realmente ajudar o sistema nervoso a se soltar e começar a sair da resposta ao estresse de imobilização que caracteriza o TEPT ou o trauma. Em vez de permitir que sua mente vagueie, preste muita atenção às sensações físicas em suas articulações e músculos, mesmo em seu interior enquanto seu corpo se move. Exercícios que envolvem movimento cruzado e que envolvem braços e pernas – como caminhar (especialmente na areia), correr, nadar, musculação ou dançar – são algumas das suas melhores escolhas.

Actividades ao ar livre como caminhadas, vela, mountain bike, escalada, rafting e esqui (downhill e cross-country) também foram mostrados para reduzir os sintomas de PTSD.

Leave a Reply