10 mitos sobre a vacinação infantil

Tudo o que os pais devem saber sobre as vacinas das crianças

Alba Caraballo FolgadoEditora jefe22 de agosto de 2018

As vacinas são destinados para que a criança crie uma imunidade contra uma doença, estimulando a produção de anticorpos contra ela. Normalmente são geridos através de uma injeção, mas também de forma oral ou com um vaporizador nasal.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a vacinação e seguir o calendário de vacinação durante toda a infância. Contra os detratores das vacinas, os especialistas nos dizem que são mais os benefícios que produzem os riscos envolvidos. As vacinas são seguras.

10 falsas crenças sobre as vacinas das crianças

A rumología, o boca-a-boca ou os detratores das vacinas defendem certas asserções como verdadeiras. Se você sente medo ou dúvidas perante o fato de vacinar seus filhos, é necessário que você conheça esses mitos e mentiras sobre a vacinação infantil.

1 – As vacinas têm efeitos secundários e, às vezes, podem ser fatais. FALSO

As reações às vacinas são ligeiros e temporários, como dor no local onde se colocou a vacina ou décimos de febre. São extremamente raros os casos de doença grave, por uma vacina. As vacinas salvam vidas, já que, sem elas, se produziriam muito mais doenças e mortes.

2 – As vacinas não são necessárias, apenas há que melhorar as condições de higiene para que certas doenças desapareçam. FALSO

Uma boa higiene protege contra doenças infecciosas, no entanto, muitas doenças se propagam independentemente da higiene que tenhamos como a poliomielite ou o sarampo.

3 – As doenças contra as quais se vacunan as crianças estão quase erradicados no meu país, não há motivo para se vacinar. FALSO

Embora sejam doenças pouco comuns, os agentes que provocam continuam circulando por algumas partes do mundo e podem provocar o aparecimento de surtos em seu país.

4 –Se administram várias vacinas de uma vez, aumenta o risco de efeitos secundários nocivos. FALSO

São geridos de forma simultânea, porque assim se realizam menos consultas ambulatorias e você economiza tempo e dinheiro, além de conseguir que a criança completar o calendário de vacinação. Ao combinar algumas, supõe menos injeções para a criança. Além disso, os testes revelam que a administração simultânea de vacinas não apresenta efeitos colaterais sobre o sistema imune da criança. O garoto está exposto a mais agentes, como consequência de um catarro que por uma vacina.

5 – A vacina combinada contra difteria, tétano e tosse convulsa e a poliomielite pode levar à morte súbita do lactente. FALSO

Não existe nenhuma relação entre os dois, apesar de que a vacina é administrada em um período em que o recém-nascido pode sofrer da síndrome da morte súbita (SIDS). As mortes por SIDS embora às vezes coincidem com a vacinação tivessem ocorrido também sem a administração da vacina. Se o recém-nascido não fora vacinado contra essas doenças correria risco de morte ou de sofrer de alguma deficiência grave.

6 – A vacina da gripe não é muito eficaz e, além disso, é apenas um incômodo. FALSO

A gripe causa anualmente quase meio milhão de mortes em todo o mundo. Os mais expostos a ela são grávidas, crianças e idosos com problemas de saúde. A vacinação inmuniza contra as três cepas de maior prevalência. É a melhor forma de reduzir as chances de ter a gripe e de contagiar a outros.

7 – As doenças da infância em que se previnem com vacinação são algo que não se podem evitar e você tem que ir. FALSO

Doenças como sarampo, rubéola ou masculino podem levar a complicações como pneumonia, encefalite, cegueira e morte. Tudo isso pode ser evitado através das vacinas. As crianças não vacinadas ficam vulneráveis a elas.

8 –As vacinas têm mercúrio e isso é perigoso. FALSO

Algumas vacinas levam tiomersal, um composto orgânico com mercúrio, que é inserida como conservante. No entanto, não há provas que verifiquem que a quantidade de tiomersal utilizado seja um risco para a saúde.

9 – É melhor a imunidade, que produz a passar a doença que vacinar. FALSO

As vacinas produzem uma resposta semelhante à que produziria a infecção natural, mas não causam a doença, nem expor a criança a riscos e complicações, como retardo mental, defeitos congênitos, e câncer de fígado ou morte por sarampo.

10 – As vacinas causam autismo. FALSO

Não existem provas científicas que relacionem a tríplice viral com o autismo, segundo publicou-se em um estudo de 1998 que gerou grande preocupação e fez com que bajase o número de vacinações e aumentassem os surtos dessas doenças.

Fonte:
OMS – Organização Mundial da Saúde

Alergias alimentares, como tratar e controlar a crianças alérgicas

Promovido

A resiliência é a capacidade do ser humano para enfrentar qualquer situação, mesmo as mais adversas, de forma positiva.

Seu bebê mês a mês

  1. Capa
  2. Bebês
  3. Vacinas
  4. 10 mitos sobre a vacinação infantil

Relacionados

VacinasAlergiasArrozSaúdeFamíliaDoenças infantilesvacunasvacunación infantilmiedo às vacunasmitos vacunasriesgos vacunascalendario de vacunaciónvacunar ao bebéenfermedades para crianças

0 Comentários

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

O mais visitado

AlimentaçãoSaúdeLazerBebês

Boletim informativo Semanal GuiaInfantil.com

Receba nossas novidades em seu e-mail

×

Responsável ” Polegar Meios S. L. N. E

Objectivo ” Gerir os comentários ou Registro na web

Legitimação ” Consentimento do titular dos dados

Direitos ” Tem o direito de aceder, rectificar e cancelar os dados, bem como outros direitos, como se explica a informações adicionais

Informações adicionais “, você Pode consultar a informação adicional e mais detalhada sobre a Protecção de Dados Pessoais na Política de Privacidade e Aviso Legal https://www.guiainfantil.com

Utilizamos cookies próprias e de terceiros para melhorar o nosso serviço, elaborar informação estatística e para a veiculação de publicidade personalizada. Se você continuar a navegar ou fechar a mensagem, entendemos que você está aceitando. Você pode alterar as configurações na nossa Política de Cookies

GuiaInfantil.com é o site líder em audiência na categoria ” Família e Estilo de Vida, com 14 milhões de visitantes por mês.

Polegar Meios S.L. © 2000-2018. Todos os direitos reservados.

Made with by 360audience

Leave a Reply