Categoria: Categoria

Piadas de elevações para crianças

O rir é muito bom! O melhor remédio para se animar, e que não apresenta contra-indicações. E se o riso é boa, nada melhor do que compartilhá-la com os outros. Quando as crianças ouvem e partilham piadas, entram em um mundo de risos, de imaginação e fantasia.

Guiainfantil.com selecionou os melhores piadas de elevações (máximo), para as crianças passem um tempo divertido com a família e com os amigos. As piadas, além disso, estimulam o bom humor das crianças, promovem o riso, desenvolvem o seu vocabulário, e vos entreter. ¿Animam-se?

Qual é o cúmulo de um urso panda? Que você vai tirar uma foto a cor e saia em branco e preto.

Qual é o cúmulo de um livro? Que no outono se lhe caiam as folhas.

Qual é o cúmulo de um astronauta? Que sua esposa seja uma lunática.

Qual é o cúmulo de um construtor? Que se chame Armando Paredes.

Qual é o cúmulo de uma galinha? Que tenha pena e não pode escrever.

Qual é o cúmulo de um eletricista? Que sua esposa se chame Luz e seus filhos sigam a corrente.

Qual é o cúmulo de um polícia? Que tenha sempre duas esposas.

Qual é o cúmulo de um meteorologista? Não ter tempo para nada.

Qual é o cúmulo de uma farmácia? Que tenham que vender porque não resta mais remédio.

Qual é o cúmulo de um Robô? Ter nervos de aço.

Qual é o cúmulo de um jardineiro? Que sua filha se chame rosa e deixá-lo plantado.

Qual é o cúmulo de um polícia? Que o atacam vocês as dúvidas.

Qual é o cúmulo de um palhaço? Que se tire um, mas de cores.

Qual é o cúmulo de um ladrão? Que seu filho seja polícia.

Qual é o cúmulo de uma funerária? O negócio é morrer.

Qual é o cúmulo de um jardineiro? Que sempre deixado plantado.

Qual é o cúmulo de um escritor? Que sua mulher lhe faça sopa de letras.

Qual é a elevação mais pequeno? O dente canino.

Qual é o cúmulo de um boxeador? Que se tire um muco com uma luva de boxe.

Qual é a elevação dos elevações? Que perca um imperdível.

10 piadas curtas. Os melhores piadas para crianças são aqueles que têm uma linguagem adaptada ao seu, um humor simples e fácil, e que não são excessivamente longos. Guiainfantil.com nos oferece 10 piadas curtas infantis para que pais e filhos se divertirem juntos. Com este coletânea de piadas para crianças que preparamos, reiréis um monte.

Piadas de Traposo. As piadas divertem as crianças e ajudá-los a desenvolver sua agilidade e acuidade mental. Por isso, reunimos em um vídeo algumas piadas curtas para as crianças que foram contados por nossa mascote, o urso Traposo.

Piadas de médicos. GuiaInfantil.com publica piadas para fazer rir a toda a família. As brincadeiras estimulam o bom humor, estimula a comunicação e a diversão das crianças. Piadas de crianças, de animais, de comida, de Natal, elevações, professores, Jaimito, e muitos outros.

Piadas de filmes. Piadas para crianças de filmes. Guiainfantil.com oferece piadas que se abre o pano. As brincadeiras estimulam o bom humor, promovem o riso, desenvolvem o vocabulário, e divertem as crianças. O riso é um ingrediente básico para a saúde das crianças.

Piadas de Natal. Leia estes engraçados piadas de natal para crianças. GuiaInfantil.com vos convida a contar piadas de Natal, para fazer rir as crianças e toda a família em férias e noite de Natal.

Piadas de professores. Seleção de piadas de professores para as crianças. As brincadeiras estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas de professores provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos.

Piadas de mãe e pai. Propomos-lhe passar um tempo divertido com o seu filho e com as piadas de mamãe e papai para crianças mais divertidos. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. O rir é muito bom. Estimula o bom humor, a diversão e o vocabulário das crianças.

Piadas variadas. Piadas de vários temas diferentes para fazer com as crianças. As brincadeiras infantis estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos. No Guiainfantil.com oferecemos piadas curtas variados.

Piadas de livros. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. Seus benefícios são incalculáveis. Convide seu filho a rir contando algumas piadas.

Piadas de crianças. Seleção de piadas sobre crianças e para crianças. As crianças vão adorar ouvir ou contar piadas em que as crianças são as protagonistas. Guiainfantil.com selecionou os melhores piadas de crianças, pois considera que o riso é um grande benefício para a saúde das crianças. Piadas sobre as crianças.

Piadas de refeições. Aqui você vai encontrar os melhores piadas de refeições para crianças. Piadas sobre comida para crianças de Guiainfantil.com. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. Seus benefícios são incalculáveis. Convide seu filho a rir contando algumas piadas.

Piadas de animais. Piadas de animais para fazer rir as crianças. As piadas é uma boa ferramenta para despertar o bom humor e o riso em crianças. Guiainfantil.com selecionou os melhores piadas de animais para crianças, especialmente a partir dos 6 anos de idade, quando entram no curso Primário.

Piadas de amigos. Seleção de piadas de amigos para fazer rir as crianças. Piadas para crianças. As brincadeiras estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário, a sua auto-estima e a diversão. As piadas provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos. Aqui tendes piadas de amigos para crianças.

Piadas de animais para crianças

Aqui você tem uma seleção de piadas de animais para fazer rir as crianças. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças, por isso Guiainfantil.com selecionou os melhores piadas de animais para as crianças.

Normalmente, quando as crianças ingressam no curso de ensino Fundamental, a partir dos 6 anos de idade, costumam aprender algumas piadas através de livros e de trocas com seus colegas de escola. Não vos perca mais tempo e conta uma piada para o seu filho!!!! Certeza que você vai rir muito!

– Eu vou dar uma volta no quarteirão.

– Alfredo, vamo-nos daqui, que este terreno já está pavimentado.

Porque não tem o dedo mindinho para tocar a campainha.

Porque estas tocando o teto com o seu nariz.

Uma senhora está na porta de sua casa com seu gato, passa um senhor e pergunta:

– Eu sou um cão-lobo, porque o meu pai era um cachorro e minha mãe uma loba. E você?

– Pois eu sou um urso-formigueiro.

– NADA. E o teu?

Isso são duas ovelhas jogando futebol. Uma delas lança a bola muito longe e diz a uma colega:

– “Veeeeeeee!!!” .

– “Veeeeeeee túuuuu!!!!”.

Há uma vaca, uma galinha e um cavalo, e todos têm 14 meses.

Há uma vaca, uma galinha e um cavalo, e todos têm 14 meses.

Pelo mouse.

Pois entra na Primária.

Era uma vez dois animais que eram muito amigos; estes eram o gato e o galo.

Um dia o gato comprou um carro e o galo pediu-lhe que o tomasse e o gato como bom amigo que o emprestou.

Saíram de passeio os dois muito felizes, e de repente ao dobrar uma esquina, o carro do gato se afastou, o que o gato diz:

Dois que queriam uns sapatos de crocodilo decidem ir dormia.

Mataram um, dois… cem jacarés, até que um disse ao outro:

– Ei, como o próximo que tiremos a vida não traga sapatos, eu deixo.

Isso é uma menina pau que vai pela floresta, se tropeça e cai a um lago onde há um crocodilo, e se põe a gritar

– Venha ganza.

10 piadas curtas para crianças. Os melhores piadas para crianças são aqueles que têm uma linguagem adaptada ao seu, um humor simples e fácil, e que não são excessivamente longos. Guiainfantil.com nos oferece 10 piadas curtas infantis para que pais e filhos se divertirem juntos. Com este coletânea de piadas para crianças que preparamos, reiréis um monte.

Piadas de Traposo. As piadas divertem as crianças e ajudá-los a desenvolver sua agilidade e acuidade mental. Por isso, reunimos em um vídeo algumas piadas curtas para as crianças que foram contados por nossa mascote, o urso Traposo.

Piadas de médico. GuiaInfantil.com publica piadas para fazer rir a toda a família. As brincadeiras estimulam o bom humor, estimula a comunicação e a diversão das crianças. Piadas de crianças, de animais, de comida, de Natal, elevações, professores, Jaimito, e muitos outros.

Piadas do filme. Piadas para crianças de filmes. Guiainfantil.com oferece piadas que se abre o pano. As brincadeiras estimulam o bom humor, promovem o riso, desenvolvem o vocabulário, e divertem as crianças. O riso é um ingrediente básico para a saúde das crianças.

Piadas de Natal. Leia estes engraçados piadas de natal para crianças. GuiaInfantil.com vos convida a contar piadas de Natal, para fazer rir as crianças e toda a família em férias e noite de Natal.

Piadas de professores. Seleção de piadas de professores para as crianças. As brincadeiras estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas de professores provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos.

Piadas de elevações. Piadas curtas de elevações para crianças. Guiainfantil.com oferece-lhe uma seleção de piadas de elevações para que vos divirtáis com vossos filhos. As brincadeiras estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas para crianças de elevações provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos.

Piadas de mãe e pai. Propomos-lhe passar um tempo divertido com o seu filho e com as piadas de mamãe e papai para crianças mais divertidos. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. O rir é muito bom. Estimula o bom humor, a diversão e o vocabulário das crianças.

Piadas variadas. Piadas de vários temas diferentes para fazer com as crianças. As brincadeiras infantis estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos. No Guiainfantil.com oferecemos piadas curtas variados.

Piadas de livros. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. Seus benefícios são incalculáveis. Convide seu filho a rir contando algumas piadas.

Piadas de crianças. Seleção de piadas sobre crianças e para crianças. As crianças vão adorar ouvir ou contar piadas em que as crianças são as protagonistas. Guiainfantil.com selecionou os melhores piadas de crianças, pois considera que o riso é um grande benefício para a saúde das crianças. Piadas sobre as crianças.

Piadas de refeições. Aqui você vai encontrar os melhores piadas de refeições para crianças. Piadas sobre comida para crianças de Guiainfantil.com. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. Seus benefícios são incalculáveis. Convide seu filho a rir contando algumas piadas.

Piadas de amigos. Seleção de piadas de amigos para fazer rir as crianças. Piadas para crianças. As brincadeiras estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário, a sua auto-estima e a diversão. As piadas provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos. Aqui tendes piadas de amigos para crianças.

Piadas de amigos para crianças

Os amigos são muito importantes para as crianças na infância, já que eles são um espelho em que se olhar. Em Guiainfantil.como vos oferecemos alguns engraçados piadas sobre a amizade para que seus filhos possam contá-los a seus amigos.

Normalmente, quando as crianças ingressam no curso de ensino Fundamental, a partir dos 6 anos de idade, costumam aprender algumas piadas através de livros e de trocas com seus colegas de escola.

– Sim, mas o meu coração diz para cabelos secos, e o meu está molhado.

– Não, estou incomodín.

Havia três amigos que se chamavam o Bobo, Ninguém e Nenhum.

– Ninguém caiu no poço, e Ninguém o está ajudando.

– Não, na minha casa se foi a luz.

– É que se estão a levar a minha avó.

– Sim, é meu, é que às vezes ele me ultrapassa.

– já sei. Tenho aberto eu

10 piadas curtas. Os melhores piadas para crianças são aqueles que têm uma linguagem adaptada ao seu, um humor simples e fácil, e que não são excessivamente longos. Guiainfantil.com nos oferece 10 piadas curtas infantis para que pais e filhos se divertirem juntos. Com este coletânea de piadas para crianças que preparamos, reiréis um monte.

Piadas de Traposo. As piadas divertem as crianças e ajudá-los a desenvolver sua agilidade e acuidade mental. Por isso, reunimos em um vídeo algumas piadas curtas para as crianças que foram contados por nossa mascote, o urso Traposo.

Piadas de médicos. GuiaInfantil.com publica piadas para fazer rir a toda a família. As brincadeiras estimulam o bom humor, estimula a comunicação e a diversão das crianças. Piadas de crianças, de animais, de comida, de Natal, elevações, professores, Jaimito, e muitos outros.

Piadas de filmes. Piadas para crianças de filmes. Guiainfantil.com oferece piadas que se abre o pano. As brincadeiras estimulam o bom humor, promovem o riso, desenvolvem o vocabulário, e divertem as crianças. O riso é um ingrediente básico para a saúde das crianças.

Piadas de natal. Leia estes engraçados piadas de natal para crianças. GuiaInfantil.com vos convida a contar piadas de Natal, para fazer rir as crianças e toda a família em férias e noite de Natal.

Piadas de professores. Seleção de piadas de professores para as crianças. As brincadeiras estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas de professores provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos.

Piadas de elevações. Piadas curtas de elevações para crianças. Guiainfantil.com oferece-lhe uma seleção de piadas de elevações para que vos divirtáis com vossos filhos. As brincadeiras estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas para crianças de elevações provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos.

Piadas de mãe e pai. Propomos-lhe passar um tempo divertido com o seu filho e com as piadas de mamãe e papai para crianças mais divertidos. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. O rir é muito bom. Estimula o bom humor, a diversão e o vocabulário das crianças.

Piadas variadas. Piadas de vários temas diferentes para fazer com as crianças. As brincadeiras infantis estimulam o bom humor e o riso das crianças, além de favorecer o seu vocabulário e a diversão. As piadas provocam boas e grandes sorrisos em seus filhos. No Guiainfantil.com oferecemos piadas curtas variados.

Piadas de livros. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. Seus benefícios são incalculáveis. Convide seu filho a rir contando algumas piadas.

Piadas de crianças. Seleção de piadas sobre crianças e para crianças. As crianças vão adorar ouvir ou contar piadas em que as crianças são as protagonistas. Guiainfantil.com selecionou os melhores piadas de crianças, pois considera que o riso é um grande benefício para a saúde das crianças. Piadas sobre as crianças.

Piadas de refeições. Aqui você vai encontrar os melhores piadas de refeições para crianças. Piadas sobre comida para crianças de Guiainfantil.com. As piadas podem ser uma boa ferramenta para despertar o riso em crianças. Seus benefícios são incalculáveis. Convide seu filho a rir contando algumas piadas.

piadas de animais. Piadas de animais para fazer rir as crianças. As piadas é uma boa ferramenta para despertar o bom humor e o riso em crianças. Guiainfantil.com selecionou os melhores piadas de animais para crianças, especialmente a partir dos 6 anos de idade, quando entram no curso Primário.

Ceviche de peixe para crianças. Receitas peruanas

Como fazer, passo a passo, um ceviche de peixe para as crianças. Receitas de Peru

Vilma MedinaDirectora de Guiainfantil.com26 de julho de 2018

O ceviche, ceviche ou sebiche é uma das receitas estrela da cozinha peruana. Nesta ocasião, Guiainfantil.com preparou um ceviche de peixe. É um prato que consiste em peixe marinado com molho de limão. Há muitas versões ou formas de cozinhar o ceviche de acordo com os diferentes países latino-americanos.

O tempero que se usa esta receita inclui, além do limão, alguma variedade de pimenta ou o chile, embora se seus filhos não gostam de pimenta, você pode usar mostarda, um costume que têm no Equador e américa Central.

Ingredientes:

  • 1 Kg de maçã
  • 15 limões
  • 1 cebola picada
  • Meio pimentão vermelho
  • Meio pimentão amarelo
  • 2 ramos de coentro
  • sal

Dicas: Além de bonito, se quiser ou se você gosta, você pode usar outros peixes como o mero ou linguado para fazer esta receita.

Como cozinhar, passo a passo, ceviche de peixe para crianças

1. Limpa-se o peixe e córtalo em cubos pequenos. Reservar

2. Corta-se a cebola aos pimenta e temperado a mistura. Reservar

3. Em uma tigela, esprema o suco de 15 limões.

4. Adicionar o peixe e a cebola com pimentão picados suco de limão e misture.

5. Pique o coentro e colocá-lo por cima do ceviche.

6. Tampe o recipiente e leve-as à geladeira por meia hora.

7. Se desejar, servir o ceviche com milho ou milho, ou pedaços de batata-doce.

Como fazer ceviche peruano de peixe e camarão, passo a passo

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

  1. Capa
  2. Internacionais
  3. Receitas Peruanas
  4. Ceviche de peixe para crianças. Receitas peruanas

Relacionados

Cozinha com criançasAlimentaçãoCriançasReceitas PeruanasReceitasNiñoscevichecebichesebicheceviche de pescadorecetas de Perúrecetas de pescadopescado crudocenas para niñoscomidas para niñosperuanas

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoLazerBebêsSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Cesariana em trabalho de parto. Causas e tratamento

A cesariana é um método usado pelos judeus como um último recurso, quando o parto normal ou vaginal resulta inviável. Em alguns casos, o parto por cesariana é programada devido às características do próprio gravidez, para garantir a saúde da mãe e do bebê, ou porque ao longo do trabalho de parto, surge a necessidade de recorrer ao parto instrumentalizado por alguma complicação.

No entanto, em alguns lugares, a mãe pode escolher se o seu parto será por cesariana ou natural.

No Guiainfantil.com te explicamos o que é e em que consiste um parto por cesariana. Tudo o que você precisa saber sobre os partos instrumentalizados está aqui.

Que é a cesariana respeitada. Fala-Se muito do parto respeitado como aquele parto, onde é usado o mínimo possível o instrumental médico, assim como a anestesia. Mas, uma cesariana, como também pode ser respeitada? O que significa exatamente?

Quando é necessária a cesariana. Quando recomendam os médicos praticar uma cesariana? Causas e os motivos para realizar um parto instrumentalizado em vez de um parto vaginal. Problemas durante o parto.

Tratamento da cicatriz da cesariana. Como se deve cuidar da cicatriz após um parto por cesariana. A mulher que foi operado de cesariana deve-se evitar, durante um tempo, as tarefas domésticas, levantar pesos, dirigir, e qualquer esforço que aumente a pressão abdominal.

Como recuperar de uma cesariana. Recuperar de uma cesariana é mais lento do que fazê-lo de um parto vaginal. A razão é que quando o parto é considerado um ato fisiológico, a cesariana é uma intervenção cirúrgica. Por este motivo, você deverá permanecer no hospital alguns dias (3 a 5), que se tivesses dado à luz após um parto vaginal.

Como é o parto por cesariana. O processo de um parto por cesariana. A cesariana é sempre o último recurso quando, por algum problema, é impossível realizar um parto vaginal. O parto por cesariana consiste em fazer um corte ou uma incisão no abdome e no útero, para facilitar a saída do bebê.

Cesariana: boa ou má?. Respondemos à pergunta: o parto por cesariana, bom ou ruim?. As vantagens e desvantagens de fazer um parto por cesariana bom e o ruim de fazer um parto por cesariana, tanto para o bebê como para a mãe.

Recuperação com reflexologia. A reflexologia também é útil durante o pós-parto. Ajuda, por exemplo, no caso de cesarianas, a recuperar-se antes e a melhorar o humor. Contamos-lhe o que pode fazer por ti, a reflexologia se você teve um parto por cesariana.

Evitar a cesariana com exercício. Parto por cesariana, como evitá-la. Pesquisadores espanhóis demonstraram como a percentagem de partos instrumentais e por cesariana foi reduzida em mulheres que praticam exercício físico regular.

Animação de um parto por cesariana. Vídeo explicativo em que passo a passo se relata tudo o que acontece em um parto por cesariana. Na animação você poderá ver o que acontece em um parto por cesariana de forma muito educativa.

Ciúmes entre irmãos. Crianças com inveja

Sentir ciúme é uma reação natural do filho mais velho para o mais pequeno

Guiainfantil.com 20 de janeiro de 2016

Os ciúmes são um estado afetivo, que em crianças, caracteriza-se pelo medo de perder ou ver reduzido o amor de seus pais, principalmente da mãe, devido ao nascimento de um novo irmão que vai ter que dedicar muito tempo, durante os primeiros meses de sua vida. Alguns especialistas defendem que os sentimentos de ciúme são produzidos de forma natural ao nascer um irmão, eles fazem parte de uma etapa normal e necessária para o desenvolvimento evolutivo, que ajuda as crianças a amadurecer.

Como evitar os ciúmes entre irmãos

Os ciúmes são uma reação natural. Os ciúmes afloram em crianças, independentemente da idade. Os pais devemos preparar as crianças para a chegada do bebê, estimulando, sobretudo, a sua auto-estima e fazendo-o participar de tudo o que está relacionado com a chegada do novo membro da família. Em suma, os pais, devemos agir com carinho, mas com firmeza e sem perder de vista os seus critérios educativos. Se, durante esta fase de ciúme, os pais continuam dedicando o mesmo tempo para seu filho mais velho, e oferecendo-lhe o mesmo amor e carinho que lhe demonstravam antes de nascer o bebê, esses sentimentos acabam por desaparecer.

Diretrizes para evitar os ciúmes entre irmãos

É muito difícil deixar de ser o sol para ser uma estrela a mais no universo da casa da família, mas existem algumas diretrizes que devemos ter em conta, para minimizar os filhos maiores os efeitos da chegada de um novo membro à família:

Mentalízale. É recomendável que, alguns meses antes de o bebê nascer abonemos o terreno e preparar o irmão mais velho para o nascimento. Também não é recomendado fazê-lo muito em breve para que não se torne demasiado longo. Para o segundo trimestre da gravidez, é bom falar sobre as mudanças que se vão produzindo, mas convém fazê-lo com uma linguagem que eles compreendam e sem saturarles com demasiada informação. Devem entender o lado positivo de ter um novo irmão ou irmã.

Antecipa as mudanças. Se são esperadas mudanças de quarto, é melhor fazê-los antes do nascimento. Assim, evitar que o nosso filho pense que a chegada do bebê vai rolar e vai tirar de seu site.

Mantenha sua rotina. Quando se aproxime o parto, não devemos alterar as rotinas diárias da criança (hora de comer, higiene pessoal e sono), embora se deva marchar para a casa dos avós ou de outros familiares. Sempre que possível, é preferível que passe esse momento em sua casa, rodeado de seus brinquedos e de tudo aquilo que lhe dá segurança.

Previne outras alterações temporariamente. Não é recomendável misturar a crise da chegada de um irmão com outras mudanças importantes, como o ingresso na escola infantil ou mudança de domicílio.

Esforce-se para prestar atenção. Tenta continuar passando um tempo de qualidade com seu outro filho ou filhos. Explícales que quando nasce um bebê, no início da rotina de vida diária muda um pouco, é mais agitada, mas logo tudo vai voltar logo ao normal.

Como educar a empatia e a perseverança dos filhos

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Educação
  3. Ciúme
  4. Ciúmes entre irmãos. Crianças com inveja

Relacionados

InvejaInvejaInvejaEducaçãoBebêsCozinha com niñoscelos entre irmãos manifestação de ciúme conseqüências de ciúme ciúme para crianças crianças com inveja irmãos evitar os ciúmes

8 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoLazerSaúdeBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

causas e tratamento para alcançar a gravidez

Por que algumas mulheres têm regras irregulares

Patricia FernándezRedactora em Guiainfantil.com29 de novembro de 2017

O ciclo menstrual da mulher costuma ser de 28 dias, desde o primeiro dia da regra de um mês, até o primeiro dia da regra do próximo mês, mas isso que em algumas mulheres, que funciona como um relógio suíço; em outras pode variar entre os 21 e 35 dias, tornando-se loucas e preocupando-nos muito.

No entanto, essa oscilação é normal; o problema surge quando essas regras não são um padrão de tempo específico e são irregulares, mês a mês, ou ultrapassam os limites normais estabelecidos, seja por cima ou por baixo.

Veja aqui quais são as possíveis causas das regras irregulares e tratamento para conseguir a gravidez.

Regras irregulares: causas e tratamento para alcançar a gravidez

Há épocas de nossa vida em que a regra pode ser irregular, como a fase da adolescência, em que 50% das adolescentes têm desarranjos menstruais durante os dois primeiros anos após a chegada da primeira regra, e na pré-menopausa, em torno dos 45 anos.

No entanto, em geral pode-se considerar que uma mulher tem uma menstruação regular se o seu período é entre 21 e 35 dias de cada mês, mesmo que entre um mês e outro de ter uma diferença de 2 ou 3 dias.

Então, quando consideramos que existe uma regra irregular?

– Quando os ciclos menstruais variam de mês a mês, mais de 2 ou 3 dias.

– Se são ciclos menstruais excessivamente curtos, ou seja, menor de 21 dias, o que se denomina como polimenorrea.

– Se os ciclos menstruais são cada mais de 35 dias, o que é conhecido como oligomenorreia.

– Se existe uma ausência de regra ou amenorréia.

Em todos estes casos, devemos consultar com um ginecologista, já que as possíveis causas destas alterações menstruais podem variar muito.

Quais são as causas mais comuns de regras irregulares?

1 – Estresse, ansiedade ou problemas emocionais, que nos afetam a nível hormonal.

2 – Distúrbios alimentares como a bulimia, a anorexia, ou um regime muito abrangente, que nos faça perder peso bruscamente.

3 – Distúrbios hormonais.

4 – Distúrbios da ovulação, como é o caso do ovário policístico.

5 – Problemas associados ao mau funcionamento da tireóide ou diabetes.

Como pode nos afetar as regras irregulares?

Se nós queremos ficar grávidas será muito mais complicado, porque não sabemos a data exata de nossas ovulaciones, ou mesmo, se as há.

Por outro lado, dependendo da causa que deu origem a regra irregular, pode levar camadas trazidas de outros problemas, como um aumento de pêlos, diminuição das mamas, a ausência de ovulação…

Tratamentos para a menstruação irregular

Evidentemente, não há um tratamento geral para tudo, mas que dependendo da causa será o tratamento.

Por exemplo, se a causa é o estresse, basta descansar e ter um estilo de vida mais relaxado para que suas regras voltem a ser regulamentada. Mas se se trata de ovários policísticos devem ser tratadas com hormônios, enquanto que, se a irregularidade é própria de etapas concretas da mulher, como a adolescência, é suficiente que o tempo rege o nosso corpo.

Problemas para engravidar

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Engravidar
  4. Regras irregulares: causas e tratamento para alcançar a gravidez

Relacionados

Sorvetes e sorbetesFertilidadeSaúde SaúdeFertilidadreglas irregulares menstruação irregular desequilíbrio hormonal em mulheres com problemas de fertilidade em mulheres engravidar causas das regras irregulares, amenorréia oligomenorreia polimenorrea ovário policístico

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoLazerSaúdeBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas e tipos de torcicolo em bebês

O que pode causar torcicolo em bebês

Lídia Enjeitado Pereira, Fisioterapeuta e Osteópatahace 5 dias

O torcicolo é um estado de contração involuntária do ECOM (Esternocleidomastoideo) e os Escalenos, que origina a manutenção de uma posição de inclinação da cabeça da criança para um lado e uma rotação cervical para o lado contrário.

Mesmo que te pareça estranho, não só os adultos sofremos torcicolo, também podem dar-se casos de torcicolo em bebês. Saiba quais os tipos de torcicolo são mais comuns, o que a causa e como pode ser prevenida.

Dois tipos de torcicolo em bebês

O torcicolo em bebês pode ser de dois tipos: congênita ou adquirida.

1 – Acreditamos que é torcicolo congénito , quando já está presente no momento do nascimento ou se produz durante os primeiros dias ou semanas do bebê.

Às vezes podemos notar uma induração na musculatura, que não é mais do que o hematoma que ocorre em parte do músculo se ocorreu um estiramento excessivo.

Normalmente o torcicolo congênito é mais frequentes em gravidezes múltiplas, (já que há menos espaço no útero para que os bebês se movimentam confortavelmente), em partos difíceis com expulsivos longos, onde você tem que usar instrumentos para ajudar a tirar a cabeça do bebê, quando ocorrem voltas de laço ou quando a mãe já apresenta uma escoliose.

Leia também: Meratrim

Há que entender o bebê “como se fosse um passageiro, que se adapta à sua passagem”; neste caso, a sua mãe. Se ela já tem em sua coluna e sacro um padrão de torção devido à escoliose, o corpo do bebê (sobre tudo a sua cabeça), que é a área mais moldável e que mais está sujeita a pressões, pode absorver essas tensões.

2. O torcicolo adquirida depois do nascimento. Quase sempre devida ao abuso da posição de deitado de barriga para cima. Relaciona-Se frequentemente com a plagiocefalia. Também pode surgir após traumas, otite, amigdalite…

Como saber se meu bebê sofre de torcicolo

Há que se suspeitar de que seu bebê tem torcicolo quando se permanece deitado, suga, ou dorme, observamos que sempre tem preferência para manter a cabeça virada para o mesmo lado. Se custa rodar o pescoço para o lado contrário, se mantém elevado o ombro do lado afetado e se vemos que sua pelve inclina-se para o mesmo lado que inclina a cabeça adquirindo uma posição de “banana”.

O corpo do bebê se adapta a tensão de seu pescoço, o encurtamento das cadeias musculares do lado da inclinação da cabeça e estendendo-as do lado contrário.

Como lidar com um caso de torcicolo em bebês

Não estamos diante de uma disfunção grave. As torcicolo têm bom prognóstico, e mais, se você tratar com vivacidade, mas é muito importante realizar um tratamento fisioterápico e/ou osteopático o mais cedo possível, para evitar a cronicidad de compensação por parte do bebê.

Se não for tratada de forma precoce, podem provocar:

– Assimetrias faciais e cranianas.

– Deformidades da coluna vertebral.

– Problemas visuais.

– Desenvolvimento motor mais lento, pior coordenação mão-olho, menos uso da mão do lado que tem dificuldade de virar.

O movimento do bebê na barriga de uma grávida

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Doenças infantis
  4. Causas e tipos de torcicolo em bebês

Relacionados

BebêsNomes para criançasEtapasGravidezFrutasSaludtorticoliscuellomusculosplagiocefaliatorticolis congenitatorticolis adquiridacolumna vertebralfisioterapia

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas e sintomas de vertigem na infância

Como diferenciar o enjoo ou tonturas, ou ansiedade de vertigem em crianças

Estefânia EstebanResponsable Multimediahace 3 dias

A vertigem é um distúrbio do sentido do equilíbrio , que pode ser desencadeado por muito motivos. É menos comum que entre as crianças, ainda que, claro, podem dar-se casos.

Veja aqui quais são as causas e sintomas de vertigem na infância e quais são as diferenças entre as vertigens e tonturas ou angústia.

As causas e sintomas de vertigem na infância que diferenciam a vertigem da loucura

Para uma criança não é nada fácil entender a diferença entre a vertigem e tontura. Uma criança sente que ‘as coisas se movem’ quando o melhor é um breve tontura que lhe faz perceber a realidade de forma distorcida. No entanto, vertigem e tontura são diferentes. A vertigem é uma perda do sentido do equilíbrio, enquanto que o enjôo é um tonturas e sensação de ‘mal-corpo’. Frequentemente, no entanto, compartilham sintomas.

O principal sintoma de vertigem em crianças é aquela sensação de que ‘o mundo se move’. Junto a esta sensação, dão-se estes outros sintomas:

– Palidez.

– Náuseas. Sensação de querer vomitar.

– Irritabilidade.

– Zumbidos no ouvido.

– Visão dupla.

– Dor de cabeça.

O certo é que as crianças tendem a usar mais a palavra tontura para descrever o que sentem quando têm vertigens, ansiedade, stress… ou quando estão nervosos. Você pode ajudar a diferenciá-los explicando quais são os sintomas de vertigem:

Entre as causas mais comunsde vertigem na infância são:

1. Otite média. De fato, quase 80% das crianças menores de 3 anos com problemas de vertigens e tonturas, por problemas com uma otite no ouvido médio. Neste caso, o tratamento passa pela prescrição de um antibiótico e, às vezes, uma cirurgia para colocar um dreno no ouvido.

2. Enxaquecas e dores de cabeça. Em crianças mais velhos (a partir dos 7 anos), as dores intensas de cabeça ou enxaqueca também podem vir acompanhados de um desmaio ou frivolidade que aparece de forma esporádica em plena crise de enxaqueca. A falta de sono e o estresse podem estar relacionados com as intensas dores de cabeça).

3. Vertigem paroxístico benigno. Pressupõe um desequilíbrio que provoca na criança um episódio de vertigem. Costuma ocorrer entre os 2 e os 3 anos. Não se dão dores de cabeça ou náuseas. Simplesmente aparece uma tontura durante alguns segundos. É essa ‘sensação de cair’. A criança pode se assustar e tentar agarrar-se a algum lugar, mas a sensação dura pouco e, em seguida, retoma a normalidade. Esta é a segunda causa de vertigem em crianças, e desaparece com a idade. De facto, este tipo de vertigem é muito raro encontrá-lo em crianças maiores de 7 anos. Costuma estar relacionado com uma má postura ou um torcicolo. A maioria das crianças que sofrem estes vertigem de pequenos, apresentam-se, mais tarde, episódios de enxaquecas.

4. Problemas de visão. Quando há um problema de visão, a criança nota uma vertigem ou tontura intenso a cada vez que tem que se esforçar para ver. Isso também envolve dor de cabeça.

Existem muitas outras possíveis causas de vertigem, mas são menos frequentes entre as crianças. Por exemplo, podem dar vertigem por causa de um episódio de epilepsia, ou depois de um traumatismo craniano, por culpa de alguns medicamentos ou por lesão do ouvido interno.

A otite em crianças

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Causas e sintomas de vertigem na infância

Relacionados

CondutaOuvidosCondutaSaúdeCarnesBebésvertigo em niñosvertigo na infanciamareos na infanciael vertigocausas do vertigo em niñosorigen do vertigo em niñossintomas do vertigo em crianças

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas para ir ao hospital durante a gravidez

Complicações durante a gravidez. Quando ir às urgências

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe31 de maio de 2016

A maior parte de gestações desenvolvem-se de forma normal e não constituem casos de gravidez de risco. Em qualquer caso, qualquer mulher grávida vai ajudá-lo a conhecer as possíveis complicações que podem surgir para evitar problemas maiores.

Há alguns sinais e sintomas que avisam alguma anomalia durante a gravidez e são motivo para recorrer ao serviço de urgência do seu hospital.

Motivos para ir às urgências durante a gravidez

Perante a dúvida sobre se algo é ou não normal, recomenda-se recorrer a uma consulta com o médico ou a urgência para descartar possíveis complicações. Muitas vezes por medo ou vergonha de que o médico diga que não é nada, não se recorre aos serviços hospitalares, mas recomenda-se ser prudente e deslocar-se, se algo não parece normal. Em qualquer caso, estes são os sintomas de que algo não está funcionando bem durante a gravidez:

– Sangramento vaginal: é normal que haja um leve sangramento depois de uma relação sexual, ou de uma exploração por parte do ginecologista, no entanto, se o sangramento é abundante e de uma intensa cor vermelho é conveniente receber atendimento médico o quanto antes. É possível que, se a gravidez continua, se a recomendar repouso absoluto.

– Contrações: não há que mas com as contrações de Braxton-Hicks, que são aqueles em que a dor desaparece com o movimento ou mudando de postura e que só indicam que o colo do útero está amadurecendo. Se as contrações são dolorosas, não cedem ao repouso e ainda não chegou à reta final da gravidez, é aconselhável dirigir-se ao hospital.

Ruptura prematura da bolsa das águas: em gestações normais costuma ocorrer no final da gestação ou até mesmo durante o período de dilatação. Se a ruptura se dá em semanas anteriores à data do parto ou o líquido que sai é de cor verde é importante recorrer para que verifiquem o estado do bebê, pois pode haver sofrimento fetal.

Falta de movimentos do bebé: desde o momento em que as notes pataditas do bebê, você terá de estar atenta para que todos os dias sentisse os movimentos fetais. Em caso de não notarlos, toma chocolate, descanse um pouco e tomar algum alimento açucarado para unico no brasil. Sem estas medidas continua sem notar que se move, dirija-se ao serviço de urgência, para verificar o estado do bebê.

Vômitos intensos: se a sensação de náuseas e vômitos é muito intensa e não tolera qualquer alimento ou bebida, é necessário que acudas a consulta para descartar outras complicações que possam ser tratado para evitar a desidratação.

Febre: febre acima de 38º é motivo de consulta, sobretudo quando não responde a um catarro ou resfriamento.

Dor de cabeça: as mulheres grávidas são bastante propensas a sofrer dores de cabeça, mas se estas são muito dolorosas e não cedem com analgésicos, procure o serviço de urgência uma vez que pode estar associado com um aumento da tensão arterial e isto representa uma complicação da gravidez.

Asma na gravidez, como deve cuidar da mulher asmática

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Causas para ir ao hospital durante a gravidez

Relacionados

DesconfortoAsmaGravidezPartoFases do partoEmbarazoembarazada gestação complicações urgências gravidez, sangramento vaginal, sangramento contrações ruptura da bolsa

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

LazerBebêsAlimentaçãoSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas do sofrimento fetal na gestação e no parto

As consequências para o bebê do sofrimento fetal

Guiainfantil.com 10 de julho de 2015

O sofrimento fetal ocorre devido a uma alteração na troca de oxigênio entre o bebê e sua mãe através da placenta. Os médicos falam de sofrimento fetal quando vem, através do monitor, que a freqüência cardíaca do feto se altera durante o acompanhamento do parto. Quando um médico suspeita da existência da perda do bem-estar fetal, são tomadas medidas como, que a mãe mude de posição ou colocar oxigênio, mas se não houver resultados, então se extrai o mais rápido possível ao bebê.

Depois que ele nasceu, o teste de Apgar pode revelar o alcance dos danos que o sofrimento fetal ocorrido no bebê. Para evitar as graves consequências que tem a diminuição de oxigênio.

As causas do sofrimento fetal na gravidez

As causas que podem produzir uma alteração na troca de oxigênio entre o feto e sua mãe podem ser maternas, fetais, placenta, alterações, funiculares (cordão umbilical) e uterinas:

1. Causas maternas. Algumas afecções maternas, implica uma diminuição do aporte transplacentario de oxigênio. Estas condições podem ser:
Hipotensão arterial. Implica uma diminuição do fluxo de sangue arterial materno para a placenta e pode ser causada por uma hemorragia aguda durante a gravidez, a ingestão de medicamentos hipotensores ou por síndrome de decúbito dorsal, que ocorre pela compressão da veia cava inferior pelo útero gestante.
Hipóxia materna. Certas doenças cardíacas, anemia grave ou insuficiência respiratória podem fazer diminuir o fluxo placentário de oxigênio para o feto durante a gravidez.
Acidose materno. Ocorre nas gestantes com diabetes insulinodependientes, que se descompensan.
Hipertensão arterial. Tanto a hipertensão arterial crônica (HTA), hipertensão induzida pela gravidez, podem dar lugar a um crescimento intra-uterino retardado e sofrimento fetal.

2. Causas placental. Certas alterações da placenta (desde comida até placenta prévia), a atividade da enzima placentaria (envelhecimento da placenta durante a gravidez que se prolonga) e o descolamento placentário (o mais grave) podem resultar em sofrimento fetal.

3. Causas funiculares. Referem-Se ao cordão umbilical. A livre circulação de sangue do cordão umbilical é necessária para a manutenção de um intercâmbio metabólico adequado entre o feto e a mãe. Esta circulação pode ser alterada quando ocorre um nó verdadeiro, uma volta de cordão no pescoço do bebê ou a um de seus membros, ou quando existe um laço curto, o que dificulta a saída do bebê através do canal do parto.

4. Causas fetais. O sofrimento fetal ocorre porque a quantidade ou qualidade do sangue fetal que chega à placenta não é a adequada. Pode ser devido a uma anemia hemolítica fetal por incompatibilidade de Rh ou por ação direta de uma toxina (infecções, tóxicos ou radiações).

5. Causas uterinas. Um tumor ou uma malformação uterina também podem resultar em sofrimento fetal. É comum a síndrome do decúbito dorsal, que ocorre em algumas gestantes, quando adotam a posição de decúbito dorsal; o útero comprime a veia cava contra o abdômen (parte de trás) e dificulta o retorno venoso (sobretudo, no caso de útero volumoso), o que produz uma diminuição rápida do gasto cardíaco e hipotensão, que leva ao sofrimento fetal. É frequente no terceiro trimestre da gravidez.

Reacções fetais perante o sofrimento

Quando o feto não pode manter a sua homeostase, ocorre a lesão e morte celular. Dependendo do número de células afetadas, a lesão será maior ou menor. No processo de diminuição de troca de oxigênio entre a mãe e seu bebê podem-se distinguir três etapas:

Lesão reversível. É a mais frequente. A função celular é afetada, mas você pode restituir a função normal e não deixa seqüelas.
Lesão irreversível. Ocorre quando existe a morte celular de parénquimas, que não se regeneram. Ficam sequelas como lesões cerebrais.
Morte fetal ou neonatal. Quando a interrupção de oxigênio é intensa e duradoura produz uma lesão de parénquimas imprescindíveis para a vida, que tem como consequência a morte no útero ou horas depois do nascimento.

Marisol Novo.

Animação sobre o momento do parto

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Etapas
  4. Causas do sofrimento fetal na gestação e no parto

Relacionados

Parto – EclampsiaPartoGravidezGravidezEmbarazosufrimiento fetal ácido fólico parto natural defeitos congênitos amniocentese volta de laço sofrimento do bebê

8 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas da prisão de ventre no pós-parto

Por que muitas mulheres sofrem de prisão de ventre após o parto

Guiainfantil.com 24 de maio de 2016

Com freqüência as mulheres grávidas sofrem de prisão de ventre. Este problema é causado por um lado, ao aumento de tamanho do útero que comprime o intestino impedindo uma mobilidade normal, e por outro lado às alterações hormonais que provocam o relaxamento dos músculos do intestino, sobretudo pelo aumento da progesterona. Os suplementos de ferro também aumentam o risco de prisão de ventre.

Mas… o que acontece após o parto? Por que muitas mulheres também sofrem de prisão de ventre no pós-parto?

Por que aparece a prisão de ventre após o parto

Uma vez que a mulher dá à luz pode demorar vários dias em defecar. Às dores causadas durante a gravidez, somam-se o esforço realizado durante o processo de expulsão do parto, causando dor nos músculos vários, as possíveis hemorróidas e o medo que são liberados os pontos da episiotomia durante a defecação.

Além disso, o cuidado do bebê e a recuperação do parto implicam que nesta fase a mulher fizer menos exercício levando a cabo uma vida mais sedentária, especialmente se você passou por uma cesariana, para que seus músculos intestinais estão mais relaxados, demorando algum tempo a recuperar o ritmo normal.

3 conselhos contra a prisão de ventre no pós-parto

1. Para atenuar os efeitos da constipação durante o pós-parto, os especialistas aconselham a levar a cabo uma dieta rica em fibras, consumindo cereais, pão integral ou pregos, entre outros alimentos, além de frutas e legumes, e aumentar o consumo de líquidos, principalmente água.

2. Além disso, é recomendável realizar alguma atividade física macio , como caminhadas e os exercícios de Labirinto para recuperar a elasticidade e a força da região perineal.

3. Os laxantes não são aconselháveis durante o período de amamentação, já que podem passar através do leite para o bebê.

De acordo com os especialistas, se a mulher não sofria de prisão de ventre antes da gravidez, o intestino vai recuperando seu ritmo normal pouco a pouco.

Cristina Gonzalez Fernando. Redatora de Guiainfantil.com

Ginástica para perder barriga após o parto com o bebê

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Partos alternativos
  3. O desconforto do pós-parto
  4. Causas da prisão de ventre no pós-parto

Relacionados

AlimentaçãoAlimentaçãoSaúdeBeleza no pós-partopós-PartoFrutasestreñimiento pós-parto parto, pós-parto problemas no pós-parto ir ao serviço de alimentos com fibra laxantes

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas da asma infantil: os alérgenos

O que causa a asma em crianças?

Guiainfantil.com 19 de abril de 2018

Para realizar um diagnóstico e controle adequado da asma infantil, é necessário considerar se existem antecedentes familiares da criança em relação à asma, que alérgenos (ácaros, poeira, pólen, mofo, a umidade) está exposta a criança, que a frequência e gravidade têm seus sintomas e quais outras infecções respiratórias podem apresentar os mesmos sintomas.

Para que o controle da doença seja efetivo e que se possam eliminar os sintomas que causa a crise asmática é preciso determinar qual é o alérgeno desencadeante e colocar em prática uma série de estratégias.

te contamos quais são as principais causas da asma em crianças.

5 causas da asma infantil

1. Animais. A maioria das pessoas pensam que as alergias a animais são produzidas por sua pele ou cabelo, mas também há muitas outras causas, como são as proteínas secretadas pelas glândulas sebáceas, a saliva e a urina. Além disso, embora o animal não esteja à vista, seus agentes encontram-se em pequenas partículas que circulam pelo ar, mobiliário e tapetes. Não esqueça, depois de brincar com o animal, você tem que lavar bem as mãos e limpar sua roupa para remover os agentes alérgicos.

2. Ácaros do pó doméstico. Os ácaros de poeira são microorganismos semelhantes às aranhas, que se alimentam de escamas mortas da pele humana e que vivem em colchões, camas, móveis, tapetes e cortinas. É difícil eliminá-los completamente, mas podemos seguir uma série de recomendações para tentar reduzi-los, como lavar com água muito quente (55º) lençóis e mantas, usar luvas e máscara enquanto se realiza a limpeza para reduzir a exposição à poeira e aos irritantes dos produtos de limpeza, a substituição dos tecidos de lã por materiais sintéticos, evitar a presença de bonecos de pano ou pelúcia ou lavá-los com frequência…

3. Fungos. São um agente alérgico, que pode ser encontrado tanto no interior como no exterior das casas. Controla torneiras, mangueiras e chaves de passagem da água para evitar perdas que favoreçam a humidade; se você tem ar condicionado, deixe abertas as janelas ao princípio;
use um desumidificador que mantenha a umidade ambiental abaixo de 50 por cento e areja todos os quartos diariamente, incluindo banheiros e porões.

4. Pólens. Podem produzir sintomas asmáticos e alérgicos, mesmo a quilômetros de distância. Existem muitos tipos e é preciso saber o que nos prejudica através de testes ou exames diagnósticos. Durante os meses da primavera é quando o período de alergia está mais estendido.

É impossível evitar as saídas ao exterior, mas existem algumas dicas que podemos seguir para evitar o agravamento dos sintomas. Como dicas, evita sair de casa às primeiras ou últimas horas do dia ou depois das chuvas, quando os níveis de pólen são menores, usa ar-condicionado em vez de ventiladores ou abertura de janelas, após a lavagem, use o secador e não tirar a roupa no exterior, para evitar que o pólen se meta nos tecidos.

5. Látex. O látex é extraído da árvore tropical Hevea Brasiliensis e é utilizado, sobretudo, na produção de borracha. Atualmente, está muito distribuído em múltiplos produtos ou úteis, sobretudo, no âmbito da saúde. Qualquer pessoa que use produtos de látex pode ser sensibilizados por. No entanto, o risco é maior em indivíduos alérgicos com rinite, asma ou dermatite por outros alérgenos.

Marisol Novo. Redatora de Guiainfantil.com

Tipos de asma em crianças e previsões

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Asma
  4. Causas da asma infantil: os alérgenos

Relacionados

Doenças infantisdocesAsmaAsmaAsmaSaludasma asma infantil crianças com asma crises asmáticas crise de asma, alergia alérgenos ranho tosse broncodilatador doença respiratória

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas do bullying escolar

As causas do bullying residem nos modelos educacionais das crianças

Guiainfantil.com 20 de abril de 2018

Em seu artigo intitulado Bullying: um medo de morte, a psicóloga e jornalista Ermesenda L. Senovilla, afirma que as causas que podem fazer aparecer o assédio escolar são incalculáveis. O bullying tem muitas formas de se manifestar e causar danos ilimitados.

Em geral, as causas ou fatores que provocam o assédio nas escolas costumam ser pessoais, familiares e escolares. Pessoalmente, o assediador se vê superior, bem porque conta com o apoio de outros atacantes, ou porque o assediado é alguém com muito pouca capacidade de responder às agressões. Na maioria das vezes, o assediador o que ele quer é ver que o rodeia está errado.

Te contamos quais são as principais causas de bullying escolar.

Desencadeantes do bullying no colégio

O bullying pode ocorrer em qualquer tipo de escola, pública ou privada, mas de acordo com alguns especialistas, quanto maior é o centro escolar mais risco existe de que tenha bullying. A esta característica, deve-se acrescentar a falta de controle físico e de vigilância nos centros educativos. Seria aconselhável que os corredores tivesse sempre alguém, professores ou encarregados de educação, para atender e inspecionar os alunos.

Além disso, o tratamento que se dá aos alunos é muito importante. A falta de respeito, humilhação, ameaças ou a exclusão entre o pessoal docente e os alunos levam a um clima de violência e a situações de agressão. A escola não deve limitar-se apenas a ensinar, mas deve funcionar como gerador de comportamentos sociais.

Causas familiares do assédio escolar

No terreno familiar, a origem da violência em a pode residir na falta de um pai ou na presença de um pai violento. Essa situação pode gerar um comportamento agressivo em crianças e levar à violência, quando forem adolescentes. Além disso, as tensões conjugais, a situação sócio-econômica ou a má organização em casa, também podem contribuir para que as crianças tenham uma conduta agressiva.

Em resumo, as causas do bullying podem residir nos modelos educativos que são uma referência para as crianças, na ausência de valores, de limites e de regras de convivência; em receber punições através da violência e da intimidação e aprender a resolver os problemas e as dificuldades com a violência.

Quando uma criança está exposta constantemente a estas situações, acaba por registar automaticamente todos em sua memória, passando a exteriorizarlo quando consulte oportuno. Para a criança que pratica o bullying, a violência é apenas um instrumento de intimidação. Para ele, a sua acção é correcta e, portanto, não se autocondena, o que não quer dizer que não sofra por isso.

O desenvolvimento da personalidade e da conduta infantil

Promovido

Dicas para economizar na compra de fraldas para bebês e crianças

  1. Capa
  2. Educação
  3. Bullying
  4. Causas do bullying escolar

Relacionados

BullyingBullyingBullyingEducaçãoBatatasEducaciónacoso assédio escolar escola bullying colégio violência infantil agressão lutas abuso verbal matrato psicológico bullying na escola

63 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsSaúdeLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Causas da obesidade infantil

Que é o que causa o excesso de peso infantil

Guiainfantil.com 15 de novembro de 2017

A obesidade infantil é considerada atualmente como a epidemia do século XXI, se os hábitos alimentares e o estilo de vida das famílias não remedian. Segundo os especialistas em temas de obesidade, as mudanças alimentares e as novas formas de vida sedentária são os principais fatores para o aumento da obesidade infantil.

A escolha dos alimentos por parte dos pais para fazer uma dieta equilibrada para toda a família e a realização de atividade física diária são os fatores que mais podem contribuir para que as crianças não apresentem excesso de peso.

Agora contamos quais são as causas da obesidade infantil.

Quais são as causas da obesidade infantil

A principal causa da obesidade infantil é que muitos pais têm que se dividir entre as várias tarefas, de trabalho e domésticos, e lhes é mais confortável de oferecer uma comida rápida para os seus filhos. Começam com os pães industriais, seguem os ‘nuggets’ (rebozados preparados de frango), e terminam com atenção e profissionalismo. Dia após dia, esses hábitos alimentares se tornam um mau hábito. As refeições são muito atraentes por sua aparência, mas não têm os nutrientes ou vitaminas necessárias para que as crianças cresçam fortes e saudáveis.

Para esses pais, normalmente, os que nunca têm tempo, o mais importante é saciar a fome de seus filhos, sem se preocupar se estão ou não comprometendo o futuro de sua saúde. Os pais, do mesmo modo que muitos avós, também pecam com a preocupação exagerada com a quantidade de comida que consomem as crianças. Oferecem-lhes alguns menus, sem considerar os controles quanto às gorduras, açúcares e outros componentes que só engordam. Existem mais informações sobre o tema, mas os hábitos continuam mudando para pior.

O ideal, segundo os especialistas, é que uma criança consumir cerca de duas mil calorias diárias e que, a metade delas, fosse coberta por hidratos de carbono, um terço das gorduras e o restante por proteínas. Mas, em vez de comer pão, arroz ou legumes, as crianças estão comendo doces, refrigerantes e guloseimas.

Sedentarismo e obesidade infantil

Além do consumo de alimentos com alto conteúdo em gorduras e açúcares, o sedentarismo de muitas crianças fazem mais obesos. O fato de praticar uma atividade física é essencial para o seu crescimento e a sua saúde. O estilo de vida que levam as crianças também mudou muito. A maioria das atividades se concentram em torno da tv, do computador e dos jogos eletrônicos. Muitas famílias, por falta de tempo ou por conforto, acabam deixando os filhos na frente da tv toda uma tarde, em vez de levá-los ao parque ou para qualquer outra atividade que lhes favoreçam.

Os jogos ao ar livre, os passeios, os esportes, etc., de cada dia são substituídos por atividades sedentárias. De acordo com as últimas pesquisas, as crianças espanhóis passam uma média de 2 horas e meia diárias assistindo televisão e meia hora jogando os jogos ou ligados à Rede.

Falta de atividade física em crianças

Existem, além do mau hábito alimentar e a falta de atividade física, que são os que lideram os motivos pelos quais a sociedade tem excesso de peso, outros fatores que determinam a obesidade infantil. Pode haver influências sociais, fisiológicas, metabólicas e genéticas. Uma criança com pais obesos, por exemplo, estará predisposta a ser obeso também. Seja por uma questão social, de mau hábito alimentar, ou pela genética. Também se pode apresentar obesidade em caso de que a criança sofra de algum distúrbio psicológico.

Fonte consultada
– Ministério da Saúde-Portugal

Dicas para prevenir a obesidade infantil

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Obesidade
  4. Causas da obesidade infantil

Relacionados

BebêsAlimentaçãoAlimentaçãoAlimentaçãoCozinha com criançasObesidade obesidade em crianças obesidade infantil menino gordo menino obeso sobrepeso em crianças mal nutrição infantil crianças com obesidade vida sedentário em crianças causas da obesidade infantil

25 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Punições e limites para as crianças

Como ensinar regras e a aplicação de limites às crianças?

Maria Luísa Ferrerós Psicóloga infantil11 de fevereiro de 2016

Muitos pais não sabemos o que fazer para que nossos filhos se proclamam bem, mas o que nós falhamos? Como conseguir que os filhos nos respeitem? A psicóloga infantil, Maria Luísa Ferrerós, autora do livro o Punido! Isso é necessário?, propõe alternativas educacionais inteligentes e eficazes para educar as crianças através de uma série de conselhos práticos, que deram lugar ao seu método, o método Ferrerós.

Chaves para educar com limites aos filhos

O que deixamos os pais na educação de nossos filhos?
A falha mais importante é a insegurança de não saber para onde vamos e experimentar coisas diferentes quando não funciona à primeira. O menino nota esta insegurança e convida-os a se comportar pior. Outro dos erros que temos é que os casais não vamos, como um computador. A criança capta o que a sua mãe não me deixa fazer, papai se.

Como podemos aplicar a disciplina aos filhos e quando devemos começar a colocar os limites?
Devemos começar desde o primeiro ano a colocar limites à criança, dizendo-lhe que não: “não toques, não suba, não desça’. É importante que o ‘não’ vá acompanhado de uma cara séria. Pensamos que a criança vai testando, vai brincando com a gente, mas quando ele vê que, perante a mesma coisa, responde da mesma maneira, que não e com cara séria, a criança, ao final, deixa de fazer o que não deve.
Os limites são interpretados de acordo com teu rosto e teu gesto. Há uma série de sinais não-verbais que acompanham e são muito importantes: o tom, a gravidade, a firmeza ou a atitude. Estar convencido é a base para que ele possa transmitir a sua criança reaja positivamente. A educação tem que começar o quanto antes melhor, sem adiar, porque nos plantarnos com um filho de 15 anos, e começar do 0 custa muito.

Podemos estabelecer uma conduta educativa baseada no caráter da criança?
Há crianças que são muito poderosos e muito fortes, que obedecem a limitações drásticas, ou com os que te hás de aborrecer muito para que ele faça efeito. E há outras crianças que o mesmo lhes destrói, depende da sensibilidade da criança. É isso que os pais temos que ser justos e agir com todos igual, quer dizer que temos de nos adaptar à sensibilidade de cada um, a sua maneira de ser, do seu medo, a sua teimosia.
As crianças que são muito sensíveis, não lhes fazem falta punições tão severas, eles podem fazer coisas de mais colaboração.

Autoritário, permissivo… que tipo de pai, devemos ser agora?
Um pai flexível, que se adapte à situação. Os extremos são sempre maus. O excesso de autoritarismo é tão ruim que o excesso de permissividade. Se você olhar, as crianças com conflitos de verdade vêm de famílias excessivamente permissivas, ou excessivamente autoritárias, por isso, o ideal é estar em um ponto médio.

Devemos negociar com os filhos? Como fazer para que a sociedade se esqueça do castigo físico?
Sou contra o castigo físico, porque realmente não leva a lado nenhum. A violência gera violência, e por aí não vamos bem.
Para ser um pai firme não precisa dar um empresa, se você tem claras as coisas e a criança não deixa passar uma, não faz falta. Há necessidade de que você esteja convencido e que tenha uma série de coisas que não são negociáveis e que a criança tenha claras. Mas isso não quer dizer que então a criança seja o rei da casa e faça o que lhe ganha.
Uma coisa é não-violência e a outra coisa é que não haja limites e que a criança possa fazer o que quiser, e não se pode porque na sociedade há limites e há regras e estas, educando as crianças para que vivam nessa sociedade.

Qual é a chave para educar com limites?
Há que se manter firme, sem ficar bravo, sem gritar, é que não faz falta! Se você tem claras as coisas, não há falta de tudo isso, há falta ler o livro, colocar as pilhas, que se rebatem as coisas e transmitir muita segurança. Não é fácil, mas é uma questão de autoconvencerse, de ter essa força mental de dizer: “eu vou poder com as crianças e eu já estou cansado de gritar, esta não é a forma”. Que a criança faz uma coisa porque tem uma conseqüência: as crianças estão desafiando todo o dia, “agora, pois, não te quero, eu vou sair de casa…”, eles vão te dizer de tudo, mas tudo isso são coisas, a criança não pensa, estão procurando para ver se tu te tambaleas. Quando o menino lhe diz isso, não te hás de inmutar, hás de dar-lhe segurança, sem entrar no seu jogo, você tem que pensar que a criança se esta fazendo, olhando para ver qual é o seu ponto e cada vez que quiser algo, ele o usará.

Marisol Novo.

10 erros a evitar na educação dos filhos

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Educação
  3. Punição
  4. Punições e limites para as crianças

Relacionados

Cozinha com criançasAbusoEducaçãoPuniçãoLimitesEducacióncastigos castigo castigo físico limites, regras, disciplina, esforço aprendizagem pais permissiva pais autoritários valores

23 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Jogo da corrida de sacos. Jogos para crianças

Jogos tradicionais para brincar com as crianças ao ar livre

Guiainfantil.com 19 de dezembro de 2014

A corrida de sacos, um jogo tradicional que as crianças têm jogado desde há vários séculos. Segundo parece, esta atividade poderia datar do século XVII, quando os fruticultores realizavam corridas depois do almoço.

Trata-Se de um jogo muito simples em que apenas se exige uma bolsa ou saco e bastante habilidade e equilíbrio das crianças. É um jogo clássico ideal para festas de aniversários, piqueniques, churrascos ou passar um dia divertido ao ar livre.

Como jogar corrida de sacos com as crianças

Para jogar as corridas de sacos, quanto mais crianças participem, vai ser mais divertido. Com este jogo, as crianças ejercitarán sua velocidade, o esforço e a resistência. É um jogo perfeito para que as crianças façam novos amigos, aprendam a compartilhar e melhorar a sua coordenação.

É assim que se joga para as corridas de sacos, passo-a-passo:

1 – As crianças devem colocar os pés dentro do saco ou bolsa e esperar que alguém dê a ordem de saída.

2 – Para iniciar a corrida, as crianças devem manter agarrado o saco com uma mão para evitar que ele caia abaixo dos joelhos e manter, enquanto o equilíbrio para poder saltar.

3 – Durante toda a carreira crianças deve ter os dois pés no saco até chegar à linha de chegada.

4 – Ganha quem chegar primeiro a linha de chegada.

Importante: As crianças devem jogar em uma superfície segura e sem muitos obstáculos, já que as quedas são inevitáveis

A corrida de sacos e crianças

Se você ainda não jogou as corridas de sacos com seu filho, é bom saber algo mais sobre esta atividade tão divertida:

  • Idade recomendada: a partir de 7 anos.
  • Onde jogar? a grama, o parque, a praia, para o jardim ou para campos de desporto.
  • Quantos participantes? mais de 2
  • Materiais necessários: sacos, sacos de tecido, sacos de batatas ou arroz, que llegen até o quadril de crianças.

Por que os pais devem brincar com as crianças

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Jogos
  4. Jogo da corrida de sacos. Jogos para crianças

Relacionados

EducaçãoBiscoitos e cupcakesBebêsObesidadeJogosJogosjogos para crianças, jogos ao ar livre, corrida de sacos, jogos com sacos jogos com sacos jogos tradicionais, jogos para aniversário

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Cardiopatias congênitas. Crianças com problemas de coração

Ajuda as crianças com problemas de coração

Amaya Saez Abogada31 de janeiro de 2018

Amaya Sáez, diretora da Fundação Pequenos Corações, uma fundação de ajuda a crianças com problemas de coração. Sua função abrange todos os aspectos, tanto psicológicos como sociais que possam afectar a estas famílias, a partir do momento em que eles descobrem que seu filho sofre de uma doença do coração. Os últimos avanços médicos para o tratamento das cardiopatias congênitas são os responsáveis de que a esperança de vida destas crianças atingido, 85 por cento.

As cardiopatias congênitas em bebês

O que é um sopro no coração?
É um ruído anormal do coração. Esse sopro pode ser funcional ou ser determinado por um defeito de nascimento no coração. Que um bebê tenha um sopro, não significa que sofra de uma doença. Há muitas crianças, que nas primeiras horas de vida, lhes diagnosticam um sopro e podem ter uma vida normal. Outra coisa diferente é que esse sopro resultar em uma doença, algo que se sabe ao realizar um eletrocardiograma e outros exames complementares, que podem justificar que existe um defeito de nascimento que tenha que ser operado ou necessite de outro tratamento. Na grande maioria dos casos, o sopro no coração costuma ser funcional e permite à criança fazer uma vida normal e, até mesmo, fazer esporte.

Qual é a diferença entre um sopro e uma arritmia cardíaca?
A arritmia cardíaca é uma mudança no ritmo normal do coração e pode ser um problema no sistema elétrico do coração, que se resolve com um marca-passo ou um desfibrilador. Não obstante, há de arritmias cardíacas, que não precisam de nenhum tratamento.

Quando é que se pode diagnosticar uma doença congênita em bebês?
Atualmente, quase 50 por cento dos casos de cardiopatias congênitas são diagnosticados no útero e o resto são diagnosticados nas primeiras horas de vida do recém-nascido.

Que sinais podem indicar aos pais que o seu filho tem um problema de coração?
Estas crianças tendem a se cansar mais o mamar do peito materno, suar mais que o normal, ou encontrar-se mais alterados. Não obstante, o melhor é consultar o seu pediatra.

Quais são os últimos avanços médicos em relação ao diagnóstico e tratamento de doenças congênitas?
O diagnóstico precoce útero tem sido um grande avanço. Nos últimos 20 anos, também se avançou muito nas técnicas de cirurgia cardíaca pediátrica e na questão dos transplantes. Quando a doença congênita é tão complexa que não pode ser operado, a alternativa é o transplante de coração. As técnicas de imagem para ver o coração por dentro é outro dos avanços mais importantes, que permitem que os cirurgiões pautar-se antes, durante e após a cirurgia. Antes o índice de sobrevivência de crianças com cardiopatias congênitas estava em torno de 10% e agora subiu até 85 por cento.

Quais são os tratamentos para bebês e crianças com cardiopatias congênitas?
Em alguns casos, o tratamento é medicamentoso, mas na maioria das doenças cardíacas, o tratamento é cirúrgico. O objetivo é tentar fazer com que esse coração se assemelha a um coração normal.

Quais são as expectativas de crianças que foram apreendidas?
Há que ter em conta que, se há 40 anos, nacías com uma doença complexa, não tinha solução. Entendemos que, atualmente, estas crianças operados vivem e têm uma boa qualidade de vida. O que não sabemos é como vai reagir o seu coração operado na idade adulta ou na velhice, porque agora existem muito poucos adultos com o coração operado na infância.

Qual é o tempo médio de espera de um menino para um transplante de coração?
Depende, desde logo, não há muitos corações. Vêm de filhos mortos em acidentes, em geral, e costumam esperar meses e até um ano. Todavia, no que respeita à espera, há que dizer que, graças ao coração artificial, estas crianças podem esperar sem risco. Ligados à máquina, que faz as funções de um coração, as crianças que antes não podiam esperar um transplante, agora podem ficar no hospital até que chegue o momento de sua intervenção, o que abriu uma nova porta para a esperança de vida destas crianças.

Você pode fazer esporte quando se sofre de uma doença do coração?
As crianças com cardiopatias congênitas têm que fazer esporte, um tipo de esporte adaptado. Os cardiologistas recomendam a prática esportiva para a integração de crianças com doenças cardíacas.

Você deve sobreproteger a crianças com doenças cardíacas?
O tema da sobreprotección o tratamos muito entre as famílias e os nossos psicólogos porque é preciso alcançar um equilíbrio. A criança deve tentar levar uma vida normal e colocar em seu lugar a doença, sem dar-lhe mais importância do que tem ou restársela. No seio familiar, quando há outros irmãos, é preferível tentar que haja poucas diferenças de tratamento para que a criança não se sinta diferente.

Quais são as autolimitaciones que devem ter em conta as crianças com cardiopatias em sua vida cotidiana?
As crianças devem estar integrados na escola e realizar suas atividades esportivas e de lazer de forma normal. Em cada caso, deve ser o cardiologista quem determina que tipo de esporte é o mais adequado. Desde a Fundação, tentamos promover os programas de adaptação curricular, dentro da atividade esportiva, para que não se sintam discriminados.

Marisol Novo.

14 de fevereiro. Dia mundial das cardiopatias congênitas

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Doenças infantis
  4. Cardiopatias congênitas. Crianças com problemas de coração

Relacionados

Doenças infantisCardiopatiasCozinha com criançasCardiopatiasBebêsDoenças infantilescorazónsoplo no corazóncardiopatíascardiopatías congénitastransplante de corazónproblemas de corazónarritmia cardiacaarritmia

4 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Cardiopatias congênitas em bebês e crianças

As doenças do coração, mais frequentes em bebés e crianças

Guiainfantil.com 12 de fevereiro de 2016

Segundo a Fundação Espanhola do Coração e da Sociedade Espanhola de Cardiologia, as doenças cardíacas congênitasmais comuns em bebês e crianças são a comunicação interventricular (CIVIL.), a tetralogia de Fallot e a comunicação interauricular (CIA). O diagnóstico precoce é fundamental para o tratamento destas doenças do coração, cujo prognóstico é cada dia mais favorável devido aos avanços em cirurgia.

Os tipos de doenças cardíacas mais frequentes em bebés e crianças

1. Comunicação interventricular no bebê

É a doença crônica mais freqüente ao nascer, e consiste na presença de um orifício que comunica os dois ventrículos.

Causas. Desconhece-Se a causa exata, mas ter antecedentes familiares de defeitos cardíacos pode constituir um fator de risco.

Sintomas. Dependem do tamanho do orifico da CIVIL. mais do que de sua localização. Se o furo for pequeno, o paciente não apresenta sintomas em toda a sua vida, apenas um sopro cardíaco muito atraente, quando o seu médico lhe explore. Mas quando o defeito é grande, ocorre insuficiência cardíaca, fadiga, sudorese, baixo crescimento e sopro cardíaco. Neste caso, se o paciente não é tratado adequadamente, pode ocorrer hipertensão pulmonar, dificuldade respiratória e cianose (dedos e lábios roxos).

Tratamento. A CIVIL. você pode fechar de forma espontânea em até 40 por cento dos casos, em sua maior parte, nos primeiros 6 meses de vida. O tratamento depende do tamanho da CIVIL.. As CIVIL. pequenas e não causam sintomas e não necessita de tratamento. Muitas tendem a fechar-se com o tempo e também se tornam mais pequenas, proporcionalmente ao aumento do tamanho do coração. Convém examiná-las periodicamente, e geralmente não precisar tratamento reparador na vida adulta. Os pacientes podem fazer uma vida completamente normal. A CIVIL. de grande tamanho dá sintomas no bebê, e além do tratamento para a insuficiência cardíaca, há que realizar o fechamento cirúrgico do padrão min. É aconselhável intervir a partir do sexto mês de vida (mortalidade é de 20 por cento no primeiro mês e até o 2-3 por cento após o sexto mês de vida). Não é conveniente adiar a cirurgia após os dois anos de idade, pelo risco de desenvolver hipertensão pulmonar grave e incurável.

2. Tetralogia de Fallot no bebê

É uma doença congênita complexa que inclui comunicação interventricular, estenose da artéria pulmonar, amada ideal de aorta (a artéria aorta não sai do ventrículo esquerdo, se não que o torna acima de comunicação interventricular, ou seja, entre o ventrículo direito e o esquerdo) e hipertrofia do ventrículo direito (o ventrículo direito está endurecido pelo aumento da carga de trabalho).

Causas. Esta patologia está associada ao consumo excessivo de álcool durante a gravidez, o padecimento de rubéola durante a gestação, a uma má alimentação durante a gravidez e o consumo de medicamentos para controlar as convulsões e a diabetes.

Sintomas. Mas há pacientes assintomáticos, a maioria apresenta cianose desde o nascimento, com diminuição da tolerância ao esforço, espessamento da extremidade dos dedos e crise hipoxémicas pela diminuição da oxigenação do sangue diante de determinados estímulos, como o choro ou dor.

Tratamento. O tratamento cirúrgico pode obter a correção total desta doença congênita. Recomenda-Se assim que é diagnosticada a criança, embora este seja um bebê, pois o prognóstico destes paciente é muito ruim, sem cirurgia e melhora claramente a longo prazo após a cirurgia reparadora. Apenas 6 por cento dos pacientes não operados chegaram a completar 30 anos, e apenas 3 por cento foram cumpridos os 40 anos. De crianças operados, com bom resultado, a maioria chegam a adultos, fazendo uma vida relativamente normal. Uma pequena porcentagem de pacientes pode ter, depois de muitos anos, algumas complicações como arritmias ou insuficiência cardíaca por disfunção do miocárdio.

3. Comunicação interauricular (CIA)

Durante a formação do feto, há uma abertura entre os átrios esquerdo e direito (câmaras superiores do coração. Geralmente, esse orifício é fechado logo depois do nascimento. Se não se fecha totalmente, o problema é chamado de CIA tipo óstio secundum. A CIA tipo óstio secundum é o tipo mais comum de CIA. Outros tipos são da CIA tipo óstio siderurgia e da CIA tipo seio venoso. Cada tipo de CIA está relacionado com um orifício em uma parte diferente do septo interauricular.

Causas. A causa desta doença é desconhecida, e geralmente não é genética, ou seja, não é uma doença que se herda dos pais.

Sintomas. Em alguns casos, os bebês ou crianças não têm sintomas, mas, outros, podem apresentar fadiga, transpiração, respiração rápida, dificuldade para respirar, crescimento deficiente, cansaço com o exercício, palpitações e infecções respiratórias frequentes.

Tratamento. O tratamento de primeira escolha é a cirurgia. Nos últimos anos, foram desenvolvidos dispositivos de fecho da comunicação interauricular através de cateteres (em caso de furos pequenos). Esta técnica permite que seu implante sem cirurgia através de punção da veia femoral. Quando se realiza um diagnóstico precoce e uma reparação da CIA, o resultado geralmente é bom e é necessário um acompanhamento mínimo. Se você é diagnosticado tarde ou ocorrerem complicações após a intervenção, as perspectivas são, em geral, são tão boas.

Marisol Novo.

14 de fevereiro. Dia mundial das cardiopatias congênitas

Promovido

Dicas para economizar na compra de fraldas para bebês e crianças

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Doenças infantis
  4. Cardiopatias congênitas em bebês e crianças

Relacionados

Doenças infantisDoenças infantisDoenças infantisCardiopatiasAniversárioSaludcardiopatías sopro no coração cardiopatias congênitas coração, doença, doença do coração 14 de fevereiro

33 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Candidíase. Uma infecção na boca

Infecções da boca das crianças

Guiainfantil.com 28 de julho de 2015

A candidíase é uma infecção que afeta a mucosa bucal (muguet), dando lesões de coloração esbranquiçada semelhantes a grãos de sêmola. Também pode afetar a área da fralda.

A candidíase oral é causada por um fungo chamado Candida albicans, que vive na boca e geralmente é mantido à distância por organismos saudáveis que também vivem ali. No entanto, quando a resistência à infecção é baixa, o fungo pode crescer, levando a que se apresentem lesões na boca e a língua.

Causas da candidíase em crianças e bebês

O fungo Candida albicans, que é muito difundido na natureza, você pode ficar em bicos de mamadeira e contaminar o bebê. Outra forma de contágio costuma ser durante a passagem pelo canal do parto, se a mãe sofria de uma vaginite candidiásica.

Existem, além disso, circunstâncias que podem diminuir a resistência à infecção e aumentar as chances de desenvolver candidíase bucal:

  • Tomar antibióticos ou usar medicamentos esteróides.
  • Ter infecção por HIV ou SIDA.
  • Receber quimioterapia para o câncer ou medicamentos imunossupressores depois de um transplante de um órgão.
  • Para quem tem diabetes.

A candidíase oral é observado comumente em bebês e não é considerada anormal para eles a menos que dure por mais de duas semanas. A Candida albicans também pode causar infecção por fungos na vagina da menina.

Tratamento da candidíase em crianças e bebês

No caso de que a mãe sofra de uma vaginite candidiásica, a criança deve ser tratado imediatamente após o nascimento com um antifúngico. As lesões da boca e dos glúteos desaparecem, geralmente, com soluções típicas de violeta de genciana.

A candidíase bucal em bebês pode ser dolorosa, mas raramente é grave. Devido ao desconforto e pode interferir com o processo de alimentação e, se não se resolve espontaneamente em duas semanas, deve ligar para o pediatra.

Consulte outras doenças:

Higiene dental em crianças

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Doenças infantis
  4. Candidíase. Uma infecção na boca

Relacionados

AlimentaçãoDoenças infantisEtapasDenteSanduíches e lanchesEducacióninfección fungos infecção bucal lesões que é candidíase crianças e bebês baby sintomas da candidíase cura da candidíase infantil

33 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Infecções durante a gravidez

Sintomas e tratamento de candidíase vaginal em mulheres grávidas

Sara Cañamero de Leão Matrona20 de janeiro de 2015

A candidíase vaginal é uma infecção vaginal causada por um fungo do gênero cândida, e, em particular, a candida albicans. Esta vaginite é bastante comum em mulheres grávidas. A infecção ocorre quando há uma alteração entre todos os microrganismos que habitam normalmente em nossas mucosas.

Durante a gravidez, estrogênio estão elevados e causam em que a mulher produza mais glicogênio (que alimenta os fungos), e isto, por sua vez, faz com que cresçam lá. Além disso, pensa-se que os estrógenos podem fazer não só que os cogumelos cresçam mais rápidos, mas que além de aderir com maior facilidade, as paredes da mucosa vaginal.

Por que aparece a candidíase na gravidez

Além de ser favorecido pelo aumento de estrogênio, é mais provável que contraigas candidíase vaginal se toma antibióticos, especialmente se os consome com freqüência ou durante um longo período de tempo. Isso acontece porque esses medicamentos, além de matar as bactérias que estão combatendo, podem afetar as bactérias que normalmente protegem a vagina, o que permite que os fungos candida, excessivamente.

Sintomas da candidíase em mulheres grávidas

– Coceira, irritação, dor, ardor e vermelhidão na vagina e os lábios vaginais e, às vezes, inchaço.

– Um fluxo vaginal sanitário que, muitas vezes, é de cor branca, creme, ou de consistência semelhante ao leite coalhada ou iogurte

– Desconforto ou dor durante as relações sexuais.

– Ardor ao urinar quando a urina que atinge os genitais já irritada.

Tratamento da candidíase durante a gestação

Se acha que tem candidíase vaginal, diga ao seu médico ou parteira. Este toma uma amostra do corrimento vaginal, o analisará para confirmar o diagnóstico e determinar se há outras causas que possam estar causando os sintomas.

É possível que se prescreve um medicamento antifúngico tópico para aplicá-la de acordo com as recomendações que te; no entanto, você pode tomar as seguintes medidas, que vos ajudarão a melhorar os sintomas:

– Toma probióticos orais (substâncias que ajudam a repor a flora normal em seu organismo), também valem iogurtes, picles…

-Límpiate sempre de trás para a frente depois de urinar e evacuar.

-Retire imediatamente a roupa de banho molhada depois de nadar.

-Não abuses da higiene, com sabonetes na zona genital, já que poderiam irritarte mais.

-Tentar arejar a área, usando calcinhas de algodão e ajustando-as as vezes que precisar para que não fique úmida da região. Você pode desfrutar de momentos sem calcinha.

-Não te automediques.

-É contagioso, evitar o coito durante o surto ou se deseja manter relações sexuais fazê-lo com preservativo.

Provavelmente dentro de alguns dias de tratamento, até que você começar a sentir alívio. Se a medicação se irrita ou parece não produzir nenhum efeito, diz o médico. Possivelmente você tenha que prescrever um medicamento diferente. Certifique-se de terminar todo o tratamento para garantir que a infecção desapareça.

Como afeta a saúde do bebê

A candidíase vaginal não prejudicará ou afetará o seu bebê durante a gravidez. No entanto, se tiver uma infecção durante o momento do parto, existe a possibilidade de que o bebê contraia. Se a contrai, podem salirle fungos do gênero candida na boca, o que é conhecido como muguet ou candidíase oral.

Que provas médicas são feitas para as grávidas

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Desconforto
  4. Infecções durante a gravidez

Relacionados

GravidezGravidezGravidezGravidezGravidezMolestiascandidiasis candidíase vaginal gravidez de candidíase grávidas gravidez grávidas infecção por fungos Sara Cañamero

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Música de feliz aniversário em ritmo de samba

Vídeo da canção Aniversário Feliz, com Traposo para a festa das crianças

Vilma MedinaDirectora de Guiainfantil.com17 de agosto de 2018

Canta-se o Aniversário Feliz com o animal de estimação de Guiainfantil.como urso Traposo. Canta e dança essa música tradicional em ritmo de samba com Traposo, para felicitar o aniversário das crianças, de uma forma original e divertida. Segue o vídeo e faça ainda mais especial o dia do aniversário de seus filhos.

Através dos vídeos de Traposo, as crianças podem aprender e tentar responder a adivinhação, ouvir piadas e rir um monte. Podem também seguir alguns trava-línguas, ouvir contos para crianças, aprender inglês, cantar músicas infantis e muitas coisas mais.

Se quiser, aqui também pode encontrar a letra da canção de feliz aniversário

Música: Marcos Martinez
Animação/ realização: Ainhoa Ferragud

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Canções para crianças
  4. Música de feliz aniversário em ritmo de samba

Relacionados

AniversárioAniversárioAniversárioBebêsTortas e bolosinfantilesOso Traposocanciones infantilescumpleañoscumpleaños felizcanción cumpleañostrapososambabailarmúsica para aniversário

4 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Canções populares de sempre para crianças

Em Guiainfantil.como nós mostramos uma seleção de canções populares de sempre para as crianças. Trata-Se de letras de canções tradicionais, que passaram de pais para filhos e que agora você pode cantar com a sua família.

Trata-Se de uma lista de canções infantis tradicionais, para que os seus filhos passem um tempo divertido. Se você não se lembra bem a letra ou a melodia não se preocupe, nós te oferecemos para que você possa cantar com seus filhos.

Escolha a música que você mais gosta e passar um tempo divertido dançando e cantando com seus filhos. Será muito divertido!

Serragem aserrán. Serragem, aserrán é uma canção popular que já cantavam os avós, e é típica da noite de São João. Uma canção para cantar para os bebês e para as crianças. Guiainfantil.com oferece-nos a letra da canção Serragem, aserrán para que os pais ou professores aprendam e cante com as crianças.

Olá, Dom Anotações. Canção infantil. Olá Don Anotações, olá José. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: letra da música e vídeo da canção Olá Don Anotações Olá José.

feliz Aniversário. Letra da canção de feliz Aniversário para felicitar o aniversário aos seus entes queridos. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Um elefante. Um elefante se balançava, sobre a teia de uma aranha. Dois elefantes… Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Estrela onde você está. Canção da estrela, onde estas. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

O senhor Dom Gato. O senhor dom Gato é uma canção tradicional que tem passado de geração em geração e que se diverte muito com as crianças. Uma canção com rimas para cantar em família. Guiainfantil.com apresenta uma seleção das melhores músicas infantis recomendadas pelos pais.

O corro da batata. Canção infantil, corro da batata. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Música para crianças, letras de músicas.

Ao passar a barca. Canção infantil Ao passar a barca. Guiainfantil.com nos traz as letras das melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. letra de O passar a barca. Música para crianças e para toda a família.

Passe misí, passe misá. Canta a música Passe misí, passe misá, com Guiainfantil.com. Letra das músicas infantis mais conhecidas. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Cu na mitologia cantava o sapo. Letra da canção Cu cu cantava o sapo. Guiainfantil.com oferece músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

O cocherito. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Não perca as letras de cada uma delas. Na ocasião, a letra de O cocherito.

Vamos contar mentiras. Letras de músicas para crianças. Vamos contar mentiras. Uma canção infantil para que os pais ensinem e eduquem seus filhos contra a mentira. Guiainfantil.com oferece-lhes as letras das canções preferidas das crianças.

eu Sou a rainha dos mares. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: letra e vídeo da música eu Sou a rainha dos mares. Músicas infantis para bebês e crianças, entretenimento, cantar, divirta-se com as crianças

Na floresta da china. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: letra da música e vídeo para a música na floresta da china. Músicas infantis para bebês e crianças, entretenimento, cantar, divirta-se com as crianças

Os patinhos. Letra da canção para crianças: Os Patinhos. Guiainfantil.com traz músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Calçado por trás. Letra da canção a Sapatilha por trás, para que pais e filhos possam cantar e desfrutar de um momento divertido juntos. Guiainfantil.com selecionou as letras das músicas infantis mais famosas.

Os pintos. Letra da canção infantil: Os pintos. Guiainfantil.com apresenta a letra da canção Dos pintos dizem, para que os pais possam se divertir com seus filhos. No Guiainfantil.com você vai encontrar a letra da canção Dos pintos. Músicas Infantis para bebês e crianças.

eu Tenho, tenho, tenho. Letra da canção eu Tenho, tenho, tenho, para crianças. Guiainfantil.com oferece-nos a letra desta canção infantil para que pais e filhos possam cantar e passar um momento divertido, juntos. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Que chova. Aprenda a letra da canção Que chova, chova, em Guiainfantil.com. Canções infantis populares. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Abaixo de um botão. Letra da canção infantil: Abaixo de um botão. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

eu Tenho uma boneca. Letra da canção infantil: eu Tenho uma boneca. Guiainfantil.com traz músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

eu Vejo, eu vejo. Conheça a letra da canção infantil Vejo Vejo e canta com seus filhos. Aprenda a cantar eu Vejo eu Vejo com a letra da canção. Guiainfantil.com publicou uma seleção de músicas para crianças, com suas respectivas letras.

Cinto sapo cururu. Letra da canção infantil: Cinco sapo cururu. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: Cinco sapo cururu.

A vaca leiteira. Música para crianças: A vaca leiteira. Guiainfantil.com nos ensina a letra e o vídeo da música Da vaca leiteira. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Músicas para brincar com o bebê no colo

Jogos para o bebê no colo de seus pais

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe07 de janeiro de 2015

Os jogos de colo já os utilizavam as nossas avós, de nossas avós com seus bebês para, talvez, sem o saber, aprofundar o vínculo com seu filho, a fim de estabelecer uma comunicação pessoal com o pequeno, para estimular a interação com seu bebê ou para potencializar o contato visual e a aprendizagem da criança através destas canções e jogos. Também, pode ser que a razão fosse, simplesmente, para se divertir e fazer rir ao bebê.

As músicas para brincar com o bebê no colo, não são outras que as melodias tradicionais que, com ligeiras variações na letra, que são utilizadas por pais em muitos países do mundo, enquanto balançando, balançando ou fazem cócegas no menino.

Músicas de colo para bebês

Colocar o bebê no colo é um ato muito normal que os pais fazemos diariamente com seus bebês por múltiplas razões: para dar-lhes de comer, para ler um conto, para falar com eles ou para sujetarles se você ainda não sabem andar. Além disso, podemos acomodar as crianças no nosso colo para jogar e cantar.

Serragem: colocamos o bebê em nosso colo, olhando para nós, nós pegamos as mãozinhas e vamos meciéndolo para frente e para trás enquanto entonamos esta cantiga.Segundo o bebê vá fazendo-se maior, o rolamento também pode ser mais exagerado. As crianças gostam de quase ficar de bruços.

Serragem, aserrán,
as árvores de São João,
pedem pão não lhe dão,
pedem o queijo dão um osso,
pedem vinho, se lhe dão,
se marean e se vão.

A canção das mãozinhas: sentamos ao bebê em nossos joelhos podemos colocar tanto a ver para onde estamos nós, como para o lado contrário, e nós colocamos nossas mãos, ao alcance de sua visão enquanto fazemos o que indica a música.

Pouco a pouco, também pode repetir os gestos.

Saco uma manita a faço dançar,
A fecho, abro e vou guardar
Saco outra manita a faço dançar,
A fecho, abro e vou guardar
Saco com as duas mãozinhas das faço dançar,
Os fecho, abro e vou guardar.

Palmas malmitas: a criança senta-se no nosso colo, olhando para nós ou também podemos pôr em sentido contrário. Ele pegou na dentadura e ajudamos a aplaudir.

Pouco a pouco, tentaremos que ele sozinho aplauda. Ao fim da música, podemos fazer algumas cócegas na barriga do bebê, da próxima vez que você cantar a música de espera com um sorriso, o momento das cócegas.

Palmas, palmitas,
figos e castañitas,
açúcar e nougat
para meu filho/a.

Cinco sapo cururu: sentamos ao bebê no colo, olhando para nós e mover a mão para um lado e para outro, enquanto nós cantamos essa música.

Cinco sapo cururu
tem a loba,
cinco sapo cururu,
atrás da vassoura.
Cinco sapo cururu,
cinco deu à luz,
cinco críó,
e aos cinco,
os cinco
tetita lhes deu.

A música do pônei: com o bebê ou a criança em nossos joelhos e olhando para nós a cara, começamos a cantar a música enquanto elevamos as pernas para cima e para baixo com cuidado.

Segundo digamos, ao passo, ao trote ou a galope, mover as pernas com mais velocidade. O bebê vai querer repetir uma e outra vez a canção do futebol, e além disso, você pode ir aprendendo a diferença entre velocidade lenta e rápida.

Em um cavalo cinza (nome da criança) foi para Paris,
ao passo, passo, passo…
ao trote, o trote, o trote…
a galope, a galope, a galope…

Cinco Sapo Cururu. Karaoke de Traposo em Guiainfantil

Promovido

Dicas para economizar na compra de fraldas para bebês e crianças

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Canções para crianças
  4. Músicas para brincar com o bebê no colo

Relacionados

BebêsBebêsBebêsMúsicas para criançasMúsicas para criançasAprendizajecanciones para bebês músicas de colo jogos de colo bebê no colo cantar para o bebê brincar com o bebê

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsSaúdeLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Músicas para o sono do bebê

Guiainfantil.com 17 de março de 2015

Quando estava na faculdade, não me imaginava a minha mesma cantando uma canção de embalar meu bebê, provavelmente porque ouvia outro tipo de música. Mas, desde então, que não podia prever é que eu inventara uma babá para ele. Essa canção surgiu de repente, ele se articulou em minha garganta e foi hilvanando à medida que acurrucaba meu bebê, ele olhava, me sorria, viu-o à vontade e cada vez mais reconfortado entre meus braços.

O bebê reconhece o tom de voz de sua mãe

No início, não tinha letra, era apenas uma melodia, um ritmo musical, que sem palavras, passava a estrofe do refrão e depois voltava a se repetir. Com o tempo foi adquirindo forma e acabei usando-a como recurso para momentos difíceis em que eu notei que o meu bebê estava realmente desconfortável, porque nesse dia lhe tinham posto as vacinas, estava malito ou tão cansado e excitado a cada vez, como costumava ocorrer no dia de seu aniversário, que não podia conciliar o sono facilmente.

Aquela música que eu funcionava como se fosse um talismã, capaz de tranquilizar e relaxar com o meu filho. Tornou-Se o melhor antídoto contra o nervosismo, o stress, as dores e dores, e a melhor medicina para proporcionar paz e calma para o meu bebê. E é que a música é um dos melhores canais para se conectar com o bebê, mesmo antes de nascer. Diferentes estudos têm demonstrado o poder da música sobre os futuros recém-nascidos, já que os bebês podem se lembrar das músicas que ouvem dentro do ventre materno, ao menos durante o primeiro ano, e associam a música com um período de paz e tranquilidade.

A partir da semana 20 de gravidez, o bebê é capaz de ouvir e, por este motivo, pode reconhecer facilmente o tom de voz materna e a musicalidade de sua voz. Este som familiar funciona para ele como uma referência de paz e tranquilidade, que devemos aproveitar da gravidez, dedicar um momento do dia para ouvir música suave e a cantarolar as músicas ou cantarlas para explorar o potencial comunicativo que nos oferece a música. Deste modo, o bebê deve receber nosso estado de ânimo.

Estou convencida de que as mães temos um sexto sentido para as situações difíceis com as crianças e fazemos um pouco de magia, quando se trata de mudar situações ou enfrentar problemas com o nosso bebê. Esse vínculo afetivo tão especial que se cria entre mãe e filho é o que faz muitas pessoas se perguntar, como você faz isso? qual é o seu segredo? Alimenta o seu segredo, a música te ajuda.

Marisol Novo. Redatora de Guiainfantil.com

Música para aprender inglês: Five Little Monkeys

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Bebês
  3. Músicas para o sono do bebê

Relacionados

Músicas para criançasMúsicas para criançasMúsicas para criançasBebêsEducaçãoBebéscanciones para crianças cantar com as crianças músicas em inglês música para crianças canções para crianças música infantil nano

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Canções para crianças. Canções para crianças

Guiainfantil.com ele nos traz uma seleção das melhores músicas para crianças. Saiba a letra de todas as melhores músicas para crianças, e canta com seus filhos. A música traz grandes benefícios para as crianças: faz com que a criança desenvolva habilidades de linguagem, aumente sua auto-estima, e desperta a sua alegria. Além disso, a música sobre as crianças para as outras crianças e a sua família.

Cada um de nós tem impregnado em sua memória aquela música que nos ajudou a multiplicar, a memorizar algum conceito, que nos contava alguma fábula ou que simplesmente nos ajudando a compartilhar e desfrutar de um momento diário com a família e amigos. Pensando nisso, Guiainfantil.com selecionou várias canções para ajudar os pais a enseñárselas seus filhos.

Também selecionamos vídeos de músicas infantis recomendados pelos pais, para que possa desfrutar e dançar com seu filho. E se você ou algum familiar conhece outra música infantil, não deixe de enviar-nos a: Nova música infantil!

Aqui você tem uma lista de músicas que mais gosta para as crianças e bebês, uma lista de canções populares para que cantéis em família. Vamos cantar!

Músicas de sempre. Em Guiainfantil.como te ensinamos uma selecciión de canções populares de sempre para as crianças. Trata-Se de letras de canções tradicionais, que passaram de pais para filhos e que agora você pode cantar com a sua família.

para crianças de Traposo. As músicas para crianças divertem e educam as crianças, ajudá-los a desenvolver-se psicologicamente, dançando e melhoram também a sua coordenação. Com as músicas de Traposo seu filho pode cantar e dançar e se divertir. Ensina a teu filho música com a ajuda de nosso animal de estimação.

Faixas curtas. No Guiainfantil.com oferecemos uma seleção de canções curtas, fáceis e divertidas para crianças. Podem aprendérselas de forma simples, uma vez que são músicas curtas e muito cativantes. Conheça as letras das músicas curtas para crianças, fáceis de aprender. Uma coletânea de canções infantis curtas perfeito para os bebês e crianças da casa.

Músicas de animais. As crianças adoram as músicas de animais, não só os ajudam a conhecer melhor o reino animal, mas também ampliam seu vocabulário. No Guiainfantil.com oferecemos algumas das músicas de animais mais populares para crianças.

Músicas para dançar. No Guiainfantil.com oferecemos uma seleção de músicas para crianças com as quais as crianças podem dançar, enquanto cantam, além de se divertir estarão realizando exercício físico quase sem se dar conta.

Karaoke do urso Traposo. Karaoke do Urso Traposo. Canções para crianças. O Karaoke é uma fórmula ideal para que as crianças se divirtam, entertain e aprender. Urso Traposo, apresenta-nos o karaoke de músicas infantis que mais gosta de crianças.

sobre pais. Canções para crianças dedicadas aos pais. Letras de músicas que falam dos pais. Canções para crianças. Letras de músicas para crianças. Oferecemos uma lista de canções infantis divertidas e alegres, cujos protagonistas são os pais. São músicas para cantar para o pai no Dia do Pai.

Músicas de colo. Os jogos e cancioens de colo já os utilizavam nossas avós com seus bebês para, fortalecer o vínculo entre mãe e filho, para estabelecer uma comunicação pessoal entre ambos, para estimular a interação com seu bebê ou para potencializar o contato visual e a aprendizagem da criança através dele.

Canções de ninar. Canções de ninar para os bebês e as crianças. Músicas infantis para dormir, a seus filhos. Canções de ninar para as crianças irem dormir e tenha um bom sono. Nano e canções de ninar para seus filhos.

sobre mães. Músicas tradicionais para crianças que falam de mães. Temas musicais para crianças. Músicas para o Dia das Mães. Homenagem às mães.

a escola. Aprenda a letra das 9 músicas do colégio, mais conhecidas pelas crianças. Relembra as canções infantis que sempre cantaram na sala de aula. São canções de dias bons, músicas para a despedida, músicas para aprender ou simplesmente para que as crianças dançar e passar um tempo divertido.

Canções de Natal. Canções de Natal para que a noite de natal seja mais alegre e animada com as crianças. GuiaInfantil.com escolheu as melhores músicas de Natal para toda a família e os amigos compartilhem mensagens de esperança e de paz.

Músicas em inglês. Músicas em inglês para crianças. Canções infantis tradicionais, educacionais, de animais ou com coreografia, para que as crianças aprendam inglês. Aprender inglês com as crianças através da música e das canções.

Canções em francês. As canções de ninar são um excelente veículo para que as crianças se familiarizem com outro idioma e aprender novo vocabulário. Em Guiainfantil oferecemos várias canções populares francesas para que seus filhos aprendam o idioma.

para aprender o instrumento. No Guiainfantil.com propomos-lhe uma ideia original para que as crianças aprendam os diferentes instrumentos musicais, com canções. Seus filhos poderão aprender como é uma guitarra, e como soa através destas divertidas canções. Também o triângulo ou o tambor.

Músicas infantis para dançar e cantar

Existem um sem fim de músicas com as quais, além de cantar com as crianças, nós podemos dançar, e é que são músicas com as quais podemos ir movendo as mãos, os pés, ou o corpo, conforme nos indica a música.

No Guiainfantil.com oferecemos uma seleção de músicas para crianças com as quais as crianças podem dançar, enquanto cantam , além de se divertir estarão realizando exercício físico quase sem se dar conta. Você também encontrará canções com gestos para bebês, ideais para estimularles.

Aqui você tem uma lista de músicas para dançar muito engraçadas e divertidas com que o seu filho poderá levar o ritmo enquanto canta. São músicas com as quais você pode também saltar para a curvatura ou jogar com amigos.

Serragem, aserrán. Serragem, aserrán é uma canção popular que já cantavam os avós, e é típica da noite de São João. Uma canção para cantar para os bebês e para as crianças. Guiainfantil.com oferece-nos a letra da canção Serragem, aserrán para que os pais ou professores aprendam e cante com as crianças.

Pin pon. Aprenda a cantar Pin Pon é um boneco, muito bonito e de papelão… Guiainfantil.com nos ensina a letra de músicas Infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Palmas palmitas. Letra de Palmas, Palmitas. Guiainfantil.com selecionou canções infantis para bebês e crianças. Na ocasião, oferece-nos a letra de Palmas palmitas, uma das canções preferidas dos bebês.

No corro da batata. Canção infantil, corro da batata. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Música para crianças, letras de músicas.

Head, shoulders, knees and toes. No Guiainfantil.com você pode encontrar músicas para aprender e ensinar inglês com as crianças. Aprenda as partes do corpo em inglês. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Calçado por trás. Letra da canção a Sapatilha por trás, para que pais e filhos possam cantar e desfrutar de um momento divertido juntos. Guiainfantil.com selecionou as letras das músicas infantis mais famosas.

Ao passar o trébole. Letra da canção infantil Ao passar o trébole. Guiainfantil.com traz músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

A arca de Noé. Música da arca de Noé. Guiainfantil.com nos oferece as letras de músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

O cocherito. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Não perca as letras de cada uma delas. Na ocasião, a letra de O cocherito.

Saco uma manita. Esta canção, ‘Saco uma manita’ é muito utilizada em creches e escolas infantis para ensinar as crianças entre 1 e 3 anos para melhorar a sua memória, através da repetição de esta pequena poesia cantada, e também para melhorar a sua psicomotricidade

Ativado Era Chato. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças em inglês para que os pais possam desfrutar com seus filhos, e aprender idiomas de uma maneira simples: Ativado era chato. Músicas para dançar em inglês.

Sou um copo. Letra eu Sou um copo, uma canção infantil para dançar e cantar com as crianças. Guiainfantil.com escolheu a letra de músicas infantis para bebês e crianças. As melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Cinco sapo cururu. Letra da canção infantil: Cinco sapo cururu. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: Cinco sapo cururu.

Creme para Deixar a Pele mais Jovem

O Debate Sobre o Creme para Deixar a Pele mais Jovem

Faz sensação de pele macia e suave como a seda. Também melhorá-lo brilho, firmeza e tom para um calouro, mais suave mais revitalizada pele jovem. Todo mundo quer maravilhosamente suave, perfeito procuram pele. Com isso temos a certeza que dermacaps funciona .

O Segredo Perdido de Creme para Deixar a Pele mais Jovem

Com uma melhor hidratação, a pele pode se recuperar, e a criação de células acelera, o que assessores na inversão de indícios de maturação, por exemplo, as rugas e as diferenças escassos. ele sofre a divisão celular durante a noite, tornando-se um tempo ideal para aplicar produtos que ajudam a fortalecer a pele ”, diz Joshua Zeichner, MD, diretor de Cosméticos e Pesquisa Clínica do Hospital Mount Sinai, em Nova York. Portanto, certifique-se sempre usar uma maquiagem à base de óleo removedor antes de dormir direito sua pele vai agradecer! O segredo para uma pele com aparência mais jovem é a hidratação. Se você quiser ter uma pele com aparência mais jovem, então temos um dos melhores tratamentos naturais para você, e isso é Dermatin creme de pele.

Obter o Melhor Creme para Deixar a Pele mais Jovem

Pele parece mais lisa e pés de galinha e rugas faciais profundas são visivelmente reduzidos após quatro semanas de uso regular. Assim, não importa o quê, sua pele ficará mais saudável para os próximos anos. Então, é renovar soro é se referem como o cuidado da pele mágica que combate os sinais de envelhecimento, revela brilho mais profundo e clareza em sua pele. Então, se você quiser que sua pele para parecer mais jovem e jovem novamente, você tem que colágeno pontapé de partida. Em uma base diária, a pele é exposta a todos os tipos de poluentes e, portanto, você precisa realmente resolver isso. Então, de qualquer forma, você está definindo a sua pele para olhar melhor do que nunca! pele fresca peles mais jovens vão melhorar nos meses de primavera, se eles sofreram durante o inverno, mas ter o cuidado de usar um hidratante com FPS, mesmo se você foi dito que a exposição ao sol aumenta o aparecimento de acne ou manchas.

O que Você não Sabe Sobre o Creme para Deixar a Pele mais Jovem

Ao fazer algumas pequenas mudanças para a sua vida diária, você pode proteger sua pele e mantê-lo olhar mais jovem por mais tempo. Em poucos minutos, sua pele vai se sentir aveludada com uma beleza que parece mais jovem do que nunca. Pele Renew Creme é um poderoso anti-envelhecimento fórmula rosto hidratante que é comprovada para reduzir o aparecimento de rugas, linhas finas e fazer a pele parecer mais firme. Assim, a pele Renew creme anti-envelhecimento skincare é um dos thebest produtos de cuidados da pele thathelp para combate challengesand pele melhora a resistência à gravidade!

O Creme para Deixar a Pele mais Jovem Histórias

aparência da pele ressurgiu e perfeitamente lisa para uma maquiagem impecável durante todo o dia. Toda a sua pele realmente quer é um pouco de TLC! Na verdade, a pele jovem é por causa de colágeno livre-line. Graças a Per Mana creme de pele, você pode ter mais brilhante, mais apertado pele, mais bonito rápido.

A Luta Contra Creme para Deixar a Pele mais Jovem

O creme anima a geração de colagénio, que se assemelha a uma estrutura que impede a pele saudável. Agora use uma colher e misture bem os ingredientes até que ele se transforma em um creme fofo. A maioria dos cremes para a pele pode levar de dois a três meses para realmente trabalho. Um creme de pele boa pode fazer as duas coisas. Toque em qualquer imagem para Comprar Per Mana creme de pele antes que vende para fora!

Por que Quase Tudo o que Você Aprendeu Sobre o Creme para Deixar a Pele mais Jovem É Errado

Sempre que utilizadas rotineiramente, o creme fará com que você parecer mais jovem por um bom tempo, e você vai aparecer e como você. Certifique-se de aplicar o creme antes de 2 horas de ir dormir para obter alguns resultados impressionantes em sua pele facial. Após a limpeza e tonificação seu rosto, você deve aplicar uma quantidade generosa do Skin Care creme para o rosto e também nas áreas do pescoço. Agora, Aria Skin Care Cream é a sua oportunidade de fazê-lo.

Quer Saber Mais Sobre o Creme para Deixar a Pele mais Jovem?

Dermacort pele creme é uma poderosa solução de cuidados da pele que funciona de profundidade sob a superfície da pele. É um Anti-Aging Hidratante Skincare creme que chegou e já ganhou a atividade exemplar e a confiança de pessoas que necessitam de melhor, mais jovem e muitos pele bonita. É uma solução de cuidados da pele saudável para todos os tipos de pele que vão dentro de sua pele e perfeitamente reverter os sinais de envelhecimento. É uma solução de cuidados da pele natural para todo o tipo de pele que lutas com o envelhecimento preocupações e lhe dá melhores resultados sempre. Na minha opinião, Dermacort creme de pele é o melhor.

O Ultimate Creme para Deixar a Pele mais Jovem Truque

Dermatin pele creme terá a opção de inserir a camada mais profunda e trabalhar sua abordagem para dar-lhe um lindo rosto mais jovem de aparência. Em qualquer caso, Dermatin creme de pele é feita utilizando os ingredientes mais essenciais e seguras que o trabalho incrivelmente para restabelecer a infância ea excelência da sua pele. Se você decidiu comprar Dermatin creme de pele, nesse ponto, clique na ligação dada abaixo de onde você vai pousar para sua página oficial.

Canções de ninar para os bebês e crianças

Seleção de músicas de ninar para que cantes aos seus filhos quando vão dormir. Apresentamos uma seleção de músicas para crianças para dormir, as crianças e os bebês, de uma forma muito doce, para que os seus filhos tratam os bons hábitos do sono.

As nano e canções de ninar sempre foi o método escolhido pelos pais para tentar fazer com que seus filhos durmam e relaxar. Aproveite esta lista de músicas para cantar para seus filhos, quando vão para a cama para dormir.

A criança que vive em contato com a música aprende a conviver melhor com outras crianças, estabelecendo uma comunicação mais harmoniosa. Nesta idade a música gostam. Lhes dá segurança emocional, confiança, porque se sentem compreendidos ao compartilhar músicas.

Diferentes estudos têm demonstrado o poder da música sobre os futuros recém-nascidos, já que os bebês podem se lembrar das músicas que ouvem dentro do ventre materno, ao menos durante o primeiro ano, e associam a música com um período de paz e tranquilidade.

Estrela onde você está. Canção da estrela, onde estas. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

A barriga. Letra da canção A barriga. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

É hora de ir para a cama. Aprenda a Letra da música ‘É hora de ir para a cama’ para cantar com as crianças. Ao cantar essa música com as crianças antes de irem para a cama, ajuda a dormir melhor. Uma suave e relaxante música para ajudar as crianças a terem sonhos felizes. Canções para crianças.

Cochinitos sonolentos. Os cochinitos sonolentos. Músicas infantis para pais e filhos. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Pin pon é um boneco. Aprenda a cantar Pin Pon é um boneco, muito bonito e de papelão… Guiainfantil.com nos ensina a letra de músicas Infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Palmas palmitas. Letra de Palmas, Palmitas. Guiainfantil.com selecionou canções infantis para bebês e crianças. Na ocasião, oferece-nos a letra de Palmas palmitas, uma das canções preferidas dos bebês.

Frére Jacques. Frère Jacques. A letra de uma música tradicional e muito conhecida, em francês e em português, para que possa cantá-la aos seus filhos. Uma música para relaxar e fazer dormir para bebês e crianças.

Hush little baby. Hush little baby”, uma canção de ninar do urso Traposo para cantar para os bebês. Nano Traposo para bebês. Músicas de Traposo para crianças. Cala-te pequeno, uma terna e doce canção para o sono do bebê.

Estrela onde você está com Traposo. Canta e dança a doce canção da Estrela onde estas com o divertido e fofinho Urso Traposo, animal de estimação de Guiainfantil.com.Através dos vídeos de Traposo, as crianças podem aprender e tentar responder a adivinhação, ouvir piadas e rir um monte. Podem também seguir alguns trava-línguas, ouvir contos para crianças, aprender inglês, cantar músicas infantis e muitas coisas mais.

Arrorró minha criança. Arrorró minha criança. Dorme a seus filhos com esta bela canção. Arrorró minha criança é uma canção tradicional de berço que se traz Traposo. Uma versão especial para os leitores e seguidores de Guiainfantil.com

Canção de ninar com números. Canção para que seu bebê durma com esta bela nana de Traposo. Além disso, as crianças podem aprender as letras do alfabeto. Canções de ninar para os bebês e crianças com o urso Traposo.

Cala-te pequeno. Hush little baby”, uma canção de ninar que a nossa querida mascote, o urso Traposo, nos apresenta em sua versão em português para que os bebês se relaxar antes de dormir.

Músicas de colégio para crianças

As músicas fazem parte da vida escolar da criança, e é que, desde a educação infantil os professores as utilizam para estimularles, desenvolver a sua aprendizagem e ajudar a criança a passar um tempo divertido e sentir-se feliz.

No Guiainfantil.com oferecemos uma lista de músicas ideais para trabalhar em sala de aula com as crianças. São canções de buenos dias, canções para dizer adeus ao colégio até o dia seguinte, músicas para aprender ou simplesmente para que as crianças dançar e passar um tempo divertido.

Aqui você tem uma seleção de músicas para que as crianças cantem na escola infantil ou no colégio e passar um tempo divertido.

Bons dias. Canção Bons dias para cantar com as crianças. Os professores e professoras do infantil costumam empregar canções engraçadas ou educativas para começar o dia, como essa de ‘Bons dias’. Com ela tentam explicar para as crianças o que acontece quando começa o dia.

Até amanhã. Os professores e professoras do infantil costumam cantar canções em sala de aula para ensinar as crianças. Uma dessas canções para despedir-se do colégio até a manhã é esta: A hora do adeus. No Guiainfantil.com mostramos a letra e o vídeo da música para que você possa aprendê-la e cantá-la em casa com as crianças.

Para salvar, para salvar. Uma boa maneira de ensinar as crianças a recolher é que o façam de forma divertida e agradável. Podemos cantar a canção de guardar os brinquedos e fazer desta ação um momento divertido. Canção para salvar, para salvar.

eu Vou para a escola. Uma maneira de incentivar as crianças pela manhã para ir ao colégio é cantar músicas com eles como esta: eu Vou para a escola. Trata-Se de músicas infantis divertidas e cativantes que farão o dia das crianças mais divertido.

Saco uma manita. Esta canção, ‘Saco uma manita’ é muito utilizada em creches e escolas infantis para ensinar as crianças entre 1 e 3 anos para melhorar a sua memória, através da repetição de esta pequena poesia cantada, e também para melhorar a sua psicomotricidade

Os números. Oferecemos-lhe a letra da canção dos números. Guiainfantil.com dispõe de letras de canções infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Com a canção ‘Os números’ você pode ensinar seu filho a contar de forma divertida.

Alfabeto. Canção do alfabeto, o abc para crianças. Canções infantis para ensinar as letras do alfabeto para crianças e bebês. Selecionamos as letras das melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Canção infantil de alfabeto para que seus filhos aprendam as letras de uma forma divertida e descontraída.

Head, shoulder, knees and toes. Canta e dança com as crianças Head, Shoulder, Knees & Toes, e divertiros memorizando algumas palavras em inglês. Aprender partes do corpo em inglês jogando e cantando canções para crianças. Piadas, enigmas, histórias, aulas de inglês e muita diversão para as crianças

Coloquei uma mão. Em Guiainfantil mostramos a letra e o vídeo da música, Coloco uma mão, uma música perfeita para o começo das aulas na escola pela manhã.

Músicas de animais para crianças

As crianças adoram as músicas de animais, não só os ajudam a conhecer melhor o reino animal, mas também ampliam seu vocabulário. No Guiainfantil.com oferecemos algumas das músicas de animais mais populares para crianças.

A música ajuda a criança a se relacionar com os outros, a conhecer o ambiente e a melhorar a sua capacidade de comunicação, o que cantar com a criança é uma atividade fácil, próxima, simples e muito benéfica.

Aqui você tem uma seleção de músicas de animais de fazenda, animais, insetos, animais da selva ou animais selvagens.

Um elefante. Um elefante se balançava, sobre a teia de uma aranha. Dois elefantes… Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

a tartaruga Manuelita. Aprenda a cantar a tartaruga Manuelita, com as crianças. Guiainfantil.com nos oferece letras de canções infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

O senhor Dom Gato. O senhor dom Gato é uma canção tradicional que tem passado de geração em geração e que se diverte muito com as crianças. Uma canção com rimas para cantar em família. Guiainfantil.com apresenta uma seleção das melhores músicas infantis recomendadas pelos pais.

Cochinitos sonolentos. Os cochinitos sonolentos. Músicas infantis para pais e filhos. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

A vaca leiteira. Música para crianças: A vaca leiteira. Guiainfantil.com nos ensina a letra e o vídeo da música Da vaca leiteira. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Papai elefante. Papai elefante, uma canção infantis para que as crianças cantem a seus pais. Canções para crianças para aprender. Letras de música para crianças.

Os pintos. Letra da canção infantil: Os pintos. Guiainfantil.com apresenta a letra da canção Dos pintos dizem, para que os pais possam se divertir com seus filhos. No Guiainfantil.com você vai encontrar a letra da canção Dos pintos. Músicas Infantis para bebês e crianças.

Cinco sapo cururu. Letra da canção infantil: Cinco sapo cururu. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: Cinco sapo cururu.

Abaixo de um botão. Letra da canção infantil: Abaixo de um botão. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Cu na mitologia. Letra da canção Cu cu cantava o sapo. Guiainfantil.com oferece músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Ao meu burro. Letra e vídeo da música ‘meu burro’ para crianças. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: A mim burro. Canta para a entretenimento música para crianças

Cinco ratoncitos. Letra da canção infantil: Cinco ratoncitos. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. No Guiainfantil.com você pode encontrar Cinco ratoncitos, músicas para crianças com vídeo para crianças.

Era um gato grande. Letra da canção Era um gato grande. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

A vaca Lola. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: letra da música e vídeo para a música da vaca, lola. Guiainfantil.com nos oferece músicas infantis para bebês e crianças, entretenimento, cantar, divirta-se com as crianças

Os patinhos. Letra da canção para crianças: Os Patinhos. Guiainfantil.com traz músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Elena da baleia. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: letra da música e vídeo para a música Elena da baleia. No Guiainfantil.com você vai encontrar músicas infantis para bebês e crianças, entretenimento, cantar, divirta-se com as crianças

A serpente da terra quente. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: letra da música e vídeo da canção, a serpente da terra quente. Músicas infantis para bebês e crianças, entretenimento, cantar, divirta-se com as crianças

A arca de Noé. Música da arca de Noé. Guiainfantil.com nos oferece as letras de músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

A pequena aranha. A pequena aranha é uma canção popular infantil obtida a partir da versão em inglês de Incy Wincy Homem. Você se anima a cantá-la com as crianças? No Guiainfantil.com você vai encontrar a letra desta canção engraçada. Ensina a teus filhos, as canções populares de hoje e sempre.

dança das vacas. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: letra da música e vídeo da canção ” A dança das vacas lobotómicas. Músicas infantis para bebês e crianças, entretenimento, cantar, divirta-se com as crianças.

A pomba branca. Letra da canção A pomba branca. Músicas infantis para bebês e crianças. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Canções curtas para crianças

Todos os especialistas são unânimes em indicar que a música tem grandes vantagens para a criança, tanto é assim que a recomendam desde que a mãe está grávida. As músicas divertem, entretêm, acalmam, ajudam e ensinam as crianças.

Em Guiainfantil.com oferecemos uma seleção de canções curtas para crianças muito divertidas. Podem aprendérselas de forma simples, uma vez que são músicas curtas e muito cativantes.

Aqui você tem uma seleção de músicas para crianças breves e simples, ideais para as crianças mais pequenas da casa. São canções para crianças de 1 a 3 anos, já que são curtos e fáceis de lembrar.

Cinco ratoncitos. Letra da canção infantil: Cinco ratoncitos. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. No Guiainfantil.com você pode encontrar Cinco ratoncitos, músicas para crianças com vídeo para crianças.

Os patinhos. Letra da canção para crianças: Os Patinhos. Guiainfantil.com traz músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Cinco sapo cururu. Letra da canção infantil: Cinco sapo cururu. Guiainfantil.com selecionou as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos: Cinco sapo cururu.

Que chova. Aprenda a letra da canção Que chova, chova, em Guiainfantil.com. Canções infantis populares. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

O cocherito. No Guiainfantil.com selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Não perca as letras de cada uma delas. Na ocasião, a letra de O cocherito.

eu Tenho, tenho, tenho. Letra da canção eu Tenho, tenho, tenho, para crianças. Guiainfantil.com oferece-nos a letra desta canção infantil para que pais e filhos possam cantar e passar um momento divertido, juntos. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Palmas palmitas. Letra de Palmas, Palmitas. Guiainfantil.com selecionou canções infantis para bebês e crianças. Na ocasião, oferece-nos a letra de Palmas palmitas, uma das canções preferidas dos bebês.

Os números. Oferecemos-lhe a letra da canção dos números. Guiainfantil.com dispõe de letras de canções infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos. Com a canção ‘Os números’ você pode ensinar seu filho a contar de forma divertida.

No carro do pai. Letra da música No carro do pai. Uma canção tradicional infantil para se dedicar aos pais. Músicas para montar o carro. Cantar em família. Canções para crianças.

A barriga. Letra da canção A barriga. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Serragem, aserrán. Serragem, aserrán é uma canção popular que já cantavam os avós, e é típica da noite de São João. Uma canção para cantar para os bebês e para as crianças. Guiainfantil.com oferece-nos a letra da canção Serragem, aserrán para que os pais ou professores aprendam e cante com as crianças.

Estrela onde você está. Canção da estrela, onde estas. Músicas infantis para bebês e crianças. Selecionamos as melhores músicas para crianças para que os pais possam desfrutar com seus filhos.

Saco uma manita. Esta canção, ‘Saco uma manita’ é muito utilizada em creches e escolas infantis para ensinar as crianças entre 1 e 3 anos para melhorar a sua memória, através da repetição de esta pequena poesia cantada, e também para melhorar a sua psicomotricidade

Bons dias. Canção Bons dias para cantar com as crianças. Os professores e professoras do infantil costumam empregar canções engraçadas ou educativas para começar o dia, como essa de ‘Bons dias’. Com ela tentam explicar para as crianças o que acontece quando começa o dia.

Saco uma manita. Esta canção, ‘Saco uma manita’ é muito utilizada em creches e escolas infantis para ensinar as crianças entre 1 e 3 anos para melhorar a sua memória, através da repetição de esta pequena poesia cantada, e também para melhorar a sua psicomotricidade

Enxoval. As primeiras ropitas e acessórios para o bebê

Enxoval de bebê: As primeiras ropitas e acessórios para o bebê

Vilma MedinaDirectora de Guiainfantil.com01 de abril de 2016

Certamente alguns de vocês já estão contando os dias para o nascimento do vosso bebé. O compromisso e a responsabilidade que agora começa, costuma vir acompanhada de muitas dúvidas e incertezas quanto aos cuidados e a educação que pretendéis dar ao seu bebê. Uma das dúvidas que os pais têm é sobre o que têm que comprar de roupas, acessórios e complementos para quando o vosso bebé nasça.

Acessórios básicos para o bebê recém-nascido

Convém considerar que a roupinha costuma ser o presente mais recorrente de familiares e amigos. Portanto, é aconselhável que os pais não compram muitas roupas, já que os bebês crescem e mudam de tamanho rapidamente.

O que é aconselhável é que tenham tudo o que é necessário e indispensável, quanto à roupinhas e os acessórios, antes de o bebê nascer. A isso chamamos de ‘enxoval’, e deve ser composta por:

– T-shirt de tecido ou de malha de algodão

– Fraldas descartáveis

– Calcinhas ou froglet de algodão

– Bodys de uma peça, de manga longa ou manga curta (de acordo com a época do ano).

– Rebequita de lã ou de algodão (de acordo com a época do ano)

– Calças com pé

– Pijamas

– Gorro e luvas para sair à rua

– Bibs

– Toquilla.

Por outro lado, é recomendável que as primeiras ropitas sejam de algodão, e que sejam fáceis de colocar e remover. Evitem muitos enfeites, assim como laços, porque podem irritar o bebê. E não se esqueçam de que no primeiro mês o nascimento do bebê, a roupinha deve ser lavado em separado das demais roupas da família, se possível, à mão e com sabão neutro.

Cuidados com a pele do bebê recém-nascido

Promovido

Dicas para economizar na compra de fraldas para bebês e crianças

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Bebês
  3. Enxoval De Bebê / Enxoval
  4. Enxoval. As primeiras ropitas e acessórios para o bebê

Relacionados

Enxoval de bebê / EnxovalEnxoval de bebê / EnxovalEnxoval de bebê / EnxovalPeleBebêsBebésrecién nascido canastillas para bebês, enxoval enxoval para o bebê baby shower primeira pôr roupa do bebê acessórios do bebê

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Canapés de salmão para fazer com as crianças

Receita de canapés de salmão para as festas de fim de ano das crianças

Guiainfantil.com 02 de setembro de 2014

Os pequenos da casa normalmente rejeitam o peixe, e para os pais é uma batalha conseguir que o comprovem. Com esta receita de canapés de salmão conseguirá que sejam eles os que cozinham, e assim atrevem com sabores novos.

O salmão é um peixe muito nutritivo, com muito pouca gordura e rica em ômega 3, além de vitaminas pertencentes ao grupo B, como a B2, B3, B6 e B9 e B12, que são muito importantes para que cresçam fortes e saudáveis.

Ingredientes

  • 150 g de salmão defumado
  • 100 gr. de queijo de barrar
  • Fatias de pão de forma
  • 4 ovos
  • Azeitonas
  • Sal
  • Pimenta

Dica: Para que seja mais aromático, use queijo de finas ervas.

Preparar os canapés de salmão

1. Cortar as fatias de pão de forma em quadradinhos, rejeitando as bordas.

2. Põe cada canapé com queijo, procurando estendê-lo bem por toda a superfície.

3. Coloque por cima uma rodela de ovo cozido, e sobre ela uma fatia de salmão defumado.

4. Clique uma azeitona no palito e coloque-o no centro de cada canapé.

5. Dê um pouco de azeite, uma pitada de sal e pimenta, e já estão prontos!

Erros e dicas para ensinar bons hábitos à mesa

Promovido

Dicas para economizar na compra de fraldas para bebês e crianças

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Cozinha com crianças
  4. Canapés de salmão para fazer com as crianças

Relacionados

AlimentaçãoGravidezReceitasAlimentaçãoOvosAlimentacioncocinar com crianças receitas snacks receitas recebidas receitas para festas canapés de salmão receitas salgados, receitas de natal canapés crianças

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Canapé com cara divertido para crianças

Guiainfantil.com 04 de novembro de 2014

Conseguir que as crianças comam legumes, normalmente, não é tarefa fácil, por isso um dos aspectos mais importantes de saber como decorar a sua comida para que a aceitem mais facilmente e não se cansar dos mesmos pratos.

Se quiser um lanche ou aperitivo fácil e rápido, estar certo e seguro com o canapé com cara divertido para crianças. Pimentão, tomate, pepino…muitas legumes em um prato original que podem preparar até mesmo as crianças.

Ingredientes

  • Pão de forma
  • 50 gr. de queijo em fatias
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimentão verde
  • 4 tomates pêra
  • 1 pepino
  • Passas
  • Surtos

Preparação de canapé com cara divertido para crianças

1. Tostar o pão de forma na torradeira ou a frigideira por alguns minutos, para que fique crocante. Quando ainda estiver quente, colocar em cima de cada fatia, uma fatia de queijo, assim irá derreter ligeiramente.

2. Lavar e cortar os legumes. Cortar os pimentões (verde e vermelho), em tiras, os tomates pela metade e o pepino em rodelas finas.

3. Para montar o aperitivo, coloque a fatia de pão no prato. Com duas tiras de pimentão verde faça as orelhas, uma de pimentão vermelho será a boca, e meio tomate para uma divertida nariz. Compétalo com as rodelas de pepino e as passas para fazer os olhos, e coloque um punhado de brotos na parte superior, como cabelo, o hilário!.

Aqui você tem outras receitas para o piquenique em família.

Como ensinar as crianças de boa conduta na mesa

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Cozinha com crianças
  4. Canapé com cara divertido para crianças

Relacionados

AlergiasCozinha com criançasAlimentaçãoCriançasLegumesAlimentacionrecetas para crianças cozinhar com crianças receitas saudáveis vegetais receitas fáceis entrada, primeiro prato, segundo prato lanche nutrição infantil canapé com cara

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Caminhar durante a gravidez: desconstruindo mitos

Verdades e mentiras sobre os benefícios de andar durante a gravidez

Sara Cañamero de Leão Matrona09 de setembro de 2015

São muitos os artigos escritos sobre os benefícios da caminhada durante a gravidez. De fato, quando uma mulher pergunta ao especialista sobre que esporte é recomendável fazer durante a gestação, costuma ser frequente que se lhe recomende andar.

No entanto, encontro-me de forma freqüente com as mulheres da consulta ou nas aulas de preparação para o parto, que me dizem que o andar não vai se sentir muito bem, ou que têm dores no púbis, lhes incomoda a zona lombar, pode ser que tenham ciática; e ainda assim continua andando muito, porque é o recomendado, ou tê-lo lido. Ainda existem mulheres que estão realmente ‘tocadas’ e não podem caminhar e se sentem culpados.

Benefícios do exercício durante a gravidez

Os benefícios do exercício físico são bem conhecidos, e é claro que caminhar entra dentro deles, já que é um exercício de baixo impacto nas articulações e assoalho pélvico, e, além disso, é aeróbico. As vantagens que encontraremos são muitas:

– Aumenta a auto-estima, minimizando a depressão e a ansiedade.

– Ajuda a manter um ritmo de ganho de peso adequado.

– Melhora a condição cardiovascular e muscular.

– Favorece a correção postural.

– Diminui as perturbações digestivas.

– Reduz o mal-estar relacionado com a gravidez: aumento de peso e volume, menor coordenação, apatia.

– Aumenta o bem-estar psicológico.

– A recuperação após o parto é mais rápida.

– Acelera a recuperação do peso anterior à gravidez.

– Aumenta seus níveis de energia e bem-estar.

– Melhora a qualidade do sono.

– Serve como treinamento para o parto.

Para notar seus benefícios costumamos recomendar praticá-lo com uma freqüência de 3 a 4 vezes por semana cerca de 40-60 minutos; assim conseguiremos um aumento da resistência, da capacidade cardiovascular e respiratória; mas não trabalham de forma específica sobre as mudanças do corpo da mulher grávida. Ou seja, estes exercícios são bons para todo o mundo, e não só durante a gestação.

Quando caminhar não é o melhor esporte durante a gravidez

Temos que entender, que, embora a gravidez não é uma doença, o corpo da mulher vai mudar de forma drástica em apenas 9 meses:

– Ganho elevado de peso (9-12 kg recomendados, algumas algo mais).

– Mudança do centro de gravidade com o aumento do abdômen.

– Aumento da lordose lombar (parte baixa das costas).

– Diminuição da capacidade respiratória, anemia, em alguns casos.

– Instabilidade articular, a relaxina (hormônio que permeia as articulações para que o dia do parto o parto possa ter uma escala de mobilidade maior) permeia todas as articulações da mulher; o que o torna propenso a diastasis da sínfise do púbis, que se agrava muito quando caminhamos.

Todas estas mudanças fazem com que o caminhar que não seja o exercício ideal durante a gravidez; e se aparecer o menor desconforto se altere por outros exercícios aeróbicos que trazem os mesmo benefícios, tais como: nadar, elíptica, bicicleta estática.

Exercícios benéficos para a grávida

Nos últimos tempos, foram se incorporando exercícios que trabalham especificamente o assoalho pélvico, fazendo a mulher consciente dos músculos que o compõem, lhe ensinam a se mover, mantêm a postura. Estas novas disciplinas incorporadas na época pré-natal, vão tentar atenuar as dificuldades secundárias às alterações corporais da gravidez (dores lombares, prisão de ventre, insominio, dores nas articulações….), isto é, é um trabalho muito mais global e mais específico; que se pode combinar com o exercício aeróbico que antes mencionado.

Estou Me referindo ao Pilates pré-natal, yoga para grávidas, dança do ventre, hidroginástica, sempre coordenados por uma parteira; ou profissional qualificado para o gerenciamento de mudanças e peculiaridades de uma mulher grávida, trimestre a trimestre.

Ginástica para grávidas, exercer o períneo e glúteos

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Exercícios
  4. Caminhar durante a gravidez: desconstruindo mitos

Relacionados

GravidezExercíciosGravidezExercíciospós-PartoEmbarazobeneficios de caminhar caminhar na gravidez grávida gravidez assoalho pélvico períneo esportes gravidez Sara Cañamero

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

As alterações hormonais na gravidez

Assim agem os hormônios ao longo da gestação

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe23 de outubro de 2015

Desde o momento da concepção, uma série de hormônios começam a agir no corpo da grávida. Algumas delas se dão apenas na gravidez e outras já existiam antes, mas alteram os seus níveis durante a gestação. A Progesterona, hormônio gonadotrofina coriônica humana, estrogênio ou lactogênio são as responsáveis por alterações físicas, como o crescimento do útero ou o aumento dos seios e até mesmo emocionais.

Hormônios que atuam na gravidez

A gonadotrofina coriônica humana ou HCG é a hormona estrela da gravidez, ocorre apenas em mulheres grávidas e seus níveis começam a aumentar, mesmo após a implantação do embrião. Está presente na urina e no sangue da mãe, por isso se utiliza tanto o teste de gravidez como nas análises sanguíneas para detectar a gravidez.

Estrogênio: já existem antes, mas seus níveis aumentam durante a gravidez. São produzidos nos ovários e são responsáveis por estimular o crescimento do útero. Participam também no aumento do tamanho do peito e ajudam a promover a produção de leite. É um hormônio que atua na gravidez, o parto e a amamentação.

Progesterona: hormônio ajuda a fortalecer os tecidos em que ficar o útero e o prepara para receber o óvulo fecundado, além de relaxar o útero, para que ocorram as contrações. Colabora para o aumento das mamas e as diferentes mudanças que acontecem nos seios para produzir o leite materno.

Lactogênio: sua função está focada principalmente em favorecer a amamentação, e é que prepara as glândulas mamárias para produzir leite. Além disso, também é responsável por garantir um bom desenvolvimento fetal produzindo energia suficiente para isso.

Essa dança hormonal durante a gravidez, também é o responsável pelo que a grávida sofre mudanças de humor ou emocionais, cansaço ou aumento da temperatura corporal, especialmente no primeiro trimestre de gravidez, até que o organismo se acostumar aos novos níveis de hormônios como a progesterona ou de estrogênio.

Higiene íntima e uso de cosméticos na gravidez

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Etapas
  4. As alterações hormonais na gravidez

Relacionados

BelezaPelePeixesParteira / DoulaGravidezEtapashormonas hormônios da gravidez as alterações hormonais HCG e progesterona estrógenos mudanças da gravidez

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Mudanças físicas na preadolescencia

Mudanças de meninos e meninas pré-adolescentes

Guiainfantil.com 04 de dezembro de 2014

Dizem que a adolescência é cada vez aumentam mais e por isso nos deparamos com crianças que deveriam ser adultos. Mas também começa antes e assim nos encontramos com todas as mudanças, dúvidas e preocupações típicas de adolescentes em crianças e jovens a partir dos 8 anos.

Cada fase do desenvolvimento do seu filho deve ser tratada com o toque. A preadolescencia não é fácil, com todas essas mudanças físicas e emocionais que você terá que lidar com a família. Mas para ajudar as crianças a compreenderem as mudanças que estão sofrendo, devemos primeiro compreender os pais.

Qual é a fase da preadolescencia

É inevitável, os bebês deixam de ser bebês e quase sem perceber, passam de crianças a adolescentes. O momento se vai anunciando desde os 8 ou 9 anos com a etapa que se conhece como preadolescencia, onde meninos e meninas começam a sua caminhada separadamente e começam a dar conta de todas as mudanças que está experimentando seu corpo.

A preadolescencia se inicia por volta dos 9 anos e dura até os 13 anos mais ou menos. Não só se trata como se vai transformando o seu corpo, mas também seu comportamento. Nesta fase, observa-se como as crianças passam a se relacionar mais com outras crianças, homens da sua idade e se distanciar um pouco das meninas. Por sua parte, as meninas também preferem a companhia de outras meninas e é neste momento que começam a compartilhar segredos.

A relação dos pré-adolescentes com os pais também muda, não de forma radical, mas paulatinamente. Assim, começam a isolar-se em seu quarto rehuyendo o contato com o resto da família. Tornam-Se mais distantes e será o comportamento adoptadas até ao fim da adolescência. Paciência, carinho e muito toque, não nos deve faltar aos pais para superar com êxito este período.

As mudanças físicas na preadolescencia

É no início da preadolescencia, quando ainda crianças recorrem a seus pais em busca de conselho e orientação, quando devemos tentar explicar aos nossos filhos o que está acontecendo no seu corpo. Está mudando, o corpo está crescendo e começa a tomar a forma que terá de adulto.

Explicar com naturalidade a transformação física é fundamental para essas crianças que, de repente, batem o talão, sua genitais tornam-se mais evidentes e o pêlo começa a surgir em todo o seu corpo, no caso de crianças. E se há um traço físico mais característico da preadolescencia é a acne, algo que, por mais comum que seja, pode provocar mais de um complexo.

As mudanças físicas, as meninas são muito mais evidentes do que os meninos. Cresce o peito, os quadris se alargam-se e começa a surgir o pêlo. Além disso, no final da preadolescencia será quando lhes chegar a sua primeira menstruação. É o momento de explicar a menina a necessidade de aceitar o quanto antes todos os processos fisiológicos associados à idade adulta.

Laura Vélez. Redatora de Guiainfantil.com

Quando as crianças brincam a tocar com outras crianças o que fazer?

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

  1. Capa
  2. Adolescência
  3. Mudanças físicas na preadolescencia

Relacionados

AlimentaçãoSexualidadeEducaçãoReceitasGravidezAdolescencianiños adolescentes, pré-adolescentes mudanças fisicos na preadolescencia filhos, família, mudanças hormonais menarquía menstruação

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoLazerBebêsSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Alterações na libido durante a gravidez

O desejo sexual e suas mudanças durante a gestação

Guiainfantil.com 04 de dezembro de 2016

Para muitas grávidas, o desejo sexual vai e vem durante toda a gravidez. Embora outras futuras mamães mantêm intacta a sua libido e podem ter relações sexuais satisfatórias, até o dia antes do parto, para outros, o sexo passa a um segundo plano antes de ter seu bebê nos braços. No Guiainfantil.com encontramos a resposta às mudanças e vicissitudes da libido durante a gravidez.

A libido das mulheres grávidas

Primeiro trimestre de gravidez. As dificuldades dos primeiros três meses da gravidez são evidentes para muitas mulheres mais nada saber que estão esperando um bebê. Náuseas e vômitos, inchaço dos seios e o abdômen ou as alterações psicológicas podem afetar durante o primeiro trimestre para as futuras mamães. No entanto, para muitas mulheres, os primeiros meses são os melhores na hora de manter um bom desempenho sexual, uma vez que ainda não está a barriga de forma volumosa e não há mudanças perceptíveis no corpo. No entanto, para algumas grávidas de tão poucas semanas, o momento da relação sexual, pode significar um problema, por medo de um aborto, assim como uma sensibilidade maior dos seios, que há mais chato o momento do sexo do casal.

Segundo trimestre de gravidez. Chegamos à metade da gestação, a libido tem uma mudança muito brusca no segundo trimestre de gravidez. Em algumas semanas de gestação, onde a grávida já é mais consciente, não só física, mas também psicologicamente para o que acontece, a libido pode até disparar até subir muito mais do que antes da gravidez. A lubrificação vaginal é muito maior e mais natural, portanto, que a excitação também é mais provável e os orgasmos podem resultar em contrações vaginais muito mais satisfatórias, por isso apesar de ter uma barriga maior, muitas mulheres não se sentem inchadas e desejam poder ter relações sexuais com regularidade.

Terceiro trimestre de gravidez. Na reta final da gestação antes de ter o bebê nos braços, a libido volta a colar um aumento importante. A morosidade da retenção de líquidos, junto a um volume grande de uma barriga entre sete e nove meses dificultam não só as relações sexuais, mas a liberdade de movimentos da própria mãe. Isso faz com que o desejo sexual passe a um segundo plano, já que, além disso, o cansaço também se instaura no dia-a-dia.

Dicas de beleza para a gravidez

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Sexo
  4. Alterações na libido durante a gravidez

Relacionados

Mulher do partoGravidezSexoEducaçãoSexoRecetasembarazo grávida libido sexo na gravidez sexual o desejo sexual posições sexuais apetite sexual gestação

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Mudanças no sistema circulatório durante a gravidez

As mudanças que ocorrem no sangue da mulher grávida

Guiainfantil.com 10 de dezembro de 2015

Todas as alterações que ocorrem no corpo da mulher durante a gravidez estão relacionados e orientados para o bem-estar e para o crescimento saudável do bebê que carrega em sua barriga. Durante os meses de gestação, seu corpo se adapta para abrigar e alimentar seu bebê. A mulher tem alterações hormonais, mudanças nas formas de seu corpo, sua pele, apetite, respiração… como também em seu sangue. Que mudanças ocorrem no organismo da mulher durante a gestação?

As mudanças de sangue na gravidez

O sangue da grávida tem uma função essencial para a sobrevivência do bebê, já que é a via pela qual a mãe transporta o alimento ao pequeno. Através do sangue, o bebê também pode remover todos os resíduos que produz durante a gravidez. O sangue muda até que seja capaz de suprir totalmente as necessidades do feto. Todo o processo acontece com uma mediação de um órgão que é criada apenas para isso: a placenta.

O fluxo de sangue na gravidez

Geralmente, o fluxo ou o volume de sangue no corpo de uma pessoa é de cerca de 4 ou 5 litros. No caso de uma mulher grávida, esse fluxo aumenta em um litro e meio, aproximadamente, fazendo-o mediante o aumento do plasma (líquido de sangue). Em consequência desta mudança, e para que a esposa abrigue uma maior quantidade de sangue, os vasos sanguíneos se dilatam. É por isso que muitas mulheres apresentam varizes durante a gravidez.

Como circula o sangue na gravidez

Considerando que, durante a gravidez, a pressão que exerce o útero à medida que cresce sobre as veias e capilares, que tem ao seu redor, faz com que haja menos quantidade de fluxo sanguíneo para o coração. Isso é o que pode causar o inchaço de pernas durante a gestação. A veia mais importante que passa por essa parte do corpo é a veia cava inferior, pois coletar todo o volume de fluxo que chega a partir das extremidades inferiores e o leva até o coração.

Esta veia passa pelo lado direito do colo do útero, de forma que, perante os problemas de circulação e as dificuldades que derivam, aconselha-se fazer exercícios físicos, caminhar e manter as pernas em algo, sempre que possível. Também é aconselhável evitar deitar-se de costas e o lado direito. Assim, a melhor postura é deitar-se de lado sobre o lado esquerdo.

A freqüência cardíaca da grávida

Durante a gravidez a freqüência cardíaca da mãe aumenta entre 10 e 15 batimentos por minuto, também durante o sono, e até mesmo algo mais no caso de serem gêmeos. Assim, o pulso de uma mulher grávida, que costuma oscilar entre 60 e 90 batimentos por minuto. Isso acontece porque o coração bate mais rapidamente, ao ter que bombear esse fluxo sanguíneo adicional que é dada para poder manter o feto.

Quanto à tensão, costuma ser mais baixa durante o primeiro trimestre e segundo trimestre da gravidez, devido à dilatação dos vasos sanguíneos, embora, ao se aproximar o fim da gestação volta a seus valores normais. Um dado a ter em conta é que a pressão sistólica não deve ser superior a 140 Mm de mercúrio no sangue, nem da sistólica inferior a 90.

Dicas para a pele da grávida, listras e manchas

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Etapas
  4. Mudanças no sistema circulatório durante a gravidez

Relacionados

GravidezPeleGravidezEtapasProvaEmbarazosangre na gravidez, sensação de inchaço, varizes circulação grávida gravidez desconforto problemas cardíacos costas saúde do coração

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Alterações no fluxo vaginal durante a ovulação

Como muda o fluxo da vagina antes da menstruação

Marta Marciel16 de dezembro de 2015

O fluxo vaginal é inerente à saúde genital da mulher, e está presente em todas as fases da vida. No entanto, nele existem mudanças palpáveis durante a ovulação, que ocorre antes da chegada da menstruação, e quando é mais provável que uma mulher possa engravidar porque os dois dias mais férteis são normalmente encontradas neste período.

O que é o corrimento vaginal

O corrimento vaginal é uma segregação viscosa que flui a partir da vagina e que pode ter uma diferente quantidade, cor e até mesmo um cheiro diferente, dependendo da idade ou da situação da mulher, uma vez que, na menopausa tende a ser menor e produzir secura. Em circunstâncias normais, o fluxo vaginal é geralmente transparente e serve para proteger a vagina de infecções ou de possíveis doenças. Além disso, é fundamental na hora de ter relações sexuais satisfatórias porque é um lubrificante vaginal natural e proporciona maior prazer na hora da relação sexual.

A ovulação e alterações na secreção vaginal

No momento da ovulação, este fluxo tende a ser mais abundante e, além disso, é o momento em que é mais eficaz na hora de prevenir e curar doenças genitais. A ovulação é um processo que se enquadra no ciclo menstrual, e que ocorre no momento em que os óvulos são liberados dos ovários, das trompas de Falópio se dirigem ao útero. A concepção teria lugar quando um espermatozóide fecunda a este óvulo liberado, por que as chances de sucesso de uma gravidez, multiplicam-se as condições normais.

Desta forma, durante a ovulação, a quantidade de fluxo é maior, uma vez que são os catorze dias após o fim da menstruação até que volte a aparecer a menstruação. O fluxo muda, tornando-se mais contundente, o cheiro também é mais forte e pode até apresentar uma cor mais esbranquiçada os primeiros dias e ir tornando em marrom conforme passa o tempo, até que a mulher experimenta a regra mais um mês.

No entanto, se torna muito mais viscoso ou durante muitos dias aparece um corrimento vaginal de cor café ou mesmo esverdeada, é aconselhável ir à consulta de um ginecologista para descartar possíveis infecções.

O que se entende por parto respeitado

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Alterações no fluxo vaginal durante a ovulação

Relacionados

engravidarGravidezPartoGravidezGravidezSexovagina fluxo vaginal corrimento vaginal ovulação regra menstruação gravidez, alterações no fluxo fluxo esverdeada infecção vaginal

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Alterações no sistema respiratório durante a gravidez

Como mudam os pulmões e o diafragma das grávidas

Julita Fernández Matrona12 de janeiro de 2015

Durante a gravidez, a maioria dos órgãos mais importantes do corpo da mulher, se deslocam. A razão é que devem dar lugar ao bebê.

O útero vai crescendo de acordo com passem os meses de gestação e órgãos como o coração, o estômago e o diafragma, devem ceder o seu espaço. Daí que a grávida note certas moléstias, principalmente relacionadas com as mudanças no sistema circulatório e essa maior ‘dificuldade’ para respirar, devido à alteração do diafragma.

Alterações no sistema respiratório da grávida

O crescimento do útero altera, por exemplo, a posição do diafragma e da caixa torácica, aumentando a sua circunferência, como resposta à elevação do diafragma. Devido a estas alterações dos volumes das diferentes capacidades pulmonares se vêem modificados também.

Essas alterações também se manifestam com sensação subjetiva de falta de ar (dispneia), sendo este um dos motivos mais frequentes de consulta na urgência das grávidas.

As hormonas e as mudanças na respiração durante a gravidez

As hormonas da gravidez também provocam alterações nas vias aéreas, aumentando e diminuindo as resistências das mesmas de acordo com a área. Além disso, o efeito de tais hormônios da mucosa que reveste as vias respiratórias ficam muito vascularizadas, favorecendo o sangramento, especialmente pelo nariz, dores na garganta e alterações da voz.

Estas mudanças (tanto anatômicas como fisiológicos) no aparelho respiratório também provoca alterações a nível do equilíbrio ácido-base da grávida. A grávida tem tendecia a sudação que acontece posteriormente contribui respiratória (aumento do ph do plasma sanguíneo), porque a hiperventilar, elimina o excesso de CO2. Isso favorece a estimulação do centro respiratório da grávida. Esta hyperventilation da grávida, por um lado, pode causar constantes tonturas e até algum desmaio na gravidez, mas também favorece que o futuro bebê receba mais oxigênio.

Preparação para o parto. Exercícios para as respirações

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Desconforto
  4. Alterações no sistema respiratório durante a gravidez

Relacionados

ExercíciosSaúdePartoGravidezFases do partoEmbarazoembarazo grávida mudanças na gravidez, desconforto gravidez respiração grávida yoga gravidez Julita Fernández dispneia, fadiga

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Mudanças emocionais na preadolescencia

Que mudanças ocorrem em crianças entre os 9 e 13 anos

Sara Tarrés Psicóloga Infantil14 de novembro de 2014

A preadolescencia, esse estádio vital entre a infância e a adolescência, marca o início de uma nova etapa de construção da identidade de nossas crianças. Na construção de seu eu intervêm mudanças corporais, comportamentais e emocionais. Estas alterações emocionais é do que trata este artigo.

Em que idade começa a preadolescencia

Cada criança tem, como é lógico, a sua própria maturação e cada um vai chegar antes ou depois desta etapa, mas em linhas gerais podemos situar a preadolescencia entre os 11 e os 13 anos. Há quem o colocam até mesmo um pouco antes, entre 9 e 10. Mas é mais ou menos no momento em que as mudanças físicas produto da maturação biológica começam a mudar o corpo de nossos filhos quando começam também as mudanças emocionais e comportamentais próprios desta fase.

Mudanças emocionais que indicam o início da preadolescencia

As mudanças nesta fase são muitos e muito variados. Cada criança vai experimentar com mais ou menos intensidade, mas em praticamente todos eles, podemos ver alguns muito característicos, como os seguintes.

1. Aparecem novos medos , como o medo de fazer o ridículo ou o aumento de seu sentido do pudor e da vergonha de seu próprio corpo. Neste momento, podem começar a surgir conflitos relacionados com a sua imagem corporal com os quais teremos que ir com muito tato na hora de resolver.

2. É um momento em que aparece a necessidade de maior intimidade, as crianças vão se afastando de nós, observamos como eles passam mais tempo em suas casas ouvindo música ou lendo. Na verdade este comportamento não deveria nos preocupar em excesso, uma vez que é o que devem fazer neste momento para construir sua própria identidade, sempre e quando os nossos laços afetivos e comunicativos não se partirem.

3. É também uma fase em que as crianças tentam, como seja a de agradar seus amigos. Seu grupo de iguais, começa a ser o seu centro de referência para a construção dos seus pensamentos, adotam atitudes, jargão próprias do grupo e muito diferenciadas dos pais.

4. A labialidad emocional,ou seja, a flutuação de um estado de alegria uma tristeza profunda também caracteriza esta fase. Para as crianças que estão nesta fase é tudo ou extremamente ideal ou mesmo o contrário. Trata-Se de um período cheio de ilusões, de risos, de lágrimas, de discussão interna, (…) um tempo de grandes e profundas mudanças que, como pais, devemos saber lidar e gerir.

Todas estas mudanças e muitos outros podem causar atritos e acabar com os conflitos entre pais e filhos. É especialmente importante que sejamos conscientes que para eles também não é fácil assumir todas estas transformações e que a passagem de criança a adulto, precisa do apoio de alguns pais compreensivos que não permissiva.

O que fazer frente ao pudor e a vergonha de crianças

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

  1. Capa
  2. Adolescência
  3. Mudanças emocionais na preadolescencia

Relacionados

AlimentaçãoSexualidadeReceitasEducaçãoNovas TecnologiasEmbarazopreadolescente adolescência alterações emocionais emoções crianças aprendizado infantil Sara Tarrés criança pré –

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoLazerBebêsSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Mudanças emocionais na gravidez

Por que algumas mulheres acham que alteram o humor durante a gravidez

Guiainfantil.com 15 de dezembro de 2015

Com motivo de sua gravidez, algumas mulheres apresentam situações de mudanças de humor bruscas passando da euforia à tristeza. Nesta fase, as mudanças físicas são muito evidentes, mas os psicológicos adquirem muita importância porque podem afetar a certas situações familiares, sociais e laborais.

Felizmente, estas alterações emocionais na gravidez são considerados normais e, o melhor de tudo é que são temporárias. Em alguns casos, a personalidade da mulher se transforma tanto, que alguns casais acreditam que estão convivendo com outra pessoa. Convém não se deixar levar por esse estado temporário e ajudar a futura mamãe a superar esta fase de mudanças emocionais.

As mudanças de humor durante a gravidez

As mudanças emocionais na gravidez, em que vivem as mulheres grávidas, têm uma base hormonal. Devem-Se fundamentalmente a que os neurotransmissores do cérebro estão alterados devido a que não recebem os mesmos níveis hormonais de sempre. Os níveis de progesterona e estrogênio são dobrados e, por este motivo, a parte racional da personalidade diminui, ao mesmo tempo em que se reforça a parte emocional.

Estas alterações nos receptores dos neurotransmissores dão lugar a estados de ânimo, que mudam de modo repentino, passando da alegria para o choro e se manifestam em uma maior irritabilidade ou mau humor, se notam em uma hipersensibilidade em aspectos que antes passavam despercebidos e, até mesmo, se refletem em uma maior insegurança, ainda em mulheres muito seguras de si mesmas.

Alterações emocionais por trimestres,

Primeiro trimestre. Durante os três primeiros meses de gravidez, a futura mamãe pode viver momentos de grande instabilidade emocional. Estas alterações são mais comuns entre a sexta e a décima semana. É normal experimentar ansiedade, ambivalência e frequentes mudanças de humor. Aceitar a nova situação, leva tempo e são frequentes os temores sobre a capacidade de saber lidar com a nova situação. A mulher mais segura pode tornar-se frágil e experimentar mudanças de humor bruscas que vão do riso ao choro, da euforia à tristeza ou de alegria ao mau humor. São mais frequentes em mulheres que manifestam sintomas físicos importantes devido à sua gravidez, como vômitos e náuseas matinais, mal-estar geral, tonturas e doença muito digestiva. Apetite sexual também costuma diminuir, devido ao cansaço, as dores físicas e o medo de prejudicar o feto. A compreensão do casal é fundamental para lidar com todas estas mudanças que produz a gestação.

Segundo trimestre. Caracteriza-Se por ser um período de tranquilidade emocional, devido às alterações hormonais estabilizaram e a futura mamãe teve tempo de se adaptar psicologicamente para a gestação. Esta adaptação repercute positivamente na aceitação de mudanças que afetam a sua atividade habitual, dado que a sua ordem de prioridades mudou. As perturbações físicas do primeiro trimestre desapareceram e a futura mamãe pode sentir de novo um maior desejo sexual impulsionado por um aumento da sensibilidade.

Terceiro trimestre. Voltam as dificuldades anímicas devido a que o volume da barriga dificulta o bem-estar da futura mamãe. Como consequência surge a dificuldade para dormir, micção frequente, dores nas costas e fadiga, entre outras moléstias, que não ajudam ao bem-estar emocional. Por outro lado, no terceiro trimestre, o tempo passa lento, aumenta a ansiedade por saber o bebê, o medo do parto e a insegurança diante da criação. E, além disso, aparece a síndrome do ninho com o que verá aumentada a necessidade de fazer mudanças em casa e deixar tudo limpo e pronto para a chegada do bebê.

Estados emocionais que provoca a gravidez

Euforia e tristeza. Ter um filho é o que você estava procurando e sente que está em uma nuvem, até mesmo um tanto excitada. As felicitações dos outros te colman de felicidade, mas quando você tem que lidar sozinha com o mal-estar físico, o mundo desaba aos seus pés.

Do riso ao choro. É inútil perguntar por que você entrou riso frouxo ou por que você está chorando, nem você mesma sabe. Os altos e baixos hormonais que sofrem seus neurotransmissores são responsáveis e não é preciso pensar muito.

Medo e ansiedade. Certeza que você tem uma lista de perguntas intermináveis, sem responder, em relação aos seus sintomas, ao parto e à amamentação. O medo do desconhecido e a ansiedade que gera não saber se tudo vai sair bem ou não, não é normal em todo este processo.

Despistes e esquecimentos. Não saber onde temos a cabeça porque nos esquecer o lugar onde colocamos as chaves, ou o carro é habitual. Um conselho: tómatelo com bom humor e não dê muita importância.

Marisol Novo

Que significam o sangramento na gravidez

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Etapas
  4. Mudanças emocionais na gravidez

Relacionados

engravidarDesconfortoComunicaçãoGravidezGravidezEmbarazocambios emocionais gravidez estágios da gravidez segunda gravidez, parto, recém-nascido, bebê alimentação dieta massagens humor

15 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

LazerBebêsAlimentaçãoSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Alterações do aparelho digestivo durante a gravidez

Distúrbios e perturbações digestivas durante a gestação

Julita Fernández Matrona13 de janeiro de 2015

Os problemas digestivos na gravidez são, sem dúvida, as dificuldades mais comuns por que perguntam as gestantes em seu centro médico.

A gravidez produz muitos sintomas de tipo digestivo, a grande maioria não são considerados problemas de saúde no início, apesar de que alguns podem vir a sê-lo em alguns graus.

Alterações no aparelho digestivo da grávida

É de conhecimento popular a mudança nas apetites alimentícias da grávida, e estes podem ser muito variáveis, tanto pelo aumento do mesmo, como diminuição. Mesmo assim a ocorrência dos conhecidos como ‘desejos’, desejo intenso de comer um alimento ou um tipo de alimento em particular e a rejeição, no entanto para outros alimentos.

Problemas digestivos durante a gravidez

– Náuseas e vômitos: Devido ao importante mudança hormonal que ocorre, as mulheres, entre outros, costumam referir-se náuseas e vómitos, os quais se dão principalmente no 1º trimestre. São produzidos pelo hormônio BHCG, o hormônio do diagnóstico da gravidez. São tratáveis, mas nos casos mais intensos, em que as gestantes não toleram nenhum alimento, podem necessitar de internamento hospitalar.

– Prisão de ventre: Os hormônios também median no relaxamento da musculatura lisa de todo o trato gastrointestinal. Por exemplo, a prisão de ventre e a pirosis –azia- que sofrem de algumas grávidas. Os sintomas também são influenciados pela compactação, que realiza o útero a crescer sobre o intestino ou estômago, além da alteração dos hábitos alimentares.

– Hemorróidas: A compressão que produz o útero sobre o intestino e a faringe hemorróidais também favorece o aparecimento de hemorróidas.

– Problemas na boca: Também influencia no aumento da vascularização e hipertrofia nas mucosas: é típico da gravidez o aparecimento de épulis – tumoraciones nas gengivas-.

Pergunta para a sua parteira que medidas você pode tomar para aliviar esse desconforto. Ela pode aconselhar sobre todos os aspectos de sua gravidez.

O que significam as dores abdominais durante a gravidez

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Desconforto
  4. Alterações do aparelho digestivo durante a gravidez

Relacionados

GravidezDesconfortoGravidezGravidezGravidezRiesgosembarazo desconforto gravidez desconforto grávida vômitos náuseas desejos Julita Fernández distúrbios digestivos hormônios

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Mudança do bebê do berço para a cama

O desenvolvimento do bebê é o que leva à mudança do berço para a cama

Guiainfantil.com 05 de maio de 2017

É muito comum, depois que o bebê começa a dar os seus primeiros passos, sua agilidade se veja redobrada. Nesta fase, o bebê tentará uma liberdade muito maior de movimentos, o que lhe dará mais curiosidade por outras cositas e outros lugares da casa, até chegar ao ponto de poder sair, sozinho, de seu berço.

O seu desenvolvimento é o que leva à mudança do berço para a cama. Uma mudança que, por regra geral, costuma ter lugar a dois ou dois anos e meio, ou quando a criança sente que o berço já não tem tanto espaço para que ele durma e se estique.

Do berço para a cama: uma grande mudança para o bebê

Muitas crianças, especialmente os que têm irmãos mais velhos, tendem a dar este grande passo, mesmo antes dos dois anos, pelo simples desejo de imitar, de querer fazer e se comportar da mesma forma que seu irmão mais velho. Sentem-Se mais estimulados a subir este grande passo em direção à independência.

Outras crianças, ao contrário, embora gostem de estar em camas grandes, como a de seus pais, e até mesmo aceitar a idéia de dormir em uma cama só para ele, resistem a sair do berço. Isso é uma reação muito normal, já que foi o berço onde ele aprendeu a conciliar o sono, onde se sente protegido, protegido e mais seguro. O berço foi o seu primeiro ‘toca’.

Para animar e estimular uma criança a aceitar uma mudança nada melhor do que deixá-lo participar na tomada de algumas decisões. No caso da cama, o ideal é deixá-lo colaborar em tudo o que se refere à nova cama. A criança pode ajudá-la a escolher a sua nova cama, escolher as cores e estampas das novas lençóis, etc, ajudar no desmonte do berço e saber onde vai guardar, e assim com tudo.

Dependendo da criança, há casos em que é necessário um período de adaptação, ou seja, que a criança se vá habituando gradualmente à nova situação. Enquanto continua dormindo a noite em seu berço, deixe-lhe que jogue ou dormir a sesta na cama, até que se sinta mais seguro para ela e faça a mudança definitiva. Ao mesmo tempo, é necessário explicar os motivos da mudança, valorizando sempre o seu crescimento e o seu tamanho. E como se isso não bastasse, não deixe de levar para sua cama o boneco, a manta ou o brinquedo com o qual dormia no berço.

A melhor cama para crianças

Não existe no mercado uma cama ideal para as crianças. A cama ideal é aquela que se adapta ao crescimento do vosso filho e para o espaço que você tem no seu quarto, que seu preço esteja dentro do esperado, e que seja funcional. No entanto, na hora de escolher a cama para o seu filho, tenha em conta algumas dicas para sua segurança:

1 – Que a cama não tenha cantos pontiagudos que possam ferir a criança.
2 – o na cama, coloque uma balaustrada em uma ou nas duas laterais, para evitar que a criança corra o risco de cair.
3 – Que o cabeçalho seja o mais simples possível, evitando as grades que ofereçam perigo à criança
4 – entre a cama e o colchão não fiquem espaços onde a criança possa apertar uma mão ou um pé.
5 – Que a cama não seja muito alta para evitar riscos de algum golpe para as crianças.

Dormir junto. Argumentos a favor e contra

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Sonhos
  4. Mudança do bebê do berço para a cama

Relacionados

SonhosFeng ShuiSopas e cremes para criançasEducaçãoEducaçãoHermanosde o berço para a cama pesadelos de criança insônia sono dormir estimulação estimular o sono motivação berço cama de horários de dormir

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calendário de vacinação infantil 2018

Quando e de que vacinar o bebê em Portugal de acordo com a sua idade

Guiainfantil.com 04 de janeiro de 2018

Desde o nascimento até os 14 anos de idade, todas as crianças devem ser imunizadas, para evitar sofrer de determinadas doenças, bem como suas conseqüências e complicações.

As vacinas são produtos biológicos que servem para prevenir doenças infecciosas quando o nosso organismo desenvolve defesas específicas contra elas. Para ensinar o sistema imunológico a se defender, a vacina contém, em geral, parte do microorganismo causador da doença ou o germe inteiro, mas é morto ou enfraquecido. Por isso, você deve vacinar seu filho. Presta atenção ao calendário de vacinação infantil 2018 para mirar quando você toca uma vacina para o seu filho.

Calendário de vacinação 2018 para bebês e crianças

Apresentado pela Associação Espanhola de Pediatria – AEP

* Hepatite B: filhos de mãe portadora de AgHBs se irá aplicar a vacina HB mais gammaglobulina dentro de 12 horas que se seguem ao nascimento. Se continuar a vacinação com a vacina combinada hexavalente os 2-4-6 meses e a determinação de anticorpos de 1 a 3 meses após a vacinação. As crianças e adolescentes não vacinados lhes administrados, em qualquer idade, 3 doses de vacina monocomponente ou combinada com hepatite A, de acordo com o padrão 0, 1 e 6 meses.

** Varicela em crianças de 12 anos: Em pacientes suscetíveis fora das idades anteriores, vacinação com 2 doses com um intervalo de, pelo menos, 1 mês.

Mudanças no Calendário de Vacinação de 2018

As mudanças no calendário de vacinação 2018 são menores em frente ao calendário do ano passado. Entre as vacinas não comparticipadas, mas sim recomendáveis, estão as do rotavírus, o meningococos B em lactentes e a tosferina em adolescentes.

Ainda Se recomenda a vacinação contra o papiloma humano em meninas e crianças (o homem carrega o vírus, embora não desenvolva a) aos 11-12 anos de idade.

Como funcionam as vacinas no organismo do bebê?

Uma vez que o nosso organismo produziu anticorpos contra os germes modificados que contém, estes anticorpos que nos protegem contra os germes verdadeiros causadores da doença, destruindo-os e fazendo com que não enfermemos. Esta forma de reagir “aprendida”, nos proporciona imunidade contra futuros encontros com o microrganismo agressor, que aciona novamente a produção de anticorpos defensores.

A vacinação é uma das medidas mais eficazes para a prevenção das doenças. Atualmente, as vacinas mais utilizados no Brasil são: hepatite B, difteria, tétano, tosse convulsa, poliomielite, Haemophilus influenzae tipo b, pcr C, pneumococos, sarampo, rubeola, masculino ou papeira, a varicela, o vírus do papiloma humano, rotavírus, hepatite A e gripe.

Quando é que devemos vacinar o bebê

A vacinação deve ser controlado pelo médico ou pediatra. A primeira vacinação infantil é aplicada no centro de saúde onde nasceu o bebê. Lá você recebe a sua primeira dose da vacina contra a Hepatite B. A partir desta data, as vacinações são irão administrar aos 2 meses, aos 4 meses, 6 meses, 12 meses, 18 meses, 4 anos, 6 anos, 12 anos e 14 anos.

Todas as crianças devem receber as seguintes vacinas:

  • Vacina antihepatitis B (HB).
  • Vacina contra a difteria, tétano e tosse convulsa si (DTPa/Tdpa).
  • Vacina antipoliomielítica inativada (VPI).
  • Vacina conjugada contra o Haemophilus influenzae tipo b (Hib).
  • Vacina conjugada contra o pcr C (MenC).
  • Vacina conjugada contra o pneumococos (VNC).
  • Vacina contra o sarampo, rubeola e masculino (SRP).
  • Vacina contra o vírus do papiloma humano (HPV).
  • Vacina contra o rotavírus (RV).
  • Vacina contra a catapora (Var).
  • Vacina antigripal (Gripe).
  • Vacina antihepatitis A (SEMPRE).

A maioria das vacinas, com uma ou várias doses , que protegem do sofrimento da doença para toda a vida. Outras, como o tétano e a difteria, e precisam de uma dose de reforço para recuperar a proteção adequada.

Que tipo de reação produzem as vacinas em crianças

Como qualquer medicamento, algumas vacinas podem causar alguma reação no bebê. As mais frequentes são do tipo local, e referem-se à dor, vermelhidão ou inchaço no local da injeção. Em alguns casos, pode aparecer um pouco de febre, habitualmente moderada.

Fonte consultada:
AEP (Associação Espanhola de Pediatria)

Dicas para tratar o vírus mão-pé-boca em bebês e crianças

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Calendário de vacinação infantil 2018

Relacionados

Doenças infantisDoenças infantisBebêsSaúdeSaúdeMiedoscalendario de vacinas vacinação vacinas vacinas para crianças de vacinas para bebês vacinas para crianças calendário de vacinação

100 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoLazerSaúdeBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calendário escolar em Portugal. Curso 2016/2017

Calendário escolar de todas as Comunidades Autónomas de Espanha

Guiainfantil.com 17 de agosto de 2016

O calendário de cada ano letivo é definido através de portaria da Direção Geral de Ensinamentos Escolares. Determina as datas de início e de término do curso, os períodos de férias, os dias não letivos e feriados, em todas as Comunidades Autónomas de Espanha.

A Cada ano, o calendário escolar sofre variações gerais e alterações por Comunidades Autónomas. Toda a informação que necessita para saber quando começam o colégio das crianças, têm férias ou terminam o curso.

Quando começa e termina o colégio das crianças

Se você quer saber quando começa e termina oficialmente o ano letivo, em datas que caem das férias de Natal, Semana Santa ou no verão, quais os dias de cada mês são letivos ou feriados, consulte o calendário de cada curso escolarde sua Comunidade Autônoma, que se estabelece através de uma Resolução da Direcção-Geral de Ensinamentos Escolares.

As datas de início de curso, dias letivos e não letivos, férias de Semana Santa, Natal ou no verão e a data de conclusão do curso escolar mudam a cada ano.

Para poder planejar o curso de seus filhos com antecedência, consulte o link correspondente ao seu calendário escolar da Comunidade Autónoma da qual você faz parte, que você vai encontrar nesta tabela que aparece abaixo.

Aqui você vai encontrar o calendário escolar de todas as Comunidades Autónomas de Espanha, do ano lectivo 2016/2017:

Dicas para tornar mais fácil a volta ao colégio das crianças

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Educação
  3. Escola / Colégio
  4. Calendário escolar em Portugal. Curso 2016/2017

Relacionados

EscolaEscolaEscolaCozinha com criançasEducaçãoEscola / Colegiovuelta ao colecalendario escolarinicio de cursofin de cursodías festivosdías não lectivosvacacionessemana santavacaciones de verão

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calendário de nomes de santos para meninos e meninas

Há alguns anos era uma tradição muito enraizada em alguns países: o bebê recebeu o nome do santo do dia. Assim nos encontramos com nomes dos que hoje são avós que não são muito populares ou comuns, e é que, às vezes, o santoral do dia coincidia com um nome que não era muito habitual.

Mesmo assim, o santoral não só está cheio de nomes que hoje ficaram defasadas, há também nomes comuns e frequentes, e aqueles que tendem a aumentar todos os anos, as listas de nomes para meninos e meninas mais populares.

Guiainfantil.com oferece um calendário detalhado com todos os santos do dia, de acordo com o mês do ano em que se encontre. Entra no mês que desejar, você vai encontrar os nomes que celebram a sua onomástica cada dia do mês. Além disso, oferecemos a história de cada nome, sua origem e significado e um desenho para colorir.

Janeiro. Nomes para bebês. Calendário dos santos de Janeiro para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Janeiro através deste Calendário interativo.

Fevereiro. Nomes para bebês. Calendário dos santos de Fevereiro para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Fevereiro através deste Calendário interativo.

Março. Nomes para bebês. Calendário dos santos de Março para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Março através deste Calendário interativo.

Abril. Nomes para bebês. Calendário dos santos de Abril para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Abril através deste Calendário interativo.

Maio. Nomes para bebês, santoral do mês de Maio. Calendário dos santos de Maio para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Maio através deste Calendário interativo. Use a nossa guia e pesquisa de nomes para bebês, e será mais fácil escolher o nome do seu bebê.

Junho. Nomes para bebês. Calendário dos santos de Junho, para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Junho através deste Calendário interativo.

Julho. Nomes para bebês do mês de Julho. Calendário dos santos de Julho para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Julho através deste Calendário interativo.

Agosto. Nomes de santo para bebês do mês de Agosto. Calendário dos santos de Agosto, para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Agosto através deste Calendário interativo. Signifcado dos 31 nomes de santo, que se celebram no mês de Agosto, para bebês.

Setembro. Nomes para bebês do mês de Setembro. Calendário de santos, que se realizam em Setembro para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Setembro através deste calendário interativo. Basta clicar em cada data para conhecer a origem e o significado dos nomes de santo a que corresponde.

Outubro. Nomes para bebês do mês de Outubro. Calendário dos santos de Outubro, para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Outubro através deste calendário interativo.

Novembro. Nomes para bebês, de a a Z, do mês de Novembro. Calendário dos santos de Novembro para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Novembro através deste calendário interativo.

Dezembro. Nomes para bebês. Santoral de Dezembro. Calendário dos santos de Dezembro para ajudá-lo a escolher o nome do seu bebê. Conheça os nomes de santo de Dezembro através deste Calendário interativo.

Calculadora da gravidez

Te ajudamos a realizar um acompanhamento completo de sua gravidez de uma forma simples e com ferramentas imprescindíveis para todos os casais que estão esperando um bebê. Através de nossas calculadoras e agendas poderá saber quais são seus dias férteis para conseguir uma gravidez, em que semana de gestação você está, como se desenvolve o bebê na barriga, que mudanças você vai experimentar seu corpo em gestação, e até mesmo você pode saber a data provável do parto.

Guiainfantil.com foi elaborado e reuniu as calculadoras mais úteis para que você tenha ao seu alcance toda a informação necessária para viver a gestação com tranquilidade e confiança.

Com essas ferramentas você pode ter um melhor controle de sua gravidez. Entre as muitas calculadoras que temos, destacam-se: calculadora os dias férteis para engravidar de uma menina, e um menino, e calculadoras de gravidez semanais, mensais e trimestrais.

Estas práticas aplicações ajudam a manter atualizado sobre o desenvolvimento de sua gravidez:

Calculadora de dias férteis. Calculadora de ovulação. Calcule o melhor momento para engravidar conhecendo seus dias férteis. Calendário da gravidez e o parto. Se procura uma gravidez, você pode controlar quais dias você está ovulando para que ocorra a fecundação. Use nossa calculadora de ovulação para saber em que dias do mês podes ficar grávida.

Calendário da gravidez. Você está grávida? Acesse esta calculadora e calendário da gravidez para saber em que estágio de gestação você está e qual pode ser sua data provável do parto. Calcula as datas mais importantes da gravidez. Calendário da grávida. O período de maior risco de aborto. Calcula a data do nascimento de seu bebê.

Calculadora de peso na gravidez. O peso ideal durante a gravidez. Calculadora do peso ideal da mulher durante a gestação. GuiaInfantil.com oferece-lhes a possibilidade de saber se o peso da grávida é o adequado de acordo com a semana de gestação em que se encontra. Como saber quanto de peso deve aumentar a mulher, mês a mês, durante a gravidez.

Calculadora para se ter uma menina. Você pode escolher o sexo do bebê que você vai ter. Se quiser engravidar de uma menina, use essa Calculadora de ovulação. É aconselhável programar as relações sexuais de 5 a 3 dias antes da ovulação para fazer com que os espermatozóides X, femininos, que tenham sobrevivido a E, masculinos, possam completar a sua viagem para o óvulo e fecundarlo. Gostaria de saber como engravidar de uma menina?

Calculadora para ter um bebê. Se quiser engravidar de um menino ou ter um homem deve manter relações sexuais o mais próximo possível do dia da ovulação, ou seja, 24 horas antes e 24 horas depois do dia mais fértil. Como saber? Use a nossa calculadora da ovulação. Assim, você pode ter o filho tão desejado. Sucesso!

Calculadora de data de parto. Calculadora da data do parto. Se quiser saber em que dia nascer seu bebê, use a nossa calculadora a data do parto. Como calcular a data do parto e a data de nascimento de seu bebê. GuiaInfantil.com indica como saber a data aproximada do seu parto, o grande dia em que nascer o seu filho.

Calculadora de semanas, meses e trimestres. Saiba em que fase da gravidez se encontra. Como calcular as semanas, meses e trimestres de gravidez. As fases da gravidez de acordo com a semana, o mês e o trimestre. Calculadora útil de estágios para mulheres grávidas. Com este simples calendário da gravidez poderá saber em que estágio da gestação você está, uma forma de não empacotar com as semanas e meses de gravidez.

Calculadora semana a semana. A grávida e o crescimento do bebê gravidez semana a semana. Um resumo completo com as mudanças que ocorrem no corpo da mulher grávida, o desenvolvimento e crescimento do bebê, a saúde e as emoções da futura mamãe, a dieta e alimentação para a grávida e as curiosidades próprias de cada semana de sua gravidez.

Calculadora e calendário da gravidez

Calendário da gravidez para saber o que vos acontece com você e seu bebê em cada semana de gestação

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe19 de junho de 2018

Muitos parabéns! Você está grávida e em breve você será mãe. A gravidez é um momento emocionante e uma grande oportunidade para aprender a conhecer mais sobre o crescimento e o desenvolvimento do seu filho. Sabemos que existem muitas informações em livros, revistas, bem como na Internet, mas não se preocupe, pouco a pouco vai descobrindo mais e mais coisas sobre o mundo do bebê e do coração que começa a bater dentro de ti.

Esta calculadora e calendário de gravidez lhe ajudará a conhecer o que acontece em cada fase da gestação e como cresce seu bebê dentro da sua barriga.

Como conhecer cada etapa da gestação

Ser mãe ou pai é uma experiência única para a qual se deve estar preparado. Exige muito compromisso e responsabilidade não só com o bebê que está a caminho, ou que já tenha nascido, se não também com o casal e especialmente com as mudanças que ocorrem no corpo e na mente de sua futura mãe, devido à ação dos hormônios da gravidez.

Para calcular quando é a sua data de vencimento de uma opção, é somar 280 dias a partir do primeiro dia da última menstruação ou usar uma fórmula que consiste em somar 7 dias e subtrair três meses a partir da data de sua última menstruação.

GuiaInfantil.com quis estar presente neste momento de espera tão especial, preparando uma calculadora e calendário da gravidez através do qual você poderá saber como se desenvolve o seu bebê semana a semana em seu ventre, até o momento do parto. Vive cada momento da sua gravidez!

Calculadora e calendário da gravidez

Como é o terceiro mês de gravidez

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Etapas
  4. Calculadora e calendário da gravidez

Relacionados

DietasGravidezDesconfortoEtapasGravidezEmbarazocalculadoracalculadora embarazocalendario embarazoembarazo mês a mesembarazodía nacimientobebérecién nacidoembarazada

391 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoLazerSaúdeBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calculadora de percentis de peso de meninos e meninas

Como calcular os percentis de peso dos bebês, meninos e meninas

Guiainfantil.com 26 de janeiro de 2018

A calculadora de percentis de peso é uma ferramenta que serve para fazer um acompanhamento do peso das crianças, e assim saber se o que eles pesam está dentro da normalidade.

Graças às tabelas de percentis da OMS (Organização Mundial da Saúde), os pais podem verificar em que percentil está seu filho e qual o peso que deveria ter, de acordo com sua idade e sexo. Claro que será o pediatra quem avalie se a criança está em seu peso correto ou não, mas a partir de casa, os pais podem ter uma idéia através desta calculadora de percentis de peso.

Calculadora de percentis de peso das crianças

GuiaInfantil.com oferece uma calculadora de percentis de peso para bebês e crianças. Apenas terá que escolher o sexo do seu filho, sua idade, seu peso, e a nossa calculadora ensinar se o que pesa o seu filho é adequado à sua idade e sexo, ou se esta for inferior ou superior à da média.

Percentis para crianças. Peso do menino e menina

Preencha os seguintes campos:Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Bebês
  3. Peso e estatura
  4. Calculadora de percentis de peso de meninos e meninas

Relacionados

EtapasAlimentaçãoCozinha com criançasEducaçãoBebêsSaludpeso do bebê calculadora de peso medidas do bebê percentil de peso revisão do bebê desenvolvimento e crescimento do bebê obeso obesidade infantil

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

SaúdeAlimentaçãoLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calculadora da ovulação e dias férteis

Para engravidar há que saber os dias férteis, ou o dia da ovulação

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe20 de abril de 2018

Apenas algumas mulheres são capazes de perceber quando estão ovulando, porque experimentam certos mudanças, desconforto ou dores corporais em seus dias férteis.

Mas, em geral, a ovulação nem sempre se manifesta com estes sentimentos e, às vezes, é difícil saber com certeza quando você está ovulando. Com esta calculadora da ovulação, abaixo, você poderá facilmente determinar quais são os dias do mês em que você vai encontrar mais fértil para conseguir o desejado gravidez.

Calcula seus dias férteis para ter um bebê

Se seus ciclos menstruais são regulares, é importante anotar em um calendário os dias em que aparece sua menstruação. Faça isso durante três ou quatro meses, e assim poderá avaliar se sempre ocorre após o mesmo período de tempo. Se é assim, então será mais fácil descobrir com a calculadora de ovulação seus dias férteis, ou seja, quais os dias do mês são os mais favoráveis para ter relações sexuais e ficar grávida.

Geralmente, passam 14 dias a partir do dia em que ovulas, seus dias férteis, até o próximo período menstrual. Portanto, se você subtrair 14 dias do que o número total de dias do seu ciclo, você pode calcular o dia aproximado em que ovulas, começando a contar desde o primeiro dia da menstruação ou regra. É importante ter em conta a fase lútea do ciclo menstrual.

Se o que quer é ficar grávida, tenta descobrir a data da sua ovulação para que ocorra a fecundação. Assim, poderá ter mais controle sobre os dias em que você se encontra mais fértil para conceber o bebê que tanto deseja.

Tente! É muito simples. Basta inserir alguns dados e você obterá o resultado.

Calculadora da ovulação: Dias mais férteis para engravidar

Qual foi o primeiro dia da sua última menstruação?Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Engravidar
  4. Calculadora da ovulação e dias férteis

Relacionados

EtapasengravidarGravidezGravidezEducaçãoFicar embarazadacalculadora do embarazocalculadora da ovulacióndías fértilesquedar embarazadacalendarioembarazorelaciones sexualesfecundacionconcepcion

784 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoLazerSaúdeBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calculadora da data do parto. Quando nascerá o bebê

Indicamos como calcular a data do parto e a data de nascimento de seu bebê

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe31 de agosto de 2018

Quando nascerá o meu bebê? À medida que A gravidez avança, o desejo da mulher, como também do pai, por saber a data do nascimento de seu bebê, aumenta. Quanto tempo falta para que se coloque de parto e que seu bebê venha ao mundo?

Pensando nisso, GuiaInfantil.com criou esta Calculadora de data de parto para que os pais possam descobrir a data aproximada do nascimento do seu bebê.

Calcula a data do nascimento do bebê

Esta calculadora de data de parto é simples e muito fácil. Você só terá que adicionar a data do primeiro dia de sua última menstruação e a duração de seus ciclos menstruais.

Ao clicar no botão CALCULAR para conhecer não apenas a data provável do parto, como também a data de concepção, quando é possível ouvir os primeiros batimentos do coração de seu bebê, a data dos primeiros movimentos do bebê, a semana de gravidez em que você está, e quando você poderá saber o sexo do seu bebê. O que mais se pode pedir?

Calculadora de parto

Qual foi o primeiro dia da sua última menstruação?Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Calculadora
  4. Calculadora da data do parto. Quando nascerá o bebê

Relacionados

PartoGravidezPartoPartoPartos alternativosEmbarazofecha de partonacimiento do bebédar a luzcorazón do bebécuándo nacerácalculadora de data de partosexo do bebésintomas do partollegada do bebê

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

LazerBebêsAlimentaçãoSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calculadora de altura para meninos e meninas

Utilize a nossa calculadora para saber quanto medidos seus filhos quando forem maiores

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe31 de agosto de 2018

Uma das perguntas que nos fazemos os pais é: quanto medirá o meu filho quando crescer? A altura de uma criança é determinada por vários fatores, entre eles a genética, a alimentação e as possíveis doenças durante a fase do crescimento, que costuma parar aos 21 anos de idade, sobretudo nos homens. Existem diferentes condições, tanto médicas como étnicas que podem influenciar a altura das crianças.

Calculadora do crescimento de crianças para conhecer a sua altura

Se quiser saber que altura terá o seu filho quando for maior, Guiainfantil.com convida-o a usar a calculadora de altura para meninos e meninas. Trata-Se de uma ferramenta muito fácil de usar. Você só terá que colocar o sexo de seu filho, a sua idade e a sua altura atual. O resultado que você obtiver será uma aproximação à altura do seu filho quando terminar o seu crescimento.

Quanto medirá o meu filho ou filha?

Preencha os seguintes campos:Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Calculadora de altura para meninos e meninas

Relacionados

EtapasEtapasAlimentaçãoEducaçãoPeso e estaturaVerdurascalculadora de alturacrecimiento infantilpercentiltallacalculadora estaturaestaturaaltura dos niñospeso infantilcalculadora de crecimientopesos e medidas

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calcula seus dias férteis para engravidar de uma menina

Te ensinamos um método para calcular seus dias férteis e engravidar de uma menina

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe16 de maio de 2018

A maior parte da gravidez são o resultado de ter tido relações sexuais 2 dias antes da ovulação, mas também pode ocorrer alguns dias antes ou depois, já que os espermatozóides podem viver até 5 dias e o ovo até 24 horas após a ovulação.

Mas, será que há algum truque para determinar o sexo do bebê? Se temos como detectar seus dias férteis para engravidar de uma menina.

Como calcular os dias férteis para alcançar a gravidez

Em geral, toma-se como o período mais fértil da mulher entre o dia 12 e 16 antes do período. Ainda assim, nem todas as mulheres têm períodos regulares, o ciclo de cada mulher é diferente e por isso que o complicado vem na hora de identificar a ovulação. É por isso que existem métodos que nos ajudam a identificar os dias férteis:

  • A temperatura basal.
  • Método do muco cervical.
  • Kit de previsão de ovulação.
  • Aplicativos de celular que ajudam a manter um calendário.
  • Rotina para a hora de ter relações sexuais, por exemplo, praticar sexo a cada 2 dias.

Calcular os dias férteis conceber uma menina

Como se determina o sexo do bebê? O que determina o homem, que é quem traz cromossomos X E y, enquanto que o da mulher é XX. Pois bem, os cromossomos, que são os masculinos são mais rápidos mas mais delicados e frágeis. Os cromossomos X são mais lentos, porém mais resistentes e sobrevivem mais tempo.

Nisto se baseia um dos métodos mais populares para engravidar de uma menina: o método Shettles.

Consiste em programar as relações sexuais de 5 a 3 dias antes da ovulação e depois abster-se até ao fim da ovulação. Por quê? Se houver relações sexuais posteriores, pode chegar uma nova remessa de espermatozóides masculinos, que são mais rápidos, e um deles pode fecundar o óvulo.

É um método que tende a ter um percentual de acerto de 75%, sempre que se faça, claro está, com o dia exato da ovulação.

Portanto, tens de calcular seus dias férteis para se ter uma menina, programando suas relações sexuais e realizando o ato sexual em uma posição que não permita uma penetração mais profunda, para que a fertilização seja mais lenta.

Aprenda a calcular seus dias mais férteis para conseguir a gravidez

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Engravidar
  4. Calcula seus dias férteis para engravidar de uma menina

Relacionados

FertilidadeFertilidadeCalculadoraEducaçãoengravidarEmbarazodias fertilesovulacioncalcular a ovulacioncalcular dias fertilestener uma niñaembarazo de uma niñasexo do bebéniño ou niñaconcebir uma niñaquedar grávida de niñacalculadora de dias férteis

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

SaúdeAlimentaçãoLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Calcula as semanas, meses e trimestres de sua gravidez

Contamos-lhe como você pode saber qual é a sua semana, o mês e o trimestre de gravidez

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe12 de janeiro de 2018

Quando uma mulher fica grávida, começam as visitas ao obstetra ou parteira. Muitas futuras mamães se sentem confusas na hora de calcular em que estágio se encontram de sua gravidez, já que existem diversas formas de contabilizarlo: por trimestres, meses e semanas.

Calculadora de trimestre, mês e semana de gravidez

Já que é muito difícil calcular a data exata da concepção, costuma-se utilizar como data de referência da última menstruação. A partir dessa data, contam-se 40 semanas, 280 dias, para fixar a data provável do parto.

Os obstetras têm em semanas, e assim se acostumar a fazê-lo, grávida, mas, a que mês corresponde a cada semana de gestação?, quais trimestre da gravidez está de acordo com a sua semana de gravidez? Solucione todas as suas dúvidas.

Primeiro trimestre da gravidez

O primeiro trimestre de gravidez abrange desde a semana 1 até 13. O primeiro trimestre de gravidez é a fase de descobertas, de dúvidas e informações sobre saúde, exames médicos, alimentação, etc, tudo o que é necessário para manter uma saúde equilibrada.

Segundo trimestre da gravidez

Você estará em seu segundo trimestre de gravidez entre a semana 14 e 26

Terceiro trimestre da gravidez

O terceiro trimestre de gravidez começa na semana 27 e termina no 40, mas pode-se prolongar até a 42.

O que você deve evitar durante a gravidez

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Etapas
  4. Calcula as semanas, meses e trimestres de sua gravidez

Relacionados

GravidezSaúdeGravidezEtapasGravidezEmbarazocalculadora embarazoetapas embarazosemanas de embarazotrimestres embarazomeses de embarazocalculadora grávidas

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoLazerSaúdeBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Cólicas durante a gravidez

As cãibras são uma das moléstias mais comuns na gravidez

Estefânia EstebanResponsable Multimedia29 de maio de 2018

Muitas mulheres grávidas acordam sobresaltadas durante a noite, porque um músculo da perna se lhes tenha contraído e isso lhes produz uma dor momentânea muito chato.

Trata-Se de cãibras próprios da gravidez e, se, além disso, acontecem no terceiro trimestre de gravidez, acrescenta-se a dificuldade de movimento para poder esticar bem o pé e que a dor desapareça

As dores da gravidez

As cãibras são contrações involuntárias de um ou vários músculos que se costumam produzir na altura da panturrilha, em geral, o gêmeo. Às vezes, também ocorrem nos músculos abdominais. É uma sensação dolorosa, mas costuma enviar em seguida.

As mulheres que sofrem de cólicas antes da gravidez são mais propensas que ocorra ao longo da gestação. Costumam estar relacionados com a fadiga muscular. Acredita-Se que estão associados ao cansaço, mudanças de temperatura ou a permanência em uma posição que vai se esgotando ao músculo. Mesmo um mau gesto pode desembocar em um também.

As cãibras ocorrem principalmente durante a noite, quando o corpo está em estado de relaxamento, e são mais frequentes no segundo trimestre de gravidez. Por outro lado, durante a gravidez, o crescimento do útero pode pressionar algum nervo e isso há mais frequentes os choques.

Uma vez que o também ocorreu, a melhor maneira de passar a dor e o músculo relaxar é esticar bem a perna, trazendo para si os dedos dos pés, assim trabalha o músculo em sentido contrário e, pouco a pouco, se expande.

Causas das cãibras na gravidez

Na reta final da gravidez você demorar a chegar ao pé para puxá-lo para você, por isso terás de pedir ajuda. Em caso de encontrar você só pode colocar o calcanhar no chão e os dedos do pé na parede e fazer uma força de impulso para a frente, assim estirarás o músculo.

Em algumas ocasiões os cólicas durante a gravidez deve-se a uma deficiência de vitamina B6. Se os episódios de cãibras são muito frequentes, o seu médico pode recetarte um suplemento com esta vitamina. Por sua parte , você pode comer bananas, ricos em magnésio e potássio , porque incentivarão que não apareçam os indesejáveis cólicas.

Para evitar o seu aparecimento também tens de cuidar da postura que você assume, evitando sobrecarregar as pontas. Beber muita água, caminhar todos os dias, fazer massagens suaves nas pernas, usar sapatos baixos, ou realizar duchas de água fria nas pernas são algumas dicas que você pode fazer para prevenir as cãibras durante a gravidez.

Como prevenir as varizes e acalmar as cólicas na gravidez

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Desconforto
  4. Cólicas durante a gravidez

Relacionados

GravidezGravidezDesconfortoGravidezMassagensEmbarazoembarazoembarazadasegundo trimestrecalambresmolestias do embarazomúsculos abdominalesfalta de potasiocontracciones

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

LazerBebêsAlimentaçãoSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bolinhos de bacalhau sem glúten, receita para crianças celíacos

Guiainfantil.com 09 de março de 2015

As crianças, geralmente, não gostam de peixe, e é uma boa idéia presentárselo de forma original. Você pode fazê-lo com esta receita de bolinhos de bacalhau sem glúten, um jantar apta para crianças celíacos.

A alergia ao glúten pode ser uma complicação na hora de elaborar o cardápio das crianças, mas tanto para celíacos como para aqueles que toleram o glúten pode adaptar essa receita com bacalhau, um peixe com muitos nutrientes para que cresçam saudáveis.

Ingredientes

  • 200 grs. de bacalhau demolhado
  • 200 gr. de farinha sem glúten
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1 ovo
  • Óleo
  • Salsinha
  • Sal

Dicas: você Pode substituir o bacalhau por peixe branco que preferir.

Preparação dos bolinhos de bacalhau sem glúten

1. Em uma tigela, misture a farinha com o fermento e um pouco de sal.

2. Outra tigela bata o ovo com um pouco de azeite e adicionar pouco a pouco a farinha. Se a massa fica muito grossa adicione algumas colheres de sopa de água.

3. Cortar o bacalhau em cubos e adicione-o à mistura com um pouco de salsa, misture bem para que fique homogêneo e corrigir de sal, se necessário.

4. Colocar muito óleo para aquecer em uma panela. Quando estiver bem quente, despeje uma colher de sopa da massa, deixe até que doure, retirar e escorrer em um prato com papel de cozinha. Continue até terminar a massa.

Aqui você tem outras receitas de peixe para crianças.

Como deve ser a cena ideal e nutritiva para crianças

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

  1. Capa
  2. Receitas
  3. Peixes
  4. Bolinhos de bacalhau sem glúten, receita para crianças celíacos

Relacionados

CelíacaCelíacaCozinha com criançasAlimentaçãoSaúdeCeliacosreceta para crianças sem glúten intolerância ao glúten jantar para crianças receitas de cozinha bolinhos de bacalhau, bolinhos de carne, de peixe e croquetes de bacalhau

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Burritos com carne moída. Receita mexicana para crianças

Pedro Oliver18 de fevereiro de 2015

As tortillas ou panquecas de trigo são alguns ingredientes muito utilizados na maioria das receitas típicas mexicanas. Tanto as fajitas como tacos e burritos, tortillas são o principal sustento para o resto de ingredientes. Além de ser pratos muito completos, já que contêm vários ingredientes nutritivos, como legumes ou carnes, são deliciosas comidas que adoram as crianças.

Em Guiainfantil aconselhamo-lo a aprender a fazer seus próprios burritos mexicanos com carne moída. Este prato é ideal como aperitivo, mas também pode servir como prato único. Você pode fazê-los com e sem picante ou acompanhá-lo com um rico guacamole. Você decide como preencher os burritos. Faça o que fizer serão ótimos e a seus filhos vão adorar.

Ingredientes

  • Tortillas de trigo ou de milho
  • 500 gr. de carne moída
  • 6 colheres de sopa de tomate frito
  • Alface
  • 1 pimentão vermelho e 1 verde
  • 1 cebola
  • Tomates
  • Queijo ralado

Dicas: As preparações de burritos costumam conter um tempero para a carne. Se você vai fazê-los às crianças o melhor é que não se use o tempero, é bastante picante.

Preparação dos burritos com carne moída

1. Pique os pimentões e a cebola e frite com um pouco de óleo até que amacie.

2. Acrescente a carne e freírla a fogo lento, para que fique bastante tenra.

3. Adicionar o tomate frito ou triturado e refogue por alguns minutos para que se misturem bem os ingredientes.

4. Escorra bem e coloque um pouco no centro de cada tortilha de trigo. Adicionar fatias de tomate e um pouco de queijo ralado.

5. Dobrar a omelete e feche uma das extremidades para que não se deixe cair o recheio. Você pode acompanhar o prato com um pouco de guacamole.

Bom apetite!

Pão de queijo. Vídeo da receita

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

  1. Capa
  2. Internacionais
  3. Receitas Mexicanas
  4. Burritos com carne moída. Receita mexicana para crianças

Relacionados

ReceitasReceitas MexicanasNomesReceitasNomes para criançasNomes para niñosburritos mexicanos comida mexicana burritos com carne moída receitas mexicanas pratos do México burritos receitas para crianças

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bullying. Chaves para agir contra o bullying

Bullying é uma palavra que pouco a pouco se foi instalando no nosso vocabulário. Seu significado é assédio e pode dar-se de forma precoce, em escolas e faculdades.

O bullying ocorre quando um ou mais crianças agridem, insultam, humilham ou ignoram a outro. A vítima costuma padecer o sofrimento em silêncio, por isso é importante que os pais estarmos atentos aos sinais ou sinais de um possível caso de bullying. No Guiainfantil.com nós selecionamos os melhores dicas de especialistas para que possamos ajudá-lo a identificar e agir contra o bullying.

O assédio escolar nem sempre é fácil de identificar, por isso, é importante que os pais saber: que sinais indicam que nosso filho é vítima de bullying, ou até mesmo é o autor do assédio, como agir para ajudar a criança e, sobretudo, como prevenir os casos de assédio que se dão em colégios e escolas.

Que é o bullying. Que entendemos por assédio escolar ou bullying. Guiainfantil.com revela-nos todos os tipos de assédio escolar que vivem muitas crianças em idade escolar, assim como se desenvolvem e prejudicam os envolvidos. Quando falamos de assédio escolar ou bullying estamos fazendo referência ao abuso psicológico e físico que sofrem muitas crianças.

Consequências do bullying. As consequências do bullying são numerosas e nocivas tanto para a vítima como para o agressor. Há sintomas inequívocos de que seu filho pode estar sofrendo bullying, tristeza, problemas fase crônica, depressão, distúrbios emocionais… Se quiser saber quais são as consequências do bullying para as crianças, leia este artigo.

Causas do bullying escolar. As causas do bullying ou assédio escolar pode residir nos modelos educativos que são uma referência para as crianças, na família e/ou na escola.O assediador se crê superior à da vítima e busca ver que o rodeia está errado. Se falamos sobre as causas do bullying residem nos modelos educacionais das crianças. Causas do bullying escolar.

O papel dos pais frente ao bullying. O que podem fazer os pais quando descobrem que seu filho é o assediador ou do assediado na escola. É aconselhável que os pais construam um canal de comunicação e de confiança com o seu filho para que ele se sinta confortável para falar sobre o bem e o mal.

O assédio escolar em crianças entre 8 e 10 anos. O assédio escolar em crianças de 8 e 10 anos. 10 por cento dos alunos de quinto e sexto primária sofre abuso psicológico. Um maior envolvimento dos pais e o fortalecimento da auto-estima, reduzir a violência escolar.

Como evitar o bullying escolar. Bullying ou assédio escolar. Medidas para prevenir e controlar o bullying escolar. Tanto a família como a escola ou colégio podem evitar o bullying ou assédio escolar.

Como colocar um fim ao bullying. O assédio escolar é duro, cruel e muito perigo. Acaba com a auto-estima e com a ilusão de nossos filhos. Existe alguma maneira de terminar com ele? Como acabar com ele? Na Finlândia, experimenta com sucesso com um programa de combate ao bullying escolar. Tomemos nota.

Como identificar o bullying. Como saber se a criança sofre bullying ou assédio escolar. Sinais que indicam que seu filho está sendo intimidado na escola. Que comportamentos ou hábitos apresentam as crianças assediados.

O agressor e a vítima de bullying. Onde e como ocorre o bullying escolar. Perfil do assediador e do assediado de bullying. O agressor fato de a vítima, nos banheiros, nos corredores, no refeitório, no pátio, reservando suas ações durante a ausência de maiores. Em alguns casos, o bullying ultrapassa as paredes do colégio. O agressor e a vítima do bullying.

A tolerância contra o bullying. Uma campanha da Unicef nos lembra a todos a importância do valor da tolerância contra o bullying. Campanha da Unicef Chile contra o bullying escolar ou bullying. O protagonista é um menino extraterrestre que todos insultam ou ignoram por ser diferente. Por que a tolerância é tão importante contra a violência.

Como denunciar o bullying no México. O bullying escolar é um dos problemas que mais preocupa os pais mexicanos. E é que muitas crianças sofrem bullying em silêncio. Os pais devem estar atentos e denunciar os primeiros sintomas. Mas, como você pode denunciar em caso de que a criança aflita viva no México?

Vídeos educativos sobre o bullying escolar. Oferecemos uma lista de vídeos educativos para entender melhor o que é o bullying e você pode evitar que seus filhos sejam stalkers ou assediados. Conheça as causas, consequências, como identificar se uma criança sofre bullying e qual é o papel dos educadores e dos pais.

Quando a criança não reconhece a ser vítima de bullying. Portugal é um ou de todos os países do mundo desenvolvido, em que os meninos de 11, 13 e 15 anos os reconhece em menor grau que foram vítimas de assédio escolar.

Assédio escolar é também ignorar alguém. Bullying ou assédio escolar. Muitos acreditam que as situações de assédio são ativas, e consiste em intimidar ou atacar pessoalmente a alguém bem com palavras ou com violência física, mas poucos sabem que ‘passar de alguém’ é também assédio e bullying.

Bullying: o que dizem as crianças, através de seu corpo. Bullying e bullying. O tema do assédio escolar é um dos que mais preocupa e incomoda os pais. O assédio vai inibindo e destruindo a segurança, a força, a auto-estima, o entusiasmo, a confiança e a liberdade das crianças.

Bons hábitos nas crianças. Dizer um oi, adeus e obrigado

Como podemos ensinar boas maneiras aos nossos filhos

Estefânia EstebanResponsable Multimedia27 de junho de 2016

No início, pode não lhe dar importância. As crianças, quando são pequenos, não pensam em cumprimentar. Nem em dar as graças quando recebem algo. Os bons modos, são, como as regras, algo que você deve aprender, pouco a pouco. Trata-Se de uma disciplina mais. E os pais, nesta disciplina, são os seus principais mestres. Lembre-se que os filhos, muitas vezes, são o nosso reflexo.

Ensina a criança a dar as graças

A gratidão é um dos principais valores que devem aprender os nossos filhos. As crianças, por regra geral, são egoistas. Por isso lhes custa a entender que, quando recebem alguma coisa, devem dar as graças. Especialmente se eles são pequenos. Antes dos dois anos, repitirán a palavra, mas não entenderão o que significa. À medida que crescem, começam a valorizar a palavra ‘obrigado’.

– Explique-lhe que, se alguém faz algo por nós, devemos recompensá-lo com um ‘obrigado’. Seja um presente físico ou algo imaterial. Com o tempo devem dar-se conta de que receber um beijo da avó é tão ou mais gratificante do que receber um presente.

Dar graças por algo é um reforço positivo. Também uma ferramenta para aumentar a auto-estima de seus filhos. Agradece as pequenas coisas que façam recolher seus brinquedos, ajudar a pôr a mesa… desta forma, entender o significado da palavra, ao mesmo tempo em que se sentem úteis e autônomos.

Ensina a teu filho, para cumprimentar

Dizer ‘oi’ e ‘tchau’ é um gesto de cortesia que as crianças devem aprender desde pequenos. Plantéalo como uma regra básica de educação. Faz parte de uma comunicação mais básica entre as pessoas. Se você quer que seu filho seja mais uma pessoa sociável, deve-se entender que cumprimentar é um princípio básico. Manifesta respeito e cordialidade.

Como ensiná-lo a cumprimentar? Quando passar alguém junto com você e lhe saúdes, recuérdale a seu filho que deve fazê-lo. Que ele também deve dizer ‘oi’ e ‘tchau’ para seus amigos. Mas atenção, há crianças que não querem cumprimentar por timidez, que se escondem por trás de seus pais, porque lhes dá ‘vergonha’. Nesses casos, não lhe forças, nem muito menos lhe humilles com frases como ‘é que este menino nos deixou muito estranho. Explique-lhe depois a importância de cumprimentar os outros e ser gentil. Pouco a pouco o vai assimilando. Dê tempo.

A importância de ensinar normas de educação para os seus filhos

Tudo o que seus filhos aprendam de pequenos, os servirá para crescer como um adulto sociável e seguro de si mesmo. Mais vai saber como se relacionar com os outros e não terá nenhum medo de se mostrar como é. Se você quer que seu filho seja mais um adulto feliz, você terá que impor desde pequeno algumasregras. Se deixar de fazer o que quer, mais não saberá enfrentar a vida real. Saudar e dar as graças, são regras básicas de comportamento e relacionamento entre as pessoas. E lembre-se, que a melhor maneira de que seus filhos aprendam é, dando exemplo.

Quando e como devemos colocar limites às crianças

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Educação
  3. Conduta
  4. Bons hábitos nas crianças. Dizer um oi, adeus e obrigado

Relacionados

EducaçãoEducaçãoValoresEducaçãoChocolateCelebracionesBuena educação boas práticas crianças educados cumprimentar agradecer educação valores de dizer olá dizer adeus

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bons hábitos alimentares em crianças

Como colocar em prática bons hábitos à hora da refeição das crianças

Guiainfantil.com 15 de outubro de 2015

Para que as refeições familiares sejam mais tranquilas e relaxadas possíveis, sem distrações por parte de crianças nem desesperos por parte dos pais, é necessário ter em conta algumas diretrizes quanto aos alimentos, ao horário e à conduta que se deve ter na mesa.

Antes de nos sentarmos para comer, é importante que as crianças saibam o que esperamos deles. Para que isso seja possível, é aconselhável que coloquemos em prática algumas bons costumes.

11 dicas para que as crianças comam bem

1. Chamar as crianças para a mesa e antes de nos sentarmos para comer, todos devemos lavar nossas mãos. É uma norma que, além de preparar as crianças para comer, lhes ensinam bons hábitos de higiene.

2. Antes de ir para a mesa, os meninos devem recolher, com ou sem a ajuda dos pais, a depender da idade da criança, os brinquedos que estavam manipulando ou parar com a atividade que estavam desfrutando, para que possam se concentrar na comida e não no que estavam fazendo antes. Tanto os brinquedos, como a televisão não devem ser permitidos na hora da comida

3. Para que as crianças venham à mesa com apetite, deve-se evitar dar guloseimas, salgadinhos ou qualquer outro alimento, antes das refeições. O ideal é que as crianças desfrutem de 5 refeições por dia: pequeno-almoço, lanche a meio da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar.

4. Durante a refeição, deve-se evitar sucos de fruta com açúcar e refrigerantes. Os sucos de frutas naturais e água são as bebidas mais recomendadas para todos.

5. As crianças devem comer alimentos variados, apetitosos e, se possível, que tenham uma apresentação simples e desperte o seu interesse e vontade de comer. Quando está presente um alimento novo para as crianças, é uma boa ocasião para decorar o prato de comida. Assim, eles se mostrarão mais interessados em testá-lo.

6. Os alimentos devem estar equilibrados. Devem conter as proteínas, nutrientes e minerais adequados e orientados para o desenvolvimento das crianças.

7. A hora da refeição não consiste apenas no ato de ingerir os alimentos, também é um momento de comunicação familiar. É um bom momento para compartilhar experiências, idéias e informações entre todos, para falar em família, as coisas que nos foram passadas, etc.

8. Os pais devem ser exemplos para seus filhos na mesa. As crianças devem saber que quando estamos comendo, embora seja um biberão, não devemos fazer outra coisa. Não se deve ligar a televisão, nem responder aos telefones. Com apenas dizer ao menino ‘pórtate bem na mesa’, não é suficiente. Há que dar o exemplo.

9. Quando a criança não gosta do sabor específico de um alimento, não se deve forçá-lo a comer. Há sabores que agradam a todos e isso deve ser considerado. Há que ter paciência e oferecer outra possibilidade diferente.

10. Quando as crianças têm idade para utilizar os talheres, é necessário ensiná-los a como sujeitá. Jamais deixe-o comer com as mãos ou falar com a boca cheia. O aprendizado pode ser divertido e lúdico. Quando são muito pequenos, podem motivar com jogos e reforçando os seus sucessos com um sorriso ou com um aplauso.

11. Enquanto estão na mesa, o momento da refeição não deve se tornar um campo de batalha. Não se trata de lutar para que os filhos comam, mas alimentá-los, ensinar-lhes boas maneiras e construir um momento de união e comunicação. Há que ter isso muito claro desde o início.

Os pais são os responsáveis por criar bons hábitos alimentares em crianças. Quando lhes é inculcado esses hábitos desde que são bebês, os costumes ficarão por se sozinho com o tempo. Também é importante lembrar que os pais são um exemplo para seus filhos, mesmo na hora de comer.

Erros e dicas para ensinar bons hábitos à mesa

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

  1. Capa
  2. Alimentação
  3. Crianças
  4. Bons hábitos alimentares em crianças

Relacionados

CriançasLazerAlimentaçãoAlimentaçãoCozinha com criançasAlimentaciónalimentación infantil crianças na mesa criança não come refeição lanche café da manhã jantar a hora de comer menu infantil hábitos

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoLazerBebêsSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Brownies de Cola Cao para crianças

Guiainfantil.com 09 de novembro de 2015

Os brownies são uma sobremesa estrela para todos os gulosos. É difícil resistir a este bolo de chocolate e nozes, no entanto, em Guiainfantil.com propomos-vos uma forma diferente, divertida e muito atraente de prepará-lo: com Cola Cao.

Trata-Se de fazer um brownie com Cola Cao, o chocolate que mais gosto de crianças em pequenos-almoços e lanches. É um bolo que fica com uma textura perfeita e um sabor suave de chocolate. Uma receita muito fácil de fazer e muito original, graças ao toque do cacau em pó.

Ingredientes

  • 190 g de Cola Cao
  • 80 gr de manteiga
  • 3 ovos
  • 50 ml de leite
  • 5 gr de farinha de milho
  • 60 gr de farinha de trigo
  • 100 gramas de nozes
  • 1 pitada de sal
  • 55 g de chocolate ralado

Como fazer, passo a passo, brownie de Cola Cao

1. Misture em uma tigela o Cola Cao, a manteiga, o leite e os ovos até que fique uma massa homogênea. Adicione depois as duas farinhas e a pitada de sal.

2. Continua dando voltas à mistura até que os ingredientes fiquem bem dissolvidos e adicione o chocolate e as nozes.

3. Pincela uma fonte de forno com manteiga para que não se cole o brownie e despeje a mistura. Assar por 20 minutos a 180º.

4. Deixe esfriar, desmolda e corte em pedaços quadrados para servir como lanche ou sobremesa para seus filhos. O Delicioso!!!

Qual é o lanche ideal para crianças

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Receitas
  3. Sobremesas e doces
  4. Brownies de Cola Cao para crianças

Relacionados

Cozinha com criançasCozinha com criançasReceitasAlimentaçãoAlimentaçãoGalletascola cao brownie pães bolos receitas de brownies bolo de chocolate e bolo de chocolate com nozes

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bronquiolite em crianças e bebês

Bronquiolite infantil, causas e tratamento

Guiainfantil.com 20 de abril de 2018

A bronquiolite em crianças e bebês é uma doença respiratória aguda, frequente nos primeiros anos de vida, que afetam os bronquíolos, parte terminal dos brônquios. Para prevenir esta doença em bebês e crianças, os pediatras enfatizam a amamentação prolongada.

Presta atenção aos principais sintomas da bronquiolite em crianças e bebês. Aprenda areconocer esta doença e qual o tratamento mais adequado.

Os sintomas da bronquiolite em crianças e bebês

A bronquiolite em crianças e bebês cursa como uma caixa catarral com tosse e muco; posteriormente, afeta os bronquiolos manifestando-se clinicamente na forma de dificuldade respiratória. A criança, provavelmente, terá o nariz com muito muco e febre baixa durante dois ou três dias.

Logo, é provável que comece a tossir, respirar rápido e com dificuldade, e a apresentar o som de chiado (sibilância) no peito, durante mais dois ou três dias.

Causas da bronquiolite em crianças

É uma infecção dos brônquios causada por vários tipos de vírus, portanto, é considerada como uma doença contagiosa. O vírus que causa esta doença é frequentemente chamado de Vírus Sincitial Respiratório (VRS), que causa a infecção em 75 por cento das vezes.

Produz um quadro catarral inicial e, pouco tempo depois, desce até os pulmões, prejudicando os brônquios. Afeta principalmente crianças de menos de um ou dois anos, por que eles a parte terminal dos brônquios é suficientemente pequena para bloquear-na presença de inflamação, impidiéndose o passo adequado do ar.

Durante o inverno e início da primavera, a bronquiolite é uma das patologias mais comuns entre as crianças. Cerca de 70 por cento dos lactentes menores de 12 meses são infectados pelo VRS, durante o seu primeiro ano de vida e 22 por cento desenvolve uma doença sintomática.

Tratamento da bronquiolite em crianças e bebês

O diagnóstico é feito através da auscultação dos pulmões. Em casa, é importante manter a criança bem hidratada, com umidade ambiental, oferecendo líquidos por via oral, com freqüência, lavagens nasais frequentes e aspiração de secreções com uma pêra de borracha.

É útil colocar a criança na posição de meio interno (para facilitar a respiração) e fisioterapia (tapinha nas costas e no peito) para mobilizar as secreções de muco nos brônquios. A bronquiolite tem uma duração de cerca de uma semana.

Não é recomendado o uso de antibióticos de forma rotineira em crianças diagnosticadas de bronquite aguda, já que não impedem ou diminuem a severidade das complicações bacterianas.

O fumo do tabaco é muito prejudicial para estas crianças, o que os pais deverão abster-se de fumar na frente deles.

Dicas contra a bronquiolite em crianças e bebês

Outra das medidas que os pediatras aconselham, uma vez cumprido o tratamento, é adiar a volta para o jardim de infância da criança para evitar novas infecções, já que parece demonstrada uma maior susceptibilidade se a economia é imediata.

Para manter a umidade no ambiente, pode-se usar um vaporizador com água fresca (não muito fria) no quarto enquanto a criança está dormindo. Deixe que a água quente correr no chuveiro ou na banheira para fazer com que o banheiro está cheio de vapor e sente-se ali com a sua criança em caso de que este esteja tossindo com força e tendo dificuldade para respirar.

O contágio da bronquiolite infantil

A doença se transmite como um resfriado: através do contato direto ou através dos restos de saliva ou muco que ficam em suspensão no ar ao tossir ou espirrar. Pode-Se prevenir o contágio, mantendo a criança doente em casa até que se tenha ido a tosse por completo. Procura lavar as mãos depois de cuidar do filho doente para evitar que o vírus se espalhe para outras pessoas.

Consulte mais doenças para crianças:

5 passos para controlar a asma infantil

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Doenças infantis
  4. Bronquiolite em crianças e bebês

Relacionados

Doenças infantisDoenças infantisAsmaArrozBebêsDoenças infantilesbronquiolitis bronquite asma infantil tosse catarro ranho vírus infecção viral doença respiratória bronquiolos dificuldade respiratória

54 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Espetinhos de legumes, entrada saudável e rápido

Guiainfantil.com 28 de setembro de 2015

Para jantares de família ou os piqueniques convém ter à mão receitas fáceis e rápidas de preparar, como são esses espetinhos de legumes, muito saudáveis e económicas. Uma solução muito confortável para os pais e crianças.

Há que incluir legumes na alimentação de nossos filhos, mas já que você não parece gostar é necessário pesquisar receitas para crianças que sejam originais e atraentes. As crianças pode colaborar na elaboração e vão gostar de seu formato original.

Ingredientes

  • 1 abobrinha
  • 1 pimentão vermelho
  • 1 pimentão amarelo
  • 1 peito de frango
  • Tomates cherry
  • Óleo
  • Sal

Dicas: Adapta as verduras a gosto de seus filhos, você pode usar batata, tomate ou as que preferir.

Preparação das espetinhos de legumes

1. Lave bem todos os legumes. Cortar os pimentões em tiras e a abobrinha em rodelas. Não há falta pelarlo, mas você pode fazer se preferir. Cortar o frango em cubos.

2. Aquecer um pouco de azeite em uma frigideira grande e plana. Picar os legumes e o frango em paus de espetadas, alternada a gosto.

3. Frite os espetinhos durante alguns minutos, até que o frango esteja echo e os vegetais são suaves. Vire de vez em quando para que se façam por todos os lados por igual.

4. Colocar um pouco de sal e outros temperos se desejar. Servir quentes.

Aqui tem mais receitas com abobrinha para crianças.

Dicas para prevenir a obesidade infantil

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Legumes
  3. Assadas na chapa e refogados
  4. Espetinhos de legumes, entrada saudável e rápido

Relacionados

Doenças infantisAlimentaçãoAlimentaçãopós-PartoLegumesAlimentacionrecetas criança não come legumes receitas com abobrinha receitas com crianças espetinhos de legumes pequenos pedaços de abobrinha

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Espetadas de peixe. Receitas fáceis para ensinar as crianças a comer de forma saudável

Receitas de peixe rápidas de preparar e muito nutritiva

Silvia Leal Creativa23 de agosto de 2018

O peixe é uma fonte natural de proteínas, vitaminas e minerais, especialmente de proteínas, cujo valor biológico é elevado; isto é, que contém todas as substâncias essenciais (aminoácidos) que o nosso organismo não pode produzir por si só e precisa que lhe aportemos através de uma boa alimentação.

Tenha em conta que os nutrientes necessários para o crescimento e desenvolvimento de seus filhos são proteínas. Por isso, a partir de Guiainfantil.com te ensinamos como preparar uma receita fácil de peixe para crianças. Trata-Se de umas espetadas de peixe, feita com bacalhau. São muito apetitosas e você pode fazê-los na grelha ou na churrasqueira.

Espetadas de peixe passo a passo para crianças

Ingredientes:

  • 2 lombos de bacalhau ao ponto de sal
  • Óleo
  • Salsinha
  • Pimenta do reino (opcional)

1. Prepara os palitos de madeira para fazer espetadas. Trocea o bacalhau em cubos (faz com que tenham uma boa espessura para que não se desembaraçarem ao cozinhá-los) e retírales a pele. Adicione um fio de azeite, salsinha e pimenta.

2. Deixe repousar durante 10 minutos aproximadamente, e começa a ir para os dados de bacalhau cuidadosamente os palitos de madeira.

3. Você pode cozinhar os espetos na grelha ou na churrasqueira com fogo médio-alto. Você também pode usar outros tipos de peixe, como por exemplo o salmão; ou outro peixe branco com uma textura consistente como o mero.

Como fazer ceviche peruano de peixe e camarão, passo a passo

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Receitas
  3. Peixes
  4. Espetadas de peixe. Receitas fáceis para ensinar as crianças a comer de forma saudável

Relacionados

CriançasCriançasReceitasCriançasPeixesPescadospescadobrochetas de pescadobacalaorecetas passo a pasorecetas a plancharecetas a barbacoabarbacoarecetas facilesrecetas rapidas

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Admirável, o trailer do novo filme infantil da Disney

Guiainfantil.com 13 de novembro de 2011

A Princesa Merida, a nossa heroína, uma rapariga ruiva, com o seu arco, com grande espírito e uma missão que mudará seu destino.

“Brave” gira em torno de Mérida, que confronta a tradição, o destino e as mais ferozes bestas. Merida é uma guerreira bem sucedida e capaz, hábil com o arco, filha do Rei Fergus e da Rainha Elinor. Determinada a fazer seu próprio caminho na vida, Merida desafia um costume antigo sagrado para os senhores de suas terras, as ações de Merida lançam o caos e a fúria no reino, e quando pede ajuda à excêntrica e misteriosa Mulher Sábia, concede-se-lhe um terrível desejo. O resultado leva a Merida a descobrir o verdadeiro significado de coragem com o fim de desfazer a maldição antes que seja tarde.

Admirável mundo novo filme de animação da Disney e Pixar

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Filmes
  4. Admirável, o trailer do novo filme infantil da Disney

Relacionados

Férias – Para pais PiadasLazerAr librepelicula filme infantil para crianças de um filme de animação brave princesa aventuras lazer, entretenimento para crianças, actividades para crianças da disney pixar trailer do filme 3D de estreias de cinema cinema quadro de avisos

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Kit de primeiros socorros

É aconselhável ter um kit de primeiros socorros em casa

Guiainfantil.com 08 de setembro de 2015

É importante ter em casa um kit de primeiros socorros, para poder gerenciar um primeiro socorro em vigor até a chegada do pessoal de saúde. As crianças são mais propensas a acidentes domésticos e os kits de primeiros socorros podem comprar feitos em kits comercializados ou podemos fazer um por nós mesmos com todo o necessário.

Qualquer caixa de metal ou de plástico, que feche hermeticamente, pode servir de kit. O único requisito que deve cumprir é o de ser facilmente transportável.

Uso do kit de primeiros auxilos

Deve ser colocado longe de uma fonte de calor e em um lugar nem muito seco nem muito úmido. É importante que esteja fora do alcance de crianças e que, periodicamente, verifique a data de validade dos produtos. Convém que esteja a pensar para usá-lo em primeiros socorros e não contém medicamentos de uso habitual.

O que deve conter um kit?

Legislação:

– Máscara de proteção para realizar ventilação.

– Toalhetes de limpeza sem álcool.

– Luvas de vinil de um só uso.

Material de curas:

– Soro fisiológico em embalagens de plástico.

– Gaze para cobrir feridas ou queimaduras.

– Esparadrapo hipoalergênico, de papel ou de plástico.

– Tiras em faixas. As bandas podem se adaptar melhor ao tamanho da lesão.

– Analgésicos e antitérmicos.

– Sépticos: clorexidina e álcool 70%.

– Lenços.

– Tesoura de ponta redonda.

– Pinças.

– Dois sacos de frio e de calor.

– Termômetro.

– Lanterna com pilhas de substituição.

– Bloco de notas com um lápis.

Fonte consultada: Primeiros Socorros de crianças e bebês. Cruz Vermelha.

Como saber se uma ferida está infectada, e como curá-la

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Primeiros socorros
  4. Kit de primeiros socorros

Relacionados

FeridasBatatasSaludprimeros auxiliosantisépticosclorhexidinabotiquínmedicamentosheridasquemaduras

3 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Kit básico para o bebê

Produtos essenciais para o kit de crianças

Guiainfantil.com 19 de fevereiro de 2015

Muitos pais quando nascem os bebês ficam um pouco perdidas na hora de saber que material de primeiros socorros e de emergência, necessários para o recém-nascido.

Algumas famílias optam por comprar um kit com todo o material necessário, enquanto outros preferem ter os seus próprios produtos, em função da idade e das necessidades de seu bebê. Aqui te damos algumas dicas para ter o seu próprio kit de emergência.

Telefones de emergência no kit

É muito recomendável ter no kit dos números de telefone de emergência, por exemplo, o do centro médico mais próximo, os números de polícia e bombeiros e o número do centro nacional de toxicologia.

Também se pode incluir, no caso de ter canguru, o seu telefone. Claro, também apontar o telefone de outros familiares e do trabalho dos pais por se o cuidador ou cuidadora não os localiza no número privado.

Medicamentos na farmacinha do bebê

Mas na hora de medicar o bebê é fundamental consultar o médico, existem alguns medicamentos que convém ter no armário do seu filho. Por exemplo, para crianças menores de três meses aconselha-se a ter parecetamol em gotas preparado para bebês. Até os três anos de idade, recomenda-se também o ibuprofeno e xarope de ipecacuanha, que induz ao vômito em caso de intoxicação, mas consultando o antes e o centro nacional de toxicologia.

Recomenda-se também incluir no kit creme de proteção solar, álcool 90%, pomada antibiótica para feridas, creme de hidrocostisona a 0,5% para chaffing como as do tecido e picadas de inseto. A aplicação de corticosteróides deve estar sempre vigiada pelo pediatra.

Outros produtos do kit do bebê

Além dos medicamentos, existem outros produtos que podem ser acrescentados ao kit do bebê. É o caso de um termômetro, tiras, ataduras e gazes estéreis, pinças, tesouras adaptadas para as cutículas e um aspirador nasal para ranho.

Cuidado com os medicamentos fora do prazo de validade, os frascos sem tampa de segurança para crianças, medicamentos para outros membros da família, anti-histamínicos, laxantes e outros produtos não indicados para o bebê. Nunca devem ser incluídos no kit do pequeno e devem manter-se fora de seu alcance.

Patricia Garcia. Redatora de GuiaInfantil.com

Como saber se uma ferida está infectada, e como curá-la

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Primeiros socorros
  4. Kit básico para o bebê

Relacionados

Escola FeridasLegumesBebésbotiquín do bebê kit infantil kit infantil medicamentos primeiros socorros para crianças

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Pote botero. Jogos tradicionais para crianças

Passatempos clássicos para ensinar e brincar com as crianças ao ar livre

Pedro Oliver22 de maio de 2018

Nas aulas escolares de educação física se praticam e aprendem infinidade de jogos para crianças que são, então, utilizados durante o tempo livre das crianças. Um deles é o ‘Pote botero’, um passatempo tradicional que combina o exercício físico com a habilidade e a graça do ‘Esconderijo’

Desde Guiainfantil queremos lembrar deste jogo popular para que seus filhos conheçam os passatempos que jugabas de pequeno. Também pode mostrar aos pequenos da casa e que aproveitem durante as férias ou os fins de semana para jogar com o seu grupo de amigos.

Nós ensinamos-lhe as regras do jogo de Pote botero.

Como jogar o Pote botero. Jogos tradicionais para crianças

O ‘Pote botero’ é um jogo muito popular, especialmente na América do Sul, onde é conhecido como ‘Pot ‘ chutado’. A simples vista guarda uma grande semelhança com O ‘esconderijo’ mas tem algumas regras específicas que o diferenciam de isso clássico entre os clássicos.

Para jogar o ‘Pote botero’ precisa-se de um grupo amplo de crianças, entre os quais devem escolher um deles para que a ligue. O procedimento é similar ao do ‘Esconderijo’.

Os participantes devem se esconder, e o que começa o jogo, você terá que encontrar os outros, mas com uma variação, deve depositar um barco de alumínio em um lugar fixo e cada vez que você encontre algum dos escondidos terá que bater o jackpot contra o chão pronunciando o seu nome.

O pote deve ficar quieto e não terá mais remédio que deixar para encontrar o resto dos escondidos, se um deles consegue correr e chutar o bote salva de todos os seus companheiros.

É um jogo em que se potencia o trabalho em equipe, a solidariedade, e a acuidade visual. Também favorece a psicomotricidade e a criatividade das crianças. Mas acima de tudo, é um jogo ao ar livre, longe de telas e em contato com a natureza, algo indispensável para o desenvolvimento das crianças.

Autor: Pedro Oliver

Faça um foguete de brinquedo com materiais reciclados

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Jogos
  4. Pote botero. Jogos tradicionais para crianças

Relacionados

JogosEducaçãoArtesanatoPrimeira ComunhãoLegumesJuegosbote boterojuegos clásicospasatiempos tradicionalesjugar com niñosinfanciabote pateadojuegos de sempre

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Chocolates frescos morangos

Guiainfantil.com 12 de outubro de 2014

Os doces não podem faltar em casa, porque as crianças adoram, mas há que tomá-los com moderação. GuiaInfantil.com se propõe alternativas mais saudáveis para a sobremesa de crianças, como estes bombons de morango.

Uma forma divertida e original de tomar fruta, você pode experimentar com diferentes frutas e pedir a seus filhos que te ajudem. Os morangos são uma das frutas mais recoendables para crianças e grávidas, pelo seu conteúdo em vitamina C.

Ingredientes

  • 400 gramas de fresones
  • 100 gramas de chocolate fondant
  • Meia xícara de creme de leite líquido
  • 1 colher de sopa de manteiga ou margarina
  • 30 gramas de açúcar

Dicas: Em vez de fresones, você pode usar outras frutas como peras pequenas, cerejas ou pedaços de banana.

Preparação de chocolates frescos morangos

1. Trocea o chocolate e coloque-o, ao lado da nata líquida, em uma panela.

2. Coloque a panela em banho-Maria e depois mova-o sem parar com uma colher de madeira até que o chocolate derreter e obter um creme macio e homogêneo.

3. Adicione a manteiga ou margarina e o açúcar ao chocolate, misture tudo muito bem e deixa que se vá esfriando.

4. Lava os fresones, com cuidado para não estragar as folhas que estão verdes, e colocalos sobre um papel absorvente para que se sequem.

5. Quando o creme de chocolate estiver quente, introduza os fresones sem cobrir as folhas.

6. Pínchalos em um pedaço de pau e deixe secar o chocolate.

7. Coloque-o para esfriar na geladeira.

Aqui você tem mais receitas de jantar para grávidas. Consulte outras receitas com morangos para crianças.

Adivinhação de frutas do Urso Traposo

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Sobremesas e doces
  3. Frutas
  4. Chocolates frescos morangos

Relacionados

AlimentaçãoCozinha com criançasCozinha com criançasAdivinhaçãoFrutasAlimentacionrecetas com chocolate receitas com morangos receitas com frutas fruta para crianças sobremesas para crianças sobremesas com chocolate sobremesas com frutas, sobremesas com morangos

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bolsa personalizada para o lanche. Trabalhos manuais de colégio

Como personalizar uma bolsa para a merenda escolar das crianças com a cara dos Simpsons

Patricia FernándezRedactora em Guiainfantil.com31 de julho de 2018

Gostaria que o material de seu filho fosse personalizado? No Guiainfantil.com nós ensinamos-lhe a criar uma bolsa para o lanche das crianças com o rosto de Bart e Lisa Simpson.

Uma enciclopedia para o colégio, confeccionada com um material muito fácil de manipular por crianças: borracha eva. Agora seus filhos já não vão esquecer o lanche em casa.

Material:

  • Pistola de silicone
  • Bolsa de tecido
  • Tesoura
  • Modelo
  • Borracha eva
  • Caneta
  • Engates

Como fazer, passo a passo, um saco de lanche personalizado

1. O primeiro, desenhe essas duas caritas em um fólio e local certo ao recortar. São as cabeças dos irmãos Simpson.

2. Coloca o modelo em borracha eva amarela e corte ambas as faces.

3. Estude com caneta preta, com caracteristicas dos personagens e faça dois círculos de eva branca para os olhos. Lembre-se também fazer mais pequenos círculos para o colar de pérolas de Lisa Simpson.

4. Colar com silicone e os ganchos para as cabeças de Bart e Lisa para que você possa ativar os sons do saco do lanche.

Vídeo: como fazer broches de os Simpsons para crianças

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Artesanato
  4. Bolsa personalizada para o lanche. Trabalhos manuais de colégio

Relacionados

SaúdeArtesanatoSanduíches e lanchesAutonomiaArtesanatoNiñosbolsa da meriendavuelta ao colegiocolegiomeriendarecetas para niñosdesayuno infantilmanualidades para niñosmerienda para niñosmerienda escolar

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bolinhas de coco. Receita para sobremesas e aniversário

Te ensinamos a fazer umas ricas bolinhas de coco para a festa de aniversário dos seus filhos

Vilma MedinaDirectora de Guiainfantil.com17 de agosto de 2018

Você na sua casa costuma-se usar o coco em receitas de cozinha? Se ainda não o fizestes, você pode começar a conhecer o delicioso e exótico sabor do coco, elaborando esta doce e rica receita de bolinhas de coco, tanto para a sobremesa para uma festa de família, que nos propõe Guiainfantil.com.

O coco, por seu alto conteúdo em proteínas e baixa em hidratos de carbono, é um alimento diurético e um grande aliado do aparelho digestivo. É um elemento nutritivo e energético, apropriado nos casos de diabetes e obesidade infantil. Essas bolinhas de coco vão deixar os filhos, e a todos da família, sem fala!

Ingredientes:

  • 1 xícara de coco ralado
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 colher (de sopa) de manteiga
  • Moldes de papel para as esferas

Dicas: esta receita é muito parecida com a do brigadeiro, um dos doces mais tradicionais do Brasil.

Como preparar as bolinhas de coco, passo-a-passo:

1. Em uma panela, juntar o leite condensado, a manteiga e o coco ralado. Deixando uma xícara de coco ralado reservado. Misture tudo muito bem e levar ao fogo.

2. Mexer sempre, até que obtenha uma massa homogênea.

3. Continuar removendo com uma colher de pau até que a mistura comece a engrossar.

4. Quando a mistura comece a desprender do fundo, retire a panela do fogo e coloque a mistura em uma superfície nivelada para que esfrie.

5 – Quando estiver frio, com a ajuda de uma colher, fazer bolinhas com as mãos.

6. Em seguida, passe cada bolinha pelo coco ralado restante.

7. Ter cada bolinha em um molde de papel. E já temos as bolinhas de coco para a sobremesa ou para alguma festa familiar.

Música de feliz aniversário em ritmo de samba

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Sobremesas e doces
  3. Frutas
  4. Bolinhas de coco. Receita para sobremesas e aniversário

Relacionados

docesAlimentaçãoReceitasAlimentaçãoAlimentaçãoCumpleañosrecetas de postrepostres para niñosrecetas com cocodulces para niñosfiesta de cumpleañosrecetas para cumpleañosbolitas de cocodulces para aniversário

4 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Pastilhas de Strudel de maçã. Sobremesas para crianças

Receita típica alemã para toda a família

Silvia Leal Creativa18 de maio de 2017

O Strudel é uma sobremesa típica da Alemanha. Uma deliciosa massa, preenchido em sua maior parte de maçã, que é servido temperado com uma bola de gelado de baunilha. Soa irresistível, né?

No Guiainfantil.com, nos propusemos a elaborar a nossa própria versão deste doce tradicional alemão para que seus filhos possam se aproximar da gastronomia alemã. Uma sobremesa para crianças e adultos irresistível.

Uns bocadinhos de Strudel de maçã originais, rápidos e fáceis de elaborar. E também deliciosos!

Ingredientes

  • Três maçãs pequenas.
  • Meio limão.
  • 75 gr de açúcar de cana integral (açúcar mascavo).
  • Um pacote de macarrão brisa.
  • 1 ovo.

Como fazer, passo a passo, bolinhas de Strudel de maçã

1. Pelamos as maçãs e as descorazonamos. As cortadas em daditos pequenos e os introduzimos em uma caçarola. Juntar o sumo de meio limão e começamos a ferver em fogo lento.

2. Passados cinco minutos, incorporamos o açúcar e original. Deixe a panela em fogo brando, até que os daditos de maçã estejam macios. (Podemos verificar pinchándolos com um garfo). Retirar do fogo, escurrimos tudo em uma peneira e deixe esfriar.

3. Enquanto isso, tiramos o pacote de massa brisa do frigorífico e esperamos, cinco minutos antes de abri-lo. Pré nós aquecer o forno. Esticar a massa sobre o papel no qual vem enrolada e começamos a tirar lotes com a ajuda de um cortador de biscoitos em forma de círculo.

4. Retiramos o restante da massa. Clique ligeiramente com um garfo cada porção, e espalhar o recheio de maçã. Fechamos a massa em forma de bolinha.

5. Pintar cada bolinha com a gema do ovo e horneamos a 180º durante 25 minutos. Nossas pastilhas ficassem ligeiramente dourados.

Como acostumar as crianças a comer legumes e frutas

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Receitas
  3. Sobremesas e doces
  4. Pastilhas de Strudel de maçã. Sobremesas para crianças

Relacionados

LazerAlimentaçãoTortas e bolosAlimentaçãoCriançasNiñosstrudel strudel de maçã maçã alemanha receitas alemãs sobremesas alemães sobremesas para crianças

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Sanduíche de frango rápido e fácil

Guiainfantil.com 06 de outubro de 2015

Na hora do lanche ou jantar, muitas vezes não nos apetece preparar pratos muito complicados. Peça ajuda aos seus filhos na cozinha para preparar esta receita de sanduíche de frango, rápido e fácil. Em alguns minutos você terá um lanche ou jantar rica e completa.

O frango é uma das melhores carnes para as crianças, já que o seu teor em gordura é muito baixo, o que ajuda a evitar a obesidade infantil. Melhor acompanhado por alface e tomate, e este sanduíche vai se tornar um prato saudável e delicioso. Guiainfantil.com nos ensina a prepará-lo, passo a passo.

Ingredientes

  • 1 barra de pão
  • 1 filé de peito de frango
  • 1 tomate
  • ¼ De alface
  • 150 gr. de queijo em fatias
  • 1 dente de alho
  • Azeite de oliva
  • Salsinha
  • Sal

Preparação do sanduíche de frango, passo a passo.

1. Aquecer um pouco de azeite na frigideira. Enquanto isso, pique bem fino o dente de alho.

2. Dar o alho e a salsa para a panela e acrescente o peito de frango. Freírla em fogo médio por cerca de cinco minutos, jogando um pouco de sal, até que esteja feita e dourada por fora.

3. Lavar a alface e o tomate. Cortar as folhas de alface e o tomate em rodelas.

4. Cortar o pão ao meio e coloque a alface, umas rodelas de tomate, o bife e o queijo, para que se funda com o calor do filé.

Aqui você tem outras receitas para o piquenique em família.

Qual é o lanche ideal para crianças

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Receitas
  3. Sanduíches e lanches
  4. Sanduíche de frango rápido e fácil

Relacionados

Cozinha com criançasAlimentaçãoCarnesAlimentaçãoCozinha com criançasAlimentaciónbocadillos para crianças receitas de sanduíches sanduiche de frango lanche para as crianças receitas para crianças cozinhar com crianças jantar para crianças

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Sanduíche de atum. Lanche saudável para as crianças

Guiainfantil.com 06 de março de 2015

O sanduíche de atum é um dos mais clássicos. Muito simples e rápido de preparar, é muito comum ver as crianças na hora do recreio tomando um para o almoço ou lanche. Esta receita de sanduíche de atum é muito saudável e recomendada para crianças.

O atum é um peixe muito saudável, que contém nutrientes como o cálcio, vitaminas A, B e D, e ácidos Ômega 3, além de ter muitas proteínas. Outra vantagem deste sanduíche de atum é muito baixo em gorduras, o que ajuda a prevenir a obesidade infantil.

Ingredientes

  • 1 barra de pão
  • 2 latas de atum
  • Alface
  • Mahonesa
  • Azeite de oliva
  • Sal

Dica: você Pode adicionar algumas gotas de ketchup e um ovo cozido cortado em pedaços pequenos para substituí-lo por alface.

Preparação do sanduíche de atum

1. Corte a barra de chocolate em pedaços que se deseja. Abra-a ao meio e reservar.

2. Abrir as latas de atum e escorra o óleo. Desmigarlo em uma tigela. Adicionar mahonesa a gosto, formando uma pasta.

3. Lavar bem os agrião, escorra e reserve. Também lave o tomate e corte-o em fatias finas.

4. Montar o sanduíche: Colocar algumas gotas de azeite e o pão, sobre ele colocar os berros, as fatias de tomate, os aspargos e, finalmente, o atum e a mahonesa. Fechar o sanduíche e comer!.

Aqui você tem outras receitas para o piquenique em família.

Como conseguir que as crianças comam de tudo

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

  1. Capa
  2. Receitas
  3. Sanduíches e lanches
  4. Sanduíche de atum. Lanche saudável para as crianças

Relacionados

HigieneCozinha com criançasAlimentaçãoAlimentaçãoCereaisAlimentacionpan home lanche receitas de sanduíches sanduíches sanduíche de atum omega 3 lanches para crianças receitas de sanduíches

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bolo de pêra com canela. Sobremesas para crianças

Teresa Guerra06 de maio de 2014

A maioria das crianças não gosta da fruta, por isso, para que não percam o aporte de vitaminas que contêm devemos procurar formas diferentes de entregar, com receitas originais, como este bolo de pêra.

A pera é uma fruta deliciosa, doce e com um percentual elevado de líquido. Dá a esta receita de bolo um toque úmido e saboroso, que combina com a canela. Prepara com seus filhos este delicioso bolo para o café da manhã ou para o lanche, você vai adorar, com um copo de leite.

Ingredientes

  • 175 gr. de farinha
  • 175 gr. de açúcar
  • 50 ml. de óleo
  • 100 gr. de iogurte natural
  • 2 ovos
  • 1 colher de chá de fermento
  • 1/4 colher de chá de canela
  • 1 pitada de sal
  • 1 pêra

Como fazer um bolo de pêra e canela passo a passo

1. Bater o ovo com o sal e o açúcar até clarear e aumente o seu volume.

2. Adicione o iogurte batido e o azeite, misturando bem.

3. Incorporar a farinha peneirada com o fermento e a canela, misture bem até que não fiquem grumos.

4. Pré-aqueça o forno a 180 ºC. Despeje a massa do bolo em uma assadeira untada. Lavar e descascar a pêra trocearla em lâminas e coloque-o sobre o bolo.

5. Asse cerca de 25-30 minutos, até que ao picar o bolo com um palito sair limpo. Retirar e deixar arrefecer uns minutos antes de sair.

Celíaca, que é e quais os cuidados necessários na dieta

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Sobremesas e doces
  3. Biscoitos e cupcakes
  4. Bolo de pêra com canela. Sobremesas para crianças

Relacionados

AlimentaçãoTranstornosCozinha com criançasAlimentaçãoBiscoitos e cupcakesMúltiplesrecetas de biscoitos receitas com pêra sobremesas com pêra sobremesas com frutas, biscoitos para crianças receitas lanche receitas pequeno-almoço

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bolo de limão sem glúten para cozinhar com crianças

Guiainfantil.com 16 de março de 2015

Este bolo é uma receita ideal para cozinhar com crianças. Como a medida utilizada é o próprio copo do iogurte, é muito simples para que eles o controlem e sejam aqueles que misturem os ingredientes para preparar esta simples sobremesa.

A vantagem desta receita é que ele é projetado para crianças celíacos. O glúten, que está presente em muitos alimentos, não será um problema para seu filho, que você pode ver um doce, fofo e muito caseiro. Guiainfantil.com oferece-nos uma receita caseira, fácil e rápida de fazer para o lanche ou café da manhã das crianças com intolerância ao glúten.

Ingredientes

  • 3 ovos
  • 1 iogurte de limão
  • 1 copo (do iogurte) de óleo de girassol
  • 3 copos (de iogurte) de açúcar
  • 3 copos (de iogurte) de farinha sem glúten
  • 1 limão
  • 1 colher de chá de bicarbonato de sódio

Dicas: Use o copo do iogurte como medida

Preparação do bolo de limão sem glúten

1. Pré-aqueça o forno a 170º. Em uma tigela bata os ovos, acrescente o açúcar, as raspas de limão e o iogurte, misturando bem.

2. Incorporar o bicarbonato de sódio, o óleo e por último a farinha sem glúten. É importante que tudo fique muito bem batido.

3. Despeje a mistura em uma assadeira untada com manteiga, e se coloca no forno quente a uma temperatura de 170 graus, durante 30 minutos.

4. Para decorar, ao tirá-lo do forno, polvilhe com açúcar de confeiteiro ou macarrão de cores.

Aqui tem mais receitas sem glúten para celíacos.

A obesidade e maus hábitos alimentares em crianças

Promovido

Explicamos-Te como afetam os antibióticos a bebés e grávidas e cuidado que você deve ter na hora de consumi-los.

  1. Capa
  2. Sobremesas e doces
  3. Biscoitos e cupcakes
  4. Bolo de limão sem glúten para cozinhar com crianças

Relacionados

CelíacaCelíacaCelíacaAlimentaçãoCarnesSaludbizcocho de limão receitas sem glúten receitas de bolo sem glúten bolo sobremesas sem glúten criança celíaco dieta sem glúten.

2 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Biópsia de inverno. Para que é utilizado na gravidez

Que mede a prova de biópsia de inverno na gestação

Sara Cañamero de Leão Matrona06 de outubro de 2015

Dentro de todas as provas a que se pode submeter uma mulher grávida durante os nove meses de gestação, temos algumas que têm como objetivo eliminar anomalias cromossómicas no futuro bebê.

A mais conhecida, por sua freqüência, é a amniocentese; no entanto, há outras que nos permitem ver defeitos congênitos (os mesmos que com a amniocentese), mas que se podem detectar em momentos precoces da gravidez. Uma delas é a biópsia corial.

O que é a biópsia corial e como se realiza na grávida

A biópsia de inverno consiste em obter uma amostra das vilosidades coriales (células que se projetam a partir da placenta em forma de dedos muito pequenos); é dizer restos de células fetais que se abrigam no interior da placenta. Se costuma fazer entre 10 e 14 semanas de gravidez.

O mais frequente é que se tome a amostra através do colo do útero, mediante controle portadores contínuo: introduz-se uma pinça de vida através da vagina, e obtém-se uma amostra do inverno exuberante (placenta). Também é possível fazer um aspirado das vilosidades.

O procedimento pode ser um pouco doloroso, mas é rápido: é geralmente uma meia hora, desde o início até o final, e a extração em si, dura apenas alguns minutos. As mulheres que realizaram uma biópsia de locais dizem que ela sente algo semelhante a quando se faz uma citologia: pode não causar dor ou sentir-se como um pneu furado ou uma dor menstrual.

Algumas vezes, as menos, chega-se à placenta através do abdômen, por laparoscopia e sob controle e orientação do ultra-som contínuo.

Quando realizar a biópsia de inverno da grávida

Este teste está indicado quando o bebê tenha chances altas de ter anomalias congênitas, costuma-se recomendar a casais com histórias familiares com antecedentes ou riscos para algum transtorno específico. As amostras coletadas durante a extração é cultivam imediatamente e se obtêm resultados dentro das primeiras 48h, com o que é considerado muito rápido. Quais os cuidados que devo ter?:

– Senhor 24-48 horas após a punção.

– Não fazer esforços durante um tempo depois.

– Administração de gama-globulina anti-D, a todas as gestantes Rh negativo.

Riscos da biópsia de inverno para a grávida e o bebê

A prova tem um risco de aborto de um sete ou oito por cento. Pode acontecer que a grávida experimente a sensação de dor ou desconforto e sangue, de uma pequena quantidade nas 48 horas seguintes.

Também há estudos que indicam que uma biópsia de locais realizada antes da semana 11 da gravidez pode resultar em defeitos nas extremidades do bebê, como falta de dedos dos pés ou das mãos.

Que provas médicas são feitas para as grávidas

Promovido

Aqui estão 5 diretrizes de como usar a televisão para que nosso filho aprenda com ela, uma vez que se entretém

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Provas
  4. Biópsia de inverno. Para que é utilizado na gravidez

Relacionados

SaúdeProvaGravidezCozinha com criançasGravidezEmbarazoBiopsia de inverno grávida gravidez amniocentese teste de gravidez, bebê, feto detectar anomalias Sara Cañamero ultra-som

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoLazerBebêsSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bikran yoga durante a gravidez

Uma técnica muito saudável para grávidas

Vilma MedinaDirectora de Guiainfantil.com28 de setembro de 2017

O yoga está cada dia mais na moda, e não é para menos, já que através da prática desta disciplina milenar, é possível libertar-se das tensões, melhorar a força física, assim como a flexibilidade e o equilíbrio.

Parece estranho falar dessas coisas quando está grávida e com uma barriga cada vez mais proeminente, mas não é bem assim. O Bikran é um tipo de yoga ideal para as grávidas, pois está orientada para evitar lesões e eliminar as toxinas de forma rápida e saudável. contamos-lhe o que é o Birkan yoga durante a gravidez.

Bikran yoga durante a gravidez

Bikran yoga ou “yoga quente”, como também é conhecido, é praticada em um quarto a 40º de temperatura. Cada sessão, que incluem, normalmente, cerca de 26 posturas e dois exercícios de respiração, que dura cerca de 90 minutos. Os benefícios do Bikran yoga durante a gravidez aumentam com a prática.

Recomenda-Se que antes de começar com este tipo de yoga que se tenha praticado, pelo menos, por seis meses, o yoga convencional. Com o tempo você vai aprender a focar sua mente, controlar sua respiração, adquirir força, equilíbrio e flexibilidade, e aliviar as dores nas costas e de pernas tão frequentes na fase de gestação.

Além disso, praticar yoga, você também prepara o corpo da gestante para o parto e ajuda a ter uma recuperación corporal mais rápida após o parto. Se você já practicabas yoga antes da gravidez, não o deixe. Continua com as posições até que termine o período de gestação. É muito bom para evitar a depressão pós-parto, inchaço e as tensões.

À medida que você pratica este tipo de relaxamento te darás conta do verdadeiro sentido do yoga é a união do corpo, mente e espírito. Não se esqueça que o seu bem-estar durante a gravidez também será sentido e experimentado pelo bebê que carrega dentro.

Ginástica para a gravidez, exercitar a coluna vertebral

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Exercícios
  4. Bikran yoga durante a gravidez

Relacionados

ExercíciosPartoLazerSaúdeGravidezEmbarazoyoga para grávidas bikran yoga kundalin yoga pilates na gravidez, exercícios físicos na gravidez esporte na gravidez

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Birras e birra das crianças

O que fazer quando a criança dá birras e não aceita os limites

Guiainfantil.com 03 de agosto de 2017

‘Meu filho não me faz caso. Não se deixa vestir. Não quer ir para a cama. Se enfurece quando nós divulgá-las algo. Há birras. Tem acessos de raiva. Não aceita limites, e cada vez que lhe digo um NÃO, começa a chorar, a arrancar para o chão e a gritar sem parar e sem controle… Já não sabemos o que fazer’, se preocupam e se queixam de que muitos pais.

Embora seja paradoxal, devemos entender a rebeldia, a desobediência, o negativismo, os acessos de raiva e birras dos filhos, como sinais positivos e expressivos de uma personalidade em formação.

Estágio em crianças

Esta fase do desenvolvimento é evidenciada em torno dos 2 anos de idade. Se uma criança nesta idade não dá qualquer sinal de oposição, ou seja, a entrega seus brinquedos com muita facilidade, não se ofende, não protesta nem se defende quando lhe tiram ou lhe negam algo, não há razões suficientes para se preocupar.

A criança pode ter medo de se expor. No melhor dos casos, precisa manter em segredo os seus verdadeiros desejos. No pior dos casos, você não sabe o que quer ou não deseja.

Depois de explicar estes aspectos fundamentais para a compreensão do desenvolvimento da personalidade da criança, nós podemos tratar as dificuldades dos pais durante estas etapas do NÃO.

Como controlar as birras e a birra das crianças

O primeiro é reconhecer o difícil que é para os pais e/ou educadores de lidar com crianças que, apesar da falta de jeito, a imaturidade e impulsividade próprias da idade, tentam se comunicar com o seu gosto, suas vontades, suas necessidades, sua vitalidade, seu ritmo, seu desacordo, como podem. Não se trata de sufocar a expressividade da criança. Nem de deixá-lo livre em seus impulsos. Qualquer destas duas posições podem se tornar destrutivos e levar à doença.

Isso Significa que você tem que deixar agir a criança de acordo com seus desejos? É claro que não. Como é possível respeitar a sua individualidade, sem deixar de exercer a autoridade? Claro que sim. Uma criança que se sente respeitado, respeita; que se sente enganado, encontra-se. Uma criança que se sente ouvido, e ouve; sabe que falar vale a pena. Um menino que se lhe dão razões verdadeiras e válidas, aprende que ninguém, não somente ele, pode fazer tudo o que quer em qualquer momento.

Como gostariam de ser tratados vocês quando desejam intensamente algo que têm que se privar? As crianças querem e precisam saber que não podem fazer o que lhes dá a ganhar. É necessário argumentar com eles e deixá-los muito claro o que é o que se espera deles. As crianças também exigem respostas sinceras.

Como reagir diante de birras da criança

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Educação
  3. Conduta
  4. Birras e birra das crianças

Relacionados

LimitesCondutaCondutaCarnesEducaçãoEducaciónrabietasberrincheslímitesdisciplinaniño enfadadoniño peleónagresividadniño inquietohiperactividadniño impulsivoenfado

104 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Newsletter Semanal de GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

benefícios para o bebê e a mãe

O leite materno é o melhor alimento para o bebê durante os primeiros meses de vida

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe21 de maio de 2015

O Comitê de Aleitamento da sociedade Portuguesa de Pediatria e da Organização Mundial da Saúde recomendam o aleitamento materno como o melhor alimento para o bebê durante os seus primeiros 6 meses de vida. Mesmo aconselham que a mãe continue dando o peito à criança, juntamente com a alimentação adequada para a sua idade até os 2 anos de idade. Não só é o alimento mais completo que a mãe pode dar a seu filho, mas também é altamente benéfico tanto para o bebê como para a mãe por suas propriedades.

Benefícios do leite materno para o bebê e a mãe

O leite contém todos os nutrientes que o bebê precisa para o seu correto desenvolvimento durante os primeiros meses de vida, mas a grande vantagem do aleitamento materno, além disso, é o que protege o bebê contra catarros, meningite, otite, bronquiolitos, pneumonia ou diarreia entre algumas doenças.

Outro dos benefícios do leite materno para os bebês é que seus efeitos não se produzem somente durante o período de amamentação, mas que se provou que pode proteger a longo prazo para adultos de alergias, obesidade, colite, alguns tipos de câncer ou asma.

A amamentação também é benéfica para a mãe. As mães que amamentam seus filhos perdem o peso que ganharam ao longo da gravidez mais rapidamente, uma vez que o bebê consome suas reservas de gordura, que são transmitidas da mãe para o bebê o leite do final de cada tomada. Além disso, também protege as mulheres contra a anemia, hipertensão e até mesmo sofrem menos de depressão pós-parto. Os estudos demonstram que as mulheres que tenham amamentado seus filhos têm menos risco de contrair câncer de mama e ovário e osteoporose.

Benefícios do aleitamento materno para a sociedade

O leite materno não só é benéfica para o bebê e a mãe, também é útil para a sociedade em geral:

– O leite produzido pela mãe não precisa de nenhum processo de elaboração, nem embalagem, nem transporte. Não há gasto de energia nenhuma e não há de, por meio de um processo de fabricação que seja poluente para o meio ambiente. O aleitamento materno é, portanto, biológica.

– Mesmo é economicamente vantajoso para a família, que não tem de investir uma grande quantia de dinheiro por ano no leite artificial, mamadeiras, aquece biberões, limpadores especiais ou a energia necessária para esterilizar todo o material do bebê.

– A economia pode ser extrapolado para a sociedade que terá menos gastos em saúde pública, já que os bebês amamentados por suas mães recorrem menos a consuta do pediatra porque sofrem menos doenças.

Dar de mamar ao seu bebé após um câncer de mama

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Alimentação
  3. Bebês
  4. Aleitamento materno: vantagens para o bebê e a mãe

Relacionados

BebêsBebêsSaúdeBebêsBebêsBebéslactancia leite materno a amamentação a amamentação o leite materno, mamadeira depressão pós-parto catarro alergias lactentes (bebês alimentados com leite artificial

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

SaúdeAlimentaçãoLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios da massagem para os pais

A massagem é um ritual de paz, de segurança, de amor entre pais e filhos

Guiainfantil.com 13 de junho de 2017

O bebê que recebe amor durante sua infância esta sendo preparado para ser um adulto equilibrado, sem traumas e que transmite bons sentimentos aos outros e a toda a natureza. Durante a massagem, a troca de carinho beneficiará tanto o bebê como de sua família.

Descubra os benefícios da massagem para os pais, e como a massagem infantil pode reforçar os laços entre os pais e seu filho.

Os benefícios da massagem para os pais

Através da massagem infantil, onde se desenvolvem os laços entre o bebê e seus pais, e tanto o pai como a mãe pode controlar o stress e as tensões físicas e emocionais. Embora os pais não tenham todo o tempo do mundo para estar com seus filhos, se se propõem a reservar parte de seu tempo todos os dias para dar uma massagem a seus filhos, estarão beneficiando a seu bebê e não se sentirão tão “culpados” por não lhe poder prestar, em algumas ocasiões, toda a atenção que merece.

O importante é que durante a massagem todos os pensamentos e preocupações vão além e toda a energia é concentrada no bebê. É fundamental desenvolver esse outro diálogo e massagear o bebê em silêncio. A comunicação durante a massagem será através das mãos e olhares.

A massagem é um grande encontro entre pai e filho

É necessário saber respeitar os desejos e a disponibilidade do bebê e também de seus pais. Haverá dias em que, por alguma razão, seu bebê não se mostrar muito disponível para massagem; do mesmo modo que o pai ou a mãe. Neste caso, não se deve insistir. Se há um pouco mais no dia seguinte.

Se os pais não estão relaxados o suficiente para dar a massagem ao bebé, melhor que não insistam nisso. Seu bebê o percebido e o que não pode relaxar como deveria. Nesse caso, o melhor é substituir esse momento da massagem por outra atividade que não precise de tanta concentração, como cantar músicas infantis, ler um conto, etc., A massagem é um ritual de paz, segurança, tranquilidade e amor entre os pais e os filhos.

Pode consultar estes vídeos para aprender a fazer massagem no bebê. Explicamos-Te da mão de um especialista como fazer uma massagem relaxante, para aliviar as cólicas ou massagens estimulantes

Como fazer uma massagem para aliviar as cólicas do bebê

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Massagem
  4. Benefícios da massagem para os pais

Relacionados

MassagensMassagensMassagensMassagensBebêsBebésmasajes bebês massagem para crianças dar uma massagem ao bebé benefícios da massagem para os pais benefícios da massagem para o bebê bebês

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios da massagem para bebês

A massagem transforma o bebê em um bebê saudável em todos os aspectos

Guiainfantil.com 27 de outubro de 2015

A massagem é muito benéfico para o bebê. O converte em um bebê saudável em todos os aspectos. Todos os bebês, sem exceção, podem ser massageados. Esta actividade pode desenvolver-se mais rapidamente a coordenação motora e aumentar suas reações musculares, além de favorecer que o bebê seja mais receptivo e reage melhor ao espaço que o rodeia.

Benefícios da massagem ao seu bebé

1. Ajuda a regular e reforçar as funções respiratórias, circulatoria e gastrointestinal. Através da estimulação podem controlar as inconveniências causadas por cólicas, gases e prisão de ventre, e o desconforto por nascer os primeiros dentes.

2. Ajuda o bebê a relaxar e alivia o stress e os bloqueios que produz encontrar-se diariamente com coisas novas.

3. Ajuda a intensificar a comunicação afetiva entre o bebê e as pessoas de seu entorno, facilitando a comunicação não-verbal.

4. Ajuda a estimular o sistema imunológico e promove um melhor desenvolvimento do sistema nervoso.

5. Ajuda a aumentar a auto-estima do bebê.

6. Ajuda para que o bebê tenha um sono mais tranquilo e profundo.

7. Ajuda a aumentar o contato afetivo do bebê com seus pais através do toque, o olhar, a pele, o sorriso, os sons, os abraços, as carícias, o cheiro e os estímulos. A massagem transformará o bebê em uma criança saudável em todos os aspectos.

A massagem é muito indicada para bebês prematuros

A massagem é indicado para todos os bebês, especialmente os que se encontram na incubadora ou submetidos à ventilação mecânica. Neste caso, a massagem não pode ser feito em sua totalidade, mas faz o que pode-se e já está. Será muito benéfico para os bebês prematuros que estão nesta situação.

Será favorável tanto para os bebês como para seus pais, pois fornece uma forma de contato emocional e físico e a comunicação entre ambos. A experiência é muito gratificante para os dois; vereis como o bebê responderá positivamente e será muito mais feliz porque foi tocado e masajeado por seus pais.

Pode consultar estes vídeos para aprender a fazer massagem no bebê. Explicamos-Te da mão de um especialista como fazer uma massagem relaxante, para aliviar as cólicas ou massagens estimulantes

Aprenda a fazer uma massagem relaxante para o bebê

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Gravidez
  3. Massagem
  4. Benefícios da massagem para bebês

Relacionados

MassagensMassagensMassagensMassagensBebêsBebésmasajes massagem para bebês massagear o bebê yoga, yoga para crianças relaxamento, tranquilidade psicomotricidade matronatacion

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios do esporte no sonho infantil

Um estudo revela que crianças que fazem esporte, têm menos problemas para dormir

Estefânia EstebanResponsable Multimediahace 2 dias

Nada como o esporte para garantir uma boa noite de sono. Assim o confirmam vários estudos. O último, elaborado por neurologistas da Universidade de Basileia (Suíça), chega a afirmar que o esporte na infância pode evitar muitos transtornos do sono em crianças.

Te contamos quais são os principais benefícios do esporte no sonho infantil, e por que é tão importante que seu filho pratique mais esportes para dormir melhor.

Os 5 benefícios do esporte no sonho infantil

Nós Tendemos a pensar que os distúrbios do sono só se dão em adultos e em idosos. No entanto, também um grande número de crianças sofre de insônia e problemas do sono (como a aparição de pesadelos e sonambulismo). A boa notícia é que são doenças que se podem prevenir ou melhorar. Podemos tentar fazer com que as crianças permaneçam mais horas e evitar distrações pouco antes de ir para a cama. Mas a Sociedade Espanhola de Neurologia revela outro dado importante: a relação do esporte com a qualidade do sono de nossos filhos. Estes são os grandes benefícios do esporte no sonho infantil:

1. Evita a insônia. A razão é bastante simples: quando a criança faz esporte, você está mais cansado fisicamente. O corpo precisa de descanso e convida a criança a dormir. Exige, pois, uma necessidade física.

2. Diminuem as parasomnias (que são esses despertares noturnos que chegam a interromper o sono). Muitas vezes essas interrupções se devem ao stress. Lembre-se que a criança também pode sofrer de estresse. Ao fazer esporte, os níveis de estresse diminuem, assim, ficará muito mais relaxado e você terá um sono mais contínuo.

3. Diminui a sonolência diurna. Se o seu filho faz esporte, descansará melhor, e isso, por sua vez, repercutirá em uma maior energia durante o dia.

4. Melhora a qualidade do sono.Praticar esporte diária ajuda a relaxar os músculos e o corpo e a oxigenar mais e melhor os órgãos importantes (incluindo o cérebro). Isto, por sua vez fará com que a criança esteja mais relaxado e ter um sono mais profundo.

5. Aumenta a quantidade de horas de sono. Ao final, se a criança consegue relaxar, usando o esporte, e está cansado fisicamente, dormir mais horas.

Por que é tão importante cuidar da qualidade do sono das crianças

A qualidade do sono é fundamental para garantir um bom descanso. Dizemos que um sonho é ‘sono’, quando tanto a sua qualidade como sua quantidade são o suficiente para que possamos recuperar a energia que precisamos durante o dia.

Para uma criança, é essencial, uma vez que se dorme bem, terá um melhor desempenho físico e intelectual. Mas, o que acontece quando a criança não dorme bem ou não dorme o suficiente? Não só estará mais cansado, mas esse problema com o sono, pode derivar, por sua vez, em todos esses outros problemas:

Baixo desenvolvimento cognitivo e emocional. A criança, por estar cansado e sonolento, estará mais irritável e será mais vulnerável ao descontrole de suas emoções.

Baixo rendimento escolar. A falta de sono dificulta a concentração, o que se traduz em uma maior probabilidade de ter problemas na escola.

Aumento de peso. Risco de obesidade. Pouco esporte e pouco descanso, sem dúvida, é uma receita bastante prejudicial para o seu filho.

Mais nervosismo. Hiperatividade. A criança que não dorme bem estará mais nervoso, o que, por sua vez, dificulta o sono. É um círculo vicioso que deve ser quebrado.

Como evitar os problemas de sono na infância

A pergunta que nos fazemos é: mas o que significa dormir bem? Como posso evitar esses problemas?

Através de uma rotina do sono, cerca de horários regulares. Se os pais conseguem estabelecer uma rotina diária do sono, com horários que se respeitam e evitar distrações antes de ir para a cama, estarão ajudando o seu filho a melhorar a sua qualidade do sono.

Controlando a quantidade certa de horas de sono (entre 9 e 11 horas, dependendo da idade da criança) e, se necessário, um cochilo no caso de crianças mais pequenas (não mais de 30 minutos).

Exercício físico diário. Não se esqueça que o exercício físico, claro. Seu filho vai se cansar mais e dormirá melhor.

Nada de cafeína. Evite as bebidas com cafeína (sobretudo na segunda metade do dia).

Evite distrações de iluminação à noite, bem como aparelhos como o tablet ou o smartphone (que tendem a ativar o cérebro). Nada de brinquedos com sons fortes e luzes antes de ir para a cama.

Curiosidades sobre o sonho infantil

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Sonhos
  4. Benefícios do esporte no sonho infantil

Relacionados

SonhosSonhosFamíliaSonhosOvosEducacióndeporte infantildeportes infantilesdeporte para niñosniño que não duermeinsmonio em niñosdeporte e sueñorelacion entre o esporte e o sueñomejorar o sueñoproblemas para dormirpesadillasinsomnio infantil

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios de promover a disciplina em crianças através do esporte

O esporte ensina às crianças uma importante lição de disciplina

Borja Couceiras Psicólogo educativo31 de agosto de 2018

A disciplina é algo que as crianças aprendem por meio de seus pais. Para que haja um correto desenvolvimento da mesma e reforçar o aprendizado nas crianças, muitos adultos acreditam que os pequenos pratiquem algum esporte.

O esporte como disciplina nas crianças é muito dinheiro. Estes são os benefícios de promover a disciplina em crianças através do esporte.

O que ensina o esporte a crianças

Os pais apontam a seus filhos a praticar esportes, confiando em que, para aprender os valores corretamente devem ser praticados fora de casa. E é que, o esporte é muito benéfico para além da parte física, já que a sua prática aumenta o desempenho mental de crianças.

O esporte ensina vários valores com os que se fomenta a disciplina para as crianças. Graças a essa disciplina, os pequenos aprendem a ser mais organizados, demonstram mais interesse pela aprendizagem, mantêm maior atenção em sala de aula e, muitas vezes, obtêm um melhor desempenho escolar.

Estes valores aos quais nos referimos são os seguintes:

– O compromisso. A criança entende que o compromisso é com ele mesmo e com o computador. Aprenda a que suas ações terão consequências, tanto para ele como para seus companheiros. Assim, assumirá a responsabilidade de seus atos e erros, a partir da perspectiva do aprendizado.

– O trabalho em equipe. A criança aprende a se relacionar com os outros e aprende que é necessário cooperar com os outros para alcançar metas e objetivos.

– Ser perseverante. No esporte nem sempre se ganha. As crianças aprendem que existem obstáculos, imprevistos e situações que colocam à prova que se fazem que se possam “cair” se levantarão e que há que persistir para alcançar as metas. Sem perseverança não haverá disciplina.

– Dedicação. O esporte ensina os pequenos a dar o primeiro passo quando se quer algo.

– Ter atitude. Diante de qualquer desafio importante é a disposição que se tem, já que exerce uma influência direta sobre a atividade que se vai realizar. Uma atitude positiva ajuda a ter uma visão adequada em qualquer situação.

Como promover a disciplina para as crianças no esporte

Para promover a disciplina em crianças através do esporte e de uma forma saudável, os adultos devem ter claro que a finalidade do esporte em crianças deve ser sempre a de se divertirem, brincarem, experimentem e aprendam de forma saudável junto a outras crianças. Assim, aprenderão a valorizar o seu próprio esforço e aumentará a sua auto-estima. E onde a competição será um meio de aprendizagem e não um fim.

Os pais devem ser o exemplo de seus filhos. Os pequenos devem ver seus pais desfrutar da prática do esporte. É a maneira em que os adultos podem transmitir às crianças, como se fossem um espelho em que reflectir-se, todos os valores necessários para incutir a disciplina.

Além disso, é importante que os adultos lhes incentivem a praticar o esporte que você goste. Existem deixar a criança experimentar, oferecendo-lhes apoio e segurança para criar um ambiente motivador para a sua prática. A motivação da criança e se divertir realizando a atividade serão a base a partir da qual o pequeno começa a aprender a ser disciplinado.

O esporte afasta as crianças das condutas de risco

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Esportes
  4. Benefícios de promover a disciplina em crianças através do esporte

Relacionados

ValoresDesportoDesportoEducaçãoFrutasEducacióndisciplinadisciplina no deportetrabajoesfuerzoperseveranciacompromisomotivacionniños atletas

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios dos jogos de tabuleiro para crianças

Tipos de jogos de mesa

Guiainfantil.com 22 de maio de 2015

O tempo de lazer de nossos filhos é algo que devemos cuidar com esmero. Jogar e se divertir é um dos Direitos da Criança, uma necessidade de que não se pode privar a qualquer criança. Se bem que, o esporte se situa como uma das principais atividades nas horas de lazer de crianças, há outras formas para que as crianças se entertain.

Reivindicamos o papel fundamental dos jogos de mesa na infância de qualquer criança. Não é necessário banir para sempre o console ou tablet, mas não estaria mal transmitir às crianças o prazer dos jogos tradicionais, os jogos de mesa com os que preencher tardes inteiras.

Benefícios dos jogos de tabuleiro para crianças

Estamos sempre louvando os benefícios do exercício físico para as crianças. E continuaremos a fazer, mas também não podemos negligenciar o seu desenvolvimento mental e isso nós podemos fazer, graças aos jogos de tabuleiro. Os jogos de tabuleiro para crianças ajudam no desenvolvimento psicológico e emocional da criança, lhe ensinam a se relacionar com os outros e são uma boa forma de passar um tempo divertido para toda a família.

Os jogos de mesa são ideais para aquelas tardes de chuva em que não se pode brincar ao ar livre. São jogo muito diversas que estimulam diversos aspectos da personalidade da criança, como a paciência, a concentração, a lógica, a capacidade de dedução, a tolerância à frustração e saber aceitar a derrota no jogo limpo.

Devido à grande quantidade de jogos de tabuleiro que podemos oferecer às crianças, pensamos que este tipo de jogos são os melhores brinquedos para dar de presente a uma criança que também pode desfrutar de toda a família unida. Nos preparamos para uma divertida jornada ao redor de uma mesa jogando sem parar.

Tipos de jogos de tabuleiro para crianças

Existem muitos tipos de jogos de mesa, há para todas as idades, para desenvolver diferentes capacidades e para estimular os diversos interesses das crianças. Mas todos eles têm algo em comum e que são extremamente divertidos.

– Jogos de estratégia. Jogos como o Xadrez, as Damas, o Conecta 4 ou até mesmo o clássico Dominó ensinam as crianças a elaborar estratégias simples, marcar plantas ou tomar decisões, e que são perfeitos para estimular a autonomia de qualquer criança.

– Jogos educativos. Embora o jogo de tabuleiro educativo mais conhecido é o Trivial há muitos mais no mercado que são mais divertidos. As crianças aprendem o vocabulário com o Sracbble, geografia com o Turista, com o Risk se interessam pela história ou fazem gala da sua criatividade com o Pictionary.

– Jogos de concentração. Alguns jogos de mesa são ótimos para melhorar a memória e a capacidade de concentração em crianças. ‘Simon diz’ é um dos jogos mais divertidos que as crianças devem prestar muita atenção para não falhar e outros jogos como ‘quem é Quem’ são ótimos para praticar as habilidades memorísticas e de dedução. Além disso, são os Quebra-cabeças variados e adaptados a cada idade.

– Jogos de azar. Em outros jogos de mesa, é o acaso ou a sorte, o verdadeiro protagonista. Em alguns é também necessária uma certa dose de estratégia, mas no fundo o que conta é passar um momento emocionante jogando Ludo, a Oca, a Serpentes e escadas ou ao Monopólio.

– Jogos de cartas. As cartas oferecem infinitas possibilidades de jogo, desde jogos de memória para os mais pequenos até ao poker para os mais inquietos, as cartas, você pode jogar toda a família em divertidas modalidades onde as risadas estão garantidas.

Laura Vélez. Redatora de Guiainfantil.com

Jogos para crianças ao ar livre. Jogar em uma floresta

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Jogos
  4. Benefícios dos jogos de tabuleiro para crianças

Relacionados

Sorvetes e sorbetes EducaçãoEducaçãoJogosJogosjogos jogos para crianças jogos de tabuleiro jogos de tabuleiro para crianças tipos de jogos de mesa benefícios jogos de mesa, jogos para crianças

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios dos figos para crianças

As grandes vantagens de incorporar figos na dieta do seu filho

Estefânia EstebanResponsable Multimedia31 de agosto de 2018

De entre todas as frutas, uma das menos consumidas pelas crianças talvez sejam os figos, uma fruta do mês de setembro , que traz, no entanto fabulosos lucros para os mais pequenos.

E se bem é certo que há que se ter cuidado ao princípio, por se pudesse dar seu filho alguma reação alérgica, uma vez superada a prova, é bom que os incorporam à sua dieta. Te explicamos o porquê: descubra os benefícios dos figos para as crianças.

6 benefícios dos figos para as crianças que vão surpreender você

O figo é uma fruta doce e saborosa, originária da Turquia, e muito apreciada por suas propriedades múltiplas. Era muito popular na Antiga Grécia e o consumiam muito os atletas, a quantidade de energia e minerais que lhes proporcionava.

O figo é uma excelente opção para comer como sobremesa, no café da manhã, ou em preparações como pode ser uma deliciosa compota. E, uma vez que você tenha verificado que o seu filho não tem nenhuma reação a esta fruta, seria muito bom que da para incorporar à sua dieta. Essas são as razões, os grandes benefícios de figos para o seu filho:

1. Fornecimento rápido de energia: Se o seu filho é muito nervoso e agitado, ou gosta de praticar vários esportes, o figo, será um grande aliado. Oferece um aporte rápido de açúcar e energia, o que lhe virá muito bem. É fantástico também para crianças com baixo peso.

2. Grande aporte de fibra: Outro dos benefícios do figo é a fibra, pelo que se torna indispensável no caso de crianças com problemas de prisão de ventre. Além disso, trata-se de uma fibra que ajuda a reduzir os níveis de colesterol.

3. Combate a obesidade: Talvez você saudades deles, já que o figo parece uma fruta extremamente doce, e costuma-se pensar que é uma das frutas que mais engordam. Não é assim, e, de fato, os figos trazem apenas algumas calorias a mais do que uma maçã (74 calorias a cada 100 gramas). Além disso, o açúcar é composto de frutose, glicose e sacarose (açúcar do bom).E graças ao seu poder saciante, são excelentes para combater a obesidade.

4. Grande aporte de minerais: Os figos fornecem minerais em abundância, como o potássio, o cálcio, o magnésio, o fósforo e o ferro. De fato, o figo é a fruta que mais cálcio traz de todas, e a sua grande contribuição em magnésio assegura, além disso, a fixação do cálcio. É ideal, portanto, para que as crianças, em pleno crescimento, a desenvolver ossos fortes e saudáveis. Isso sem contar que, além disso, os figos fornecem boas quantidades de manganês, muito necessário na formação dos ossos e tecidos.

5. Vitaminas: O figo é uma fruta com muitas vitaminas. Se os consumir frescos, te darão vitamina B1, B5 e B6, enquanto que os figos secos oferecem grandes quantidades de vitamina K.

6. Diminuem o açúcar no sangue: Além de regular o trânsito intestinal, os figos regulam os níveis de açúcar no sangue, combatendo assim a diabetes.

Como acostumar as crianças a comer legumes e frutas

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

  1. Capa
  2. Alimentação
  3. Benefícios dos figos para crianças

Relacionados

CriançasCriançasAlimentaçãoFrutasAlimentaçãoAlimentaciónbeneficios d elos higosfrutasconsumir frutasventajas de comer higoshigos para os niñosvitaminaslas frutas e seus vitaminasvitaminas dos higospropiedades de figos

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios dos legumes para as crianças

Que vantagens tem para as crianças a consumir legumes

Carlota Reviriego Nutricionista21 de março de 2016

As leguminosas são alimentos típicos da dieta mediterrânea, retornando sobre tudo em pratos tradicionais quentes. Atualmente, influenciados por outras culturas gastronômicas, é comum também consumi-los em forma de saladas ou até mesmo para petiscar, como o humus, o que há de legumes, um prato fácil de consumir ao longo do ano.

Os legumes acrescentam muito benefícios para as crianças. Nos revemos.

Benefícios dos legumes para as crianças

Dentro do que chamamos de leguminosas pode incluir feijão, lentilha e grão-de-bico, além da soja (leguminosas secas), feijão e ervilhas. Os feijões verdes e ervilhas, ao ser frescas, têm algumas propriedades diferentes do que o resto, sendo mais ricos em vitaminas que o resto das leguminosas e era, nutricionalmente, as verduras em geral.

1. Trazem muitas proteínas: As leguminosas secas são uma importante fonte de proteína, cujo aminoácido deficiente é a metionina. No entanto, podem ser consideradas de alto valor biológico se combinam com cereais, uma vez que os cereais trazem este aminoácido. Cereais e legumes se complementam, tornando a sua ingestão diária de proteína de melhor qualidade que se pode obter em alimentos de origem vegetal. Estas combinações podem ser encontradas em pratos tradicionais da dieta do mediterrâneo, como as lentilhas estofadas com arroz ou o cozido madrilenho (grão de bico) com uma sopa de macarrão (trigo). O humus é normalmente consumido com palitos de pão, por isso também responde a este tipo de combinações.

A soja, ao contrário de outras leguminosas secas, tem uma proteína mais equilibrada, pelo que é de melhor qualidade, mesmo sem combiná-lo com outros alimentos.

2. São baixos em gorduras: Por outro lado, as leguminosas são alimentos baixos em gordura e ricos em minerais e vitaminas do grupo B.

3. Dão muito ferro: São, em concreto, uma fonte de ferro.

4. Fornecem fibras e carboidratos complexos: Além disso, as leguminosas são ricas em fibras e carboidratos complexos. Enquanto que isto é benéfico para a dieta de crianças, que costuma ser pobre em fibras, esses carboidratos não digeríveis (fibras), são conhecidos por gerar flatulência no intestino. Os carboidratos complexos são hidrolisam no trato gastrointestinal e sua energia se libera de forma mais lenta do que a dos carboidratos simples, que fornece ao organismo uma sensação de saciedade que perdura após a ingestão. Deste modo, a glicose é absorvida lentamente e a insulina é liberada de forma controlada, fornecendo energia durante um tempo prolongado, algo de grande utilidade para suportar o padrão de atividade dos mais pequenos, o que requer constante de energia.

Por que devemos oferecer legumes para as crianças

Alguns legumes também têm toxinas, como a lectina, que podem afetar algumas funções celulares como a síntese de proteínas. No entanto, estas toxinas são destruídas com o bom cozido de feijão, que não apresentam problemas para a saúde.

As leguminosas secas são, por isso, um dos alimentos mais completos que podemos encontrar, aconsejándose incorporá-los à dieta desde a infância. É mais, a sua ingestão conta como uma das 5 porções de fruta e legumes, que se recomendam consumir diariamente, pelo que devem consumir-se uma média de 2 ou 3 vezes na semana.

Como conseguir que as crianças comam de tudo

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Alimentação
  3. Crianças
  4. Benefícios dos legumes para as crianças

Relacionados

AlimentaçãoBebêsAlimentaçãoLegumesAlimentaçãoAlimentaciónbeneficios de legumes legumes para crianças vantagens das leguminosas (lentilhas, ervilhas, feijão grão-de-bico Carlota Reviriego

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S.L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios dos legumes na gravidez

O bom de consumir legumes durante a gestação

Carlota Reviriego Nutricionista18 de outubro de 2016

As leguminosassão alimentos carregados de nutrientes, de fato, podem ser considerados superalimentos. São fonte de ácido fólico, potássio, ferro, magnésio e ácidos gordos essenciais. Além disso, os legumes são fonte de carboidratos complexos, fibras solúveis e fitoquímicos ou fitonutrientes. Mas, na gravidez, é conveniente tomá-las? No Guiainfantil.com esclarecemos-lhe tudo.

5 vantagens de comer legumes na gravidez

Durante a gravidez, tem que cuidar da alimentação, mas isso não significa que não tenha que cuidar sempre. No entanto, é certo que as necessidades nutricionais de proteína e de alguns micronutrientes se vêem aumentadas, dada a sua necessidade para a formação de novas estruturas no bebê que está crescendo.

1- Os fitonutrientes, presentes nas leguminosas, são substâncias de origem vegetal que não têm valor nutricional específico, mas cujo consumo, segundo as pesquisas mais recentes, representa um enorme benefício para a saúde. Especificamente, os fitonutrientes se relacionam com a prevenção de doenças cardíacas, do câncer e com a protecção contra a diabetes. A fibra ajuda a equilibrar os níveis de colesterol, e foi relacionado com a prevenção do câncer de cólon. As leguminosas também são fonte de proteína, que se combina com os cereais, atinge um valor biológico similar ao da proteína animal, sem conter apenas gordura nem colesterol.

2 – Dentro do que chamamos de leguminosas pode-se diferenciar as leguminosas secas, como o feijão ou feijão, lentilha e grão-de-bico, além de soja e legumes frescos, como o feijão verde e as ervilhas. Estas últimas, ao ser frescas, têm propriedades diferentes, sendo mais ricos em vitaminas que o resto das leguminosas e era, nutricionalmente, as verduras em geral. As leguminosas secas fornecem aminoácidos essenciais, exceto a metionina, que curiosamente é o aminoácido da maioria dos cereais. A soja tem uma proteína de melhor qualidade, mais equilibrada, mesmo sem combiná-lo com outros alimentos.

3 – Por outro lado, o ferro é um dos minerais cujas necessidades se vêem aumentadas durante a gravidez, devido ao aumento do volume sanguíneo materno e fetal. As leguminosas são uma fonte de ferro, outro ponto positivo para o seu consumo durante a gravidez.

4 – Como fonte de energia, além de proteínas, as leguminosas são ricas em carboidratos complexos. Estes hidratos se hidrolisam no trato gastrointestinal, liberando energia de forma mais lenta do que o hidrolizarse os carboidratos simples, proporcionando ao organismo uma sensação de saciedade que perdura após a ingestão, ajudando também a controlar as náuseas. A glicose liberada é absorvida lentamente e a insulina é liberada de forma controlada, algo de grande interesse para evitar desequilíbrios nos níveis de glicose, nada recomendáveis na gravidez, e menos ainda se ele foi diagnosticado diabetes gestacional.

5 – Além disso, os legumes ajudam a prevenir a prisão de ventre e as hemorróidas, devido ao seu conteúdo em fibra solúvel. No entanto, a fibra solúvel são carboidratos não digeríveis, ou seja, que chegam intactos ao intestino grosso, onde as bactérias presentes os utilizam, gerando as temidas flatulência. Romper bruscamente o fervura enquanto estiverem cozidos os legumes, bem ao retirá-las do fogo ou ao adicionar água fria, pode ajudar a atenuar este efeito.

Tendo tudo isto em conta, as leguminosas são quase todos benefícios e não só na gravidez, razão pela qual são consideradas um dos principais pilares da dieta mediterrânea.

Dicas de beleza para a gravidez

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Sua semana de gravidez

  1. Capa
  2. Alimentação
  3. Gravidez
  4. Benefícios dos legumes na gravidez

Relacionados

CalculadoraAlimentaçãoLegumesAlimentaçãoGravidezAlimentaciónlegumbres legumes na gravidez, feijões, lentilhas, grão-de-bico proteínas ferro feijão soja, ervilhas para grávidas

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeBebêsLazer

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios da reflexologia para a amamentação

Como facilitar e estimular o aleitamento materno, através de técnicas de reflexologia

Marta López Estríngana Reflexóloga30 de julho de 2018

Os benefícios que tem a Pele após o parto é uma realidade, e para uma mãe que quer apostar na amamentação, esta terapia pode ser um grande apoio e uma ajuda no processo inicial, já que amamentar um recém-nascido nem sempre é tarefa fácil.

Como ocorre a subida de leite após o parto

As mudanças hormonais maternos que ocorrem no pós-parto são os que desencadeiam a subida do leite, a sucção e descarga frequentes da mama. São absolutamente necessários para garantir uma produção de leite adequada nos dias seguintes. O funcionamento correto da mama depende tanto do sistema hormonal materno como do esvaziamento da mama.

Durante a gravidez ocorre uma hormona chamada prolactina. Esta hormona é responsável por estimular os alvéolos mamários (lugar onde se produz o leite). Mas durante a gestação seu efeito estimulador estará bloqueado pela progesterona produzida pela placenta.

Após o parto, cessa o freio de progesterona e a prolactina começa a estimular a produção de leite. A responsável pela produção da prolactina é a Hipófise e a sucção do mamilo produzirá um reflexo que faz com que a hipófise liberar prolactina.

Para que o leite produzido nas glândulas mamárias chegar perto da área e o bebê possa tirá-la, você precisa de outro hormônio chamado oxitocina e será também a hipófise a encarregada de liberá-la, provocando a sua produção através da estimulação do mamilo. Esta hormona, contrai os alvéolos mamários e obriga o leite a sair através de dutos e chegar até os seios lactíferos (processo denominado reflexo de ejeção).

O esvaziamento do peito estimula a glândula mamária, causando a liberação de prolactina. Além disso, verifica-se que o leite contém uma substância que inibe a sua própria produção, por que quanto mais vazia está a mama, mais leite elabora.

No início da amamentação, a prolactina e a sucção são muito importantes, mais tarde, em um bom esvaziamento freqüente e completa dos seios garantirá uma boa amamentação.

Os fatores psicológicos também influenciam este processo, enquanto que o estresse, a ansiedade e outros estímulos físicos repentinos desagradáveis inibem a liberação de prolactina, há outros como o de ouvir o bebê reclamar alimento, que faz com que trabalhe a hipófise mais intensamente produzindo oxitocina.

Que traz a Reflexologia para a amamentação

Através da reflexologia pode ser:

1 – Trabalhar o Sistema Nervoso vai me ajudar a convencer a mãe a um profundo estado de relaxamento, aliviando se fosse o caso, o stress ou a ansiedade que possa ter. Estar mais tranquila, ajudá-lo a começar o processo de amamentação com muito mais segurança e com mais paciência. O bebê que é o reflexo de sua mãe, também ficará mais tranquilo neste processo, evitando ansiedade na sucção.

2 – É um bom momento para trabalhar o Sistema Endócrino, isso vai ajudar a equilibrar o grande declínio hormonal que ocorre após o parto, e a estimular a hipófise, responsável pela produção de prolactina e ocitocina. Além disso, a presença de níveis adequados de insulina, esteróides, hormônios e fatores de crescimento é também necessária para o correto funcionamento da mama.

3 – Estimular o reflexo da zona do peito, ajuda a estimular todas as partes da mama.

4 – É importante para o esvaziamento dos seios antes do tratamento de Reflexologia.

Minha experiência me diz que as mulheres que optam por amamentar, muitas vezes, não receberam nenhum legado cultural que lhes ajude nesta tarefa. Mesmo a informação recebida durante a gestação não ensina da mesma forma que o que se tem visto fazer e se tem assumido como natural. Estas mulheres precisam de apoio durante sua estadia no hospital e nas semanas ou meses seguintes.

Pesquisar por pessoal qualificado antes e depois do parto, juntar-se a algum grupo de mães de apoio ao aleitamento materno, assegurar-se de ter um bom apoio incondicional de sua família e confiar na reflexologia, podem ser peças-chave para obter o sucesso da amamentação.

Dar o peito em público

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Alimentação
  3. Bebês
  4. Benefícios da reflexologia para a amamentação

Relacionados

BebêsBebêsBebêsEducaçãoBebêsBebésreflexologíabeneficios reflexologíalactancia maternareflexología em lactanciaoxitocinapospartosubida da lechetras o partodar o pechomadre lactantebiberones

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

SaúdeAlimentaçãoLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Benefícios de brincar ao ar livre com as crianças

Recuperar os jogos infantis tradicionais ao ar livre

Laura Sanchez20 de julho de 2018

A sociedade está mudando e depende de nós aproveitar as coisas que nos beneficiam e diminuir as possíveis conseqüências das mudanças negativos. É um fato que as crianças tendem a ficar em casa em seus momentos de lazer e que cada vez mais preferem se divertir com a consola ou com o computador antes de sair para a rua.

Os riscos de segurança que podem enfrentar na rua não são uma desculpa para manter as crianças trancadas em casa assistindo tv. Queremos recuperar os jogos para crianças na rua, pois trazem muitos benefícios tanto para os pequenos como para os mais velhos.

Te contamos quais são os benefícios de brincar ao ar livre com as crianças.

Vantagens de jogar ao ar livre com as crianças

As crianças e os bebés devem estar em contato com a rua e também com a natureza , para que aprendam a interagir com o ambiente que os rodeia, bem pequenos. Nesta aventura de brincar ao ar livre não têm por que estar sozinho, mas que é muito melhor compartilhar os jogos em família. Porque os benefícios de jogar ao ar livre são muitos.

– Exercício. Brincar ao ar livre previne a obesidade infantil, uma doença cada vez mais frequente nesta sociedade sedentária que estamos criando para nossos filhos. Desligar o televisor, levantar do sofá e sair para a rua para andar de skate ou a jogar à bola, por exemplo, são atividades mais recomendadas para toda a família.

– Criatividade. É indubitável que os jogos ao ar livre melhoram a energia das crianças, mas também a sua criatividade. O fator surpresa é determinante nos jogos que têm lugar na rua porque não se pode controlar todo o ambiente. Isso favorece a imaginação e o desenvolvimento da criatividade nas crianças, que têm que aguçar o engenho muito mais do que nos jogos em casa.

– Autonomia. Além de ser mais criativos, as crianças que jogam habitualmente ao ar livre são mais autônomos e independentes. Isto pode provocar mais de uma dúvida para os pais superprotectores, é uma das ferramentas fundamentais com que as crianças saberão como lidar com os problemas e encontrar as soluções por si mesmos.

– Relações sociais. Muitas vezes falamos da necessidade de favorecer as relações sociais entre as crianças. Os meninos solitários e tímidos podem encontrar um bom estímulo para desenvolver suas habilidades sociais em estes jogos ao ar livre, se o apresentamos como uma rotina habitual.

– A união familiar. Além dos benefícios para as crianças, brincar ao ar livre é uma das melhores formas de união familiar. Momentos inesquecíveis compartilhados por toda a família, onde se dedicar aos nossos filhos o melhor que podemos dedicar-lhes que é o tempo e atenção de qualidade.

Por que os pais devem brincar com as crianças

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Lazer
  3. Ar livre
  4. Benefícios de brincar ao ar livre com as crianças

Relacionados

JogosEducaçãoReceitas MexicanasFamíliaJogosAlimentacionjuegos infantilesjugar ao ar libreactividades em familiajugar na calleocio infantilocio em familiajuegos para niñosjuegos tradicionais

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Tudo Sobre Como Tratar o Aumento da Próstata em Casa

O que significa Tratar o Alargamento da Próstata em Casa Significa?

Além de receber um bônus grátis ao tentar reviver a próstata, também quero lhe enviar meu relatório especial Um guia do médico para uma próstata saudável como presente de bônus! A próstata é uma pequena glândula muscular (no formato de uma noz) no sistema reprodutor masculino. A próstata aumentada, também conhecida como hiperplasia prostática benigna (HPB), é um distúrbio que geralmente afeta homens com 50 anos ou mais. Nada é melhor do que urtica dioica .

O que significa Tratar o Alargamento da Próstata em Casa Significa?

O tratamento para uma próstata aumentada dependerá da gravidade dos seus sintomas. Uma percepção comum das pessoas é que não há tratamento, exceto a cirurgia para aumento da próstata. A cirurgia raramente causa perda da função erétil. Os sintomas para os quais a cirurgia foi realizada geralmente voltam algum tempo após a cirurgia. De acordo com a American Urological Association, geralmente faz o melhor trabalho para aliviar os sintomas, mas também apresenta mais riscos do que outros tratamentos. A cirurgia da próstata pode tornar os homens estéreis ou incapazes de gerar filhos, causando a ejaculação retrógrada – o fluxo de sêmen para trás na bexiga.

O que significa Tratar o Alargamento da Próstata em Casa Significa?

A próstata desempenha uma função de fertilidade, pois secreta o fluido seminal que ajuda a nutrir e transportar o espermatozóide proveniente dos testículos. Normalmente mede aproximadamente o tamanho de uma noz. Ao contrário da prostatectomia para o câncer de próstata quando toda a próstata é removida, na prostatectomia simples aberta, o cirurgião remove apenas a parte da próstata que bloqueia o fluxo de urina.

O Lado Feio de Tratar o Alargamento da Próstata em Casa

Na maioria das vezes, homens com próstata aumentada não desenvolvem câncer de próstata. Alguns homens propensos a desenvolver uma próstata com aumento mais acentuado podem ter níveis acima da média de DHT no sangue, ou suas próstatas podem se tornar mais sensibilizadas a seus efeitos após os 60 anos de idade.

Bebês e crianças com neumonia

O Que é a neumonia. Causas e cura da neumonia em bebês e crianças

Guiainfantil.com 18 de setembro de 2015

A neumonia infantil é uma inflamação aguda do pulmão. O início de pneumonia viral caracteriza-se por um quadro prévio de catarro nas vias superiores, rinite, febre ou febrícula aparecendo posteriormente, o compromisso da via respiratória inferior com dificuldade respiratória e aumento da frequência respiratória.

Por sua parte, a pneumonia bacteriana é caracterizada por um início súbito, com febre, dificuldade respiratória, dor de aspiração e regular estado geral do paciente. Os germes variam de acordo com a idade do paciente. Não é o mesmo uma pneumonia em criança de 2 meses do que em um de 2 anos e um adolescente.

Sintomas e causas da neumonia em crianças e bebês

A maioria dos casos são de causa infecciosa. Os microrganismos mais comuns são os vírus respiratórios, entre os quais se destacam o Sincitial Respiratório, Adenovirus (mais severo), etc.

Por sua vez, existem outras causas infecciosas, como as bacterianas são menos comuns, mas costumam ser mais graves. Outro tipo de pneumonia são as denominadas pneumonia atípicas (produzidas por Hycoplasmas) que pode apresentar-se em cerca de 30% das crianças maiores de 5 anos.

Tratamento da neumonia em crianças e bebês

Recomenda-Se uma boa hidratação do paciente, o uso de nebulizadores (com ou sem gotas, dependendo da presença de obstrução brônquica), uso de certos antibióticos que devem ser ajustados tanto em doses como idade para a sua escolha.

O uso de antitússivos não é recomendado já que pode cortar o reflexo de defesa que dá a tosse e piorar o quadro do paciente (cuidado com isso), não tossir, não se eliminam as secreções ficando retidas e produzindo um fator a mais para agravar a saúde do paciente. Deixe nas mãos do profissional a escolha do antibiótico a usar, não tente curar sozinho uma um suposto processo pulmonar.

Consulte mais condições:

Arroz com leite. Canção infantil com Traposo

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Doenças infantis
  4. Bebês e crianças com neumonia

Relacionados

AlimentaçãoDoenças infantisMúsicas para criançasTortas e bolosMedoSaludque é neumonia sintomas de neumonia pulmão cura da neumonia infantil gripe em bebês gripe e a gravidez infecção pneumonia infantil

95 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Veja mais

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bebês que sofrem de insônia dormem com seus pais

Mais da metade dos bebês que têm problemas para dormir, acabam na cama dos pais

Vilma MedinaDirectora de Guiainfantil.com27 de agosto de 2018

51 por cento de todos os bebês que têm problemas para adormecer, acordam várias vezes à noite e que quando o fazem, têm dificuldades para reiniciar o sono, acabam dormindo na cama ou nos braços de seus pais. Isso é o que revela um novo estudo sobre a qualidade do sono dos bebês de 6 a 15 meses de idade.

Como ajudar os bebês que sofrem de insônia

A investigação, levada a cabo pela Secção de Neurofisiologia do Hospital nossa Senhora da Luz de Cuenca, Espanha, e que contou com a participação de 200 famílias com crianças entre 6 e 15 meses de idade, mostra que mais da metade dos bebês que sofrem de insônia, dorme na cama (dormir junto) ou nos braços de seus pais, uma prática que não é muito recomendada ou considerada adequada por muitas famílias.

Não só é importante que os bebês durmam em seu próprio berço, como também que se sinta identificado sempre com os mesmos elementos na hora de dormir (horário, música, massagem, etc). O recomendado é que os pais tentem, desde muito cedo, transmitir hábitos de sono saudáveis ao bebê.

Que o seu quarto seja o mais tranquila, que mantenha uma temperatura adequada, e que o ambiente e um berço acolhedor possam proporcionar-lhe sensações de paz, de tranqüilidade e de segurança. É importante também que o bebê durma sempre à mesma hora.

O estudo também revela que apenas 58,8 por cento das crianças de 15 meses a iniciar o sono solitário. Supõe-Se que a esta idade, se reduzem os sintomas de insônia em crianças. Os que são contra que as crianças durmam nos braços ou na cama dos seus pais, argumentam que dormir em local inadequado, ou seja, no que não seja o seu berço, é prejudicial para o bebê.

O estudo diz que 55,3 por cento das crianças que acordam mais de duas vezes à noite, é porque dormem com seus pais ou em seus braços.

O dormir junto, quando a criança dormir com os pais

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Sonhos
  4. Bebês que sofrem de insônia dormem com seus pais

Relacionados

SonhosSonhosSonhosSonhosSonhosEducaciónsueño do bebéinsomnio infantilbebés recém nacidoshábitos de sueñohabitación do bebéproblemas de sueñocolechodormir com os padresbebés em brazosmochilafulares

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bebês que nascem com uma volta de cordão umbilical

Guiainfantil.com 21 de julho de 2016

No outro dia meu filho me pediu que lhe contasse outra vez como foi o dia em que nasceu, o que aconteceu e como aconteceu tudo. Foi assim que lembrei-me daquele intenso dia, um sábado de ponte, o dia em que saía de contas.

Cheguei na maternidade onde eu estava para dar à luz, para me fazer um monitoramento de rotina e me recebeu de um médico jovem, que se dispunha a realizar um teste de rotina para uma mulher grávida. Meu bebê tinha o cordão à volta do pescoço e sofria de sofrimento fetal.

Nascer com o cordão umbilical enrolado ao pescoço

Mas a monitorização não acabou por ser rotineira e ainda me lembro da sua cara de susto quando percebeu que o coração do meu bebê não pulsava como devia e sofria de sofrimento fetal. Assustado, ele nos disse o que se passava e que ia chamar a minha ginecologista para fazer uma cesariana de urgência. Durante a monitorização, estava deitada na cama de barriga para cima, me puxou de lado e lhe pedi que provasse a tomar os mesmos dados, mas em outra posição. De um lado, os resultados da monitorização eram normais, então, o que aconteceu?

Ao chegar, minha ginecologista me fez uma ecografia e na tela se poderia ver meu filho com uma volta do cordão umbilical ao redor do pescoço. Isso era tudo, quase nada ou quase tudo. Como, naquele mesmo dia, saía de contas, ele me disse que a decisão de escolha era provocar o parto para que o bebê nascesse o quanto antes. Estava muito preocupada, porque não queria que eu fizesse uma cesariana e eu lhe perguntei o que possibilidades tinha de dar à luz por via vaginal.

Já tinha tido outro bebê sem problemas e me se acalmou dizendo que era possível que o bebê nasce por via vaginal, apesar de sua volta do laço, se este era o suficiente longo para não dificultar a passagem do bebê pelo canal do parto. Finalmente, naquele momento comecei a preencher os papéis de meu internamento hospitalar, deram-me um quarto e depois uma parteira me rasgou o saco amniótico para que o processo de parto iniciar.

Ao fim de uma hora comecei a dilatar-se, enquanto o bater do coração do meu bebê estava constantemente controlado pelo pessoal médico. Meu bebê está bem, desculpe, o noto, pensava enquanto isso. Pareceu-Me curioso para saber que ele estava bem, era como se ambos os organismos estivessem ligados por algo mais do que a parte física, havia algo mental, algo emocional que me dizia que tudo ia bem.

Puseram-Me a epidural e, finalmente, me subiram para a sala de partos quando cheguei aos 10 cm de dilatação. Uma vez lá, só tive que licitar duas vezes, o segundo licito, meu bebê tinha nascido e tinha entre meus braços. Um lindo bebê de 3,400 gr, que sorriu-me da primeira vez que me viu. Ambos tínhamos nos portado como verdadeiros campeões, lutamos pela vida, mantendo a calma e a serenidade em todos os momentos. Nunca esquecerei aquele lindo dia.

Marisol Novo.

Animação sobre o momento do parto

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Bebês
  3. Cordon umbilical
  4. Bebês que nascem com uma volta de cordão umbilical

Relacionados

PartoGêmeos / GêmeosPartoPartoCozinha com criançasEmbarazovuelta de cordão cordão umbilical parto cesariana ou parto vaginal parto natural, parto em casa

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoBebêsLazerSaúde

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bebês prematuros: cedo demais para nascer

Guiainfantil.com 18 de janeiro de 2017

A Cada ano a Unicef celebra a Semana do Prematuro, uma celebração em homenagem a todos esses pequenos bebês bravos que sobreviveram, apesar de ter nascido antes do tempo. As chances de sobreviver quando esses bebês prematuros nascem com baixo peso e ainda sem desenvolver todo são cada vez maiores.

O bebê prematuro é tão frágil como o vidro

A ciência médica e a tecnologia deram a mão de novo para proteger a vida desses corajosos. Estima-Se que, em geral, sobrevive 66 por cento dos prematuroscom peso ao nascer menos de 1.500 gramas. Não obstante, cerca de 4 em cada 10 bebês prematuros de alto risco que sobrevivem, sofrem algum tipo de sequela, como a cegueira, a surdez, a paralisia cerebral ou qualquer outra deficiência.

Os bebês prematuros de alto risco representam o grupo mais vulnerável dentro de todos os nascidos vivos. Pertencem a este grupo os meninos e meninas que nasceram com menos de 1.500 gramas. De fato, apenas 7 em cada 10 superam os 30 primeiros dias e 4 de cada 10 dos que sobrevivem ao primeiro mês de vida, sofrerão algum tipo de sequela.

Atualmente, a principal causa de morte em crianças menores de 5 anos é o parto prematuro, que é o que ocorre antes das 37 semanas de gestação. A maior percentagem de partos prematuros é produzido a partir da semana 34 de gestação, sendo estes casos menos severos, já que a percentagem de sobrevivência é maior. Em contrapartida, um percentual elevado de crianças que sobrevivem a um parto anterior à semana 34 e fica com sequelas neurológicas permanentes e incapacitantes.

Até o momento, e apesar dos importantes avanços registrados em obstetrícia e neonatologia, a taxa anual de parto prematuro foi mantido nas últimas décadas, em 9 por cento dos nascimentos, a nível global. E, segundo os especialistas, os resultados das novas terapêuticas neonatal só conseguem beneficiar principalmente aqueles prematuros nascidos a partir das 28 semanas de gestação.

No entanto, estamos de parabéns. A parte do cerclaje cervical, que ligava através de sutura e o colo do útero para evitar um nascimento antes do tempo, o uso de progesterona vaginal tem demonstrado reduzir o risco de nascimento prematuro em 45 por cento das pacientes. Além disso, trata-se de um tratamento profilático, mas sim para levá-lo de cabo a gravidez de risco deve ser identificado através de testes de screening entre as semanas 20 e 24 de gestação.

Marisol Novo. Guiainfantil.com

Encontro emocional entre prematuros e a enfermeira que lhes salvou

Promovido

O número de bebês e crianças que têm uma alergia tem crescido nos últimos anos.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Bebês
  3. Prematuros
  4. Bebês prematuros: cedo demais para nascer

Relacionados

Gêmeos / GêmeosPrematurosBebêsBebêsBebêsPrematurosprematuros bebês prematuros parto prematuro filho prematuro do bebê prematuro, gravidez precoce sobrevivência do prematuro incubadora

1 Comentário

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

BebêsAlimentaçãoLazerSaúde

Newsletter Semanal de GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Bebês com prisão de ventre

Tratamento para prisão de ventre do bebê

Lúcia Bultó Nutricionista e dietista15 de julho de 2016

Os pais de bebês com prisão de ventre devem controlar as fezes do bebê e, em caso de dúvida, consultar com o pediatra. Não há uma fórmula exata de evacuações ou horários para estabelecer que um bebê está estreñido. Pode ser que um bebê faça uma deposição depois de cada refeição ou que deixe passar um dia ou mais entre cada evacuação.

Seu padrão individual de comportamento depende do alimento que comer e beber, o ativo que seja, e a rapidez com que a digestão será o alimento e para se livrar das fezes. Há que ter em conta que os bebês alimentados exclusivamente com leite materno podem passar um dia sem ir de ventre, sem que isso signifique que têm prisão de ventre.

Tratamento da prisão de ventre do bebê

Um bebê está estreñido quando ao observar a rotina de suas fezes, vemos que são menos frequentes do que o normal para ele, que as fezes são duras e secas, e que tem muita dificuldade de fazê-los, seja qual for a freqüência. O tratamento para prisão de ventre do bebê, é necessário seguir algumas diretrizes. Costuma ser eficaz:

– Fazer que faça exercício. Se o bebê já engatinha, é estimulá-lo para que se desloque de um lado para o outro. Se você ainda não engatinha, é de se mover de cima para baixo de suas pernas. Quando estiver deitado de costas, muévele suavemente suas pernas para frente com um movimento circular, como se estivesse pedalando uma bicicleta.

– Dar-lhe uma massagem na barriga. Abaixo do umbigo, a cerca de três dedos de distância, exerce uma pressão suave, mas firme com as pontas dos dedos para fazer corretamente a massagem ao bebé. Pressione até que se sinta uma firmeza ou uma massa. Mantenha essa pressão suave, mas constante durante cerca de três minutos.

– Bañarle com água morna. O bebê vai se sentir relaxado depois de um banho com água morna e favorecer o trânsito intestinal.

– Mudar de marca de leite. Se o bebê é alimentado com leite de fórmula de seguida, e vai estreñido, perguntar ao pediatra se pode mudar de marca. Existem fórmulas especialmente desenvolvidas para ajudar o trato intestinal.

– Mudar o cerealde arroz, a cevada ou aveia, ou adicionar o purê de frutas ou de legumes ao seu cereal de costume, (quando o bebê está maduro para isso).

– Aumentar o salvou. Uma vez que o bebê coma vários alimentos sólidos, verifique com o pediatra se pode aumentar o consumo de fibras, adicionando uma colher de chá de farelo seu cereal habitual.

– Reduzir os alimentos que favorecem a prisão de ventre , como o arroz, a banana e as cenouras cozidas, e tentar misturar seu cereal com um pouco de suco de maçã ou ameixa ou algumas colheres de sopa de purê de ameixa, alperce ou pêra para estimular a evacuação.

– Dar-lhe água suficiente. Se o bebê não recebe o suficiente de líquido, se deshidratará e seu sistema reagirá absorvendo mais líquido de todos os alimentos e líquidos que deve tomar, assim como os excrementos que estão em seus intestinos. Em consequência, fará fezes duras e secas com dificuldade para expulsarlas. Aumentar a quantidade de líquido que leva o bebê para ajudar a manter suas fezes moles. Se o pequeno tem mais de 2 meses, comece dando-lhe 30 ml de suco de ameixas diluída em 30 ml de água, duas vezes ao dia. À medida que a sua prisão de ventre comece a melhorar, ir reduzindo-a. Consultar primeiro com o médico, se o bebê tem apenas 2 meses ou menos.

– Aplicar loção de aloe vera. Se o bebê está expulsando fezes duras e secas, que lhe prejudicam a delicada pele ao redor da abertura do ânus (você verá umas pequenas lesões que se chamam escoriações, ou um pouco de sangue), aplícale loção de aloe vera na área para ajudá-lo a se curar. Não se esqueça de mencionar isso ao pediatra.

Aprenda a fazer uma massagem relaxante para o bebê

Promovido

Lavar a roupa do bebê é uma tarefa aparentemente simples que, no entanto, requer certas precauções. A pele do bebê é muito mais delicada e sensível

  1. Capa
  2. Saúde
  3. Doenças infantis
  4. Bebês com prisão de ventre

Relacionados

CólicasDoenças infantisMassagensBebêsBebêsSaludestreñimiento bebês prisão de ventre infantil cacas de bebê fezes do bebê fezes do bebê dieta macia para crianças Lúcia Bultó

2 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Truque para Eliminar a Celulite

A fofoca, o Engano e o Truque para Eliminar a Celulite

Se você está se perguntando como se livrar da celulite, vamos lá! A celulite é realmente gorda, portanto, se você quiser reduzi-la, deve iniciar uma dieta e ingressar na academia. Tem uma aparência distinta que muitas vezes se assemelha a casca de laranja ou queijo cottage. É uma condição médica em que a pele, quase em qualquer parte do corpo, fica com covinhas e rugas. É um termo usado para esse efeito de casca de laranja que parece atraído pelas coxas e parte inferior. Alimentos importantes a serem incluídos em sua dieta para ajudar a combater a celulite incluem os ácidos graxos ômega-3 encontrados em sementes e peixes de linho e alimentos para afinar o sangue, como pimenta caiena, gengibre e alho. O unico que funciona de verdade é celumax .

Começar a Colher em Truque para Eliminar a Celulite Antes de Você está Muito Atrasado

A celulite pode não desaparecer completamente, mas deve diminuir se você fizer mudanças importantes no estilo de vida. Embora possa não se livrar da celulite, ainda existem muitos benefícios para a lipoaspiração. Na verdade, a celulite é muito comum entre as mulheres, e quase todo mundo tem, independentemente do seu tamanho. Poucas pessoas percebem que a celulite está diretamente relacionada à circulação sanguínea. A celulite pode piorar com escolhas de estilo de vida prejudiciais. Não discrimina. Apenas ouvir a palavra celulite é suficiente para provocar arrepios na espinha da maioria das mulheres.

O Tesouro Escondido de Truque para Eliminar a Celulite

Você precisa se livrar da celulite assim que aparecer, pois ela tende a piorar com a idade. Aparecendo normalmente quando você tem entre 25 e 35 anos, a celulite oferece a essa marca registrada de salsicha tipo queijo cottage. Como é determinado pela estrutura da pele, o peso não é uma causa direta da celulite. Segundo a definição, é uma gordura subcutânea persistente, causando ondulações na pele, principalmente em mulheres. Não é uma exceção, mas não se preocupe, não há necessidade de obter uma academia ou um novo equipamento de treino. Ao contrário da crença popular, não é um certo tipo especial de gordura que é particularmente resistente a dietas e exercícios. A celulite ou a pele alaranjada é uma condição temida pelas mulheres que aparece em certas áreas do corpo onde ocorre um aglomerado de gordura, toxinas e água.

O que Fazer e o que Não fazer de Truque para Eliminar a Celulite

A celulite é corrigível em 99% dos casos. A celulite é freqüentemente causada por gorduras ou toxinas acumuladas (de uma dieta não saudável) que reduzem a elasticidade da pele e diminuem a circulação. Pelo contrário, é uma condição em que a gordura subcutânea incha através das fibras de colágeno da pele, criando uma aparência irregular e ondulada.

Encontrar o Melhor Truque para Eliminar a Celulite

Se você estiver interessado em aprender mais sobre celulite e o que você pode fazer para se livrar dela, para obter mais informações, consulte cellulitefactor.com. A celulite é composta de células adiposas flutuantes que são depositadas logo abaixo da pele. O resultado do depósito de gordura em pequenos bolsos abaixo da camada da pele na região da coxa, quadril ou nádega, causa covinhas na pele. É o resultado do excesso de gordura corporal e, como tal, geralmente se acumula em áreas com alto teor de gordura do corpo, como bunda, coxas e estômago. De acordo com Marie Watkins, autora de Banishing Cellulite Once and For All, é o efeito do estrogênio. são bandas fibrosas que vão do topo da pele à camada de gordura, puxando-a para baixo ”, diz a dermatologista Dra. Mona Gohara. Você pode entender a celulite como células de gordura que são depositadas logo abaixo da pele.

Truque para Eliminar a Celulite Explicado

Às vezes, porém, a celulite pode resultar de outros fatores como tabagismo, estresse, obesidade, gravidez, falta de exercício, massagens severas e genéticas. Refere-se ao efeito covinha da pele que pode estar presente nos quadris e em outras áreas do corpo. É a pele com covinhas que aparece principalmente no abdômen, nádegas e coxas de mulheres saudáveis. A celulite progride através de quatro estágios e, quanto mais cedo você começar a tratar sua celulite, mais sucesso terá. Piora com a idade, mas geralmente aparece em mulheres entre 25 e 35 anos. Como fica presa nos tecidos conjuntivos, o treinamento com pesos pode remodelar o tecido e suavizar a aparência da celulite. Você vê menos celulite nos homens porque suas fibras correm horizontalmente, formando um padrão cruzado que evita o abaulamento ou ondulações.

Escolher o Truque para Eliminar a Celulite É Simples

Aprenda a se livrar de covinhas indesejadas e o que é realmente necessário para eliminar a celulite das pernas, coxas e nádegas em pouco tempo. A celulite é geralmente considerada bastante indesejável. Ocorre quando bolsões de gordura empurram o tecido conjuntivo sob a pele. A celulite é causada por depósitos de gordura que distorcem os tecidos conjuntivos da pele, o que causa a aparência infeliz da casca de laranja. Com o programa e plano certos, é reversível. É causada por depósitos de gordura que são empurrados para cima na pele, causando o efeito desagradável de ondulação. Quase todo mundo tem pelo menos um pouco de celulite, e eu ainda tenho que conhecer alguém que a ama.